Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

poetaporkedeusker

poetaporkedeusker

UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
15
Out09

MEMÓRIA DESCRITIVA II

Maria João Brito de Sousa

 

Aquele aspecto estranho e desconforme,

Aquele face magra e enrugada,

Aquele rictus de quem vive enjoada

Da vida que parece sempre enorme…

 

Aquelas mãos de dedos calejados,

Retorcidos do muito que fizeram,

Os olhos afundados que lhe deram

Os dias e as noites descuidados.

 

Aquele estar ali e nunca estar

Aonde o corpo fica a descansar,

Porque a mente descansa noutro espaço,

 

Aquela imprecisão de só sonhar,

Aquela estranha forma de falar,

De ser a própria voz do seu cansaço.

 

Imagem - Tela de Henry Matisse retirada da internet

10
Abr09

ESQUECI-ME DE ME LEMBRAR...

Maria João Brito de Sousa

 

 

Esqueci-me de lembrar que amei assim,

Na meta horizontal do meu sentir…

Lembrei-me de esquecer, sem conseguir,

O que, de tanto amar, sobrou de mim

 

E, neste esquecimento, eu vi-me, enfim,

Como a continuação do meu porvir;

O tempo que eu gastei a perseguir

Essa ideia de amar, de dizer “sim”,

 

Foi tempo que, perdendo, não perdi,

Foi coisa de milénios, de segundos,

Foi coisa de viver para aprender

 

E agora, sabendo que o esqueci,

Meus sonhos mais longínquos e profundos

São os de me lembrar de não esquecer.

 

 

 

Maria João Brito de Sousa - 10.04.2009

 

15
Jun08

SEGUNDO REFLUXO

Maria João Brito de Sousa

 

 

Aos medos que venci, ao desamor,

Mudei-os em poemas, dei-lhes traços

E há sempre um amanhã cheio de cor

Que me vem abraçar estendendo os braços...

 

 

Se me julgarem triste, na aparência,

Por dentro, eu serei Estrela da Manhã,

A que anuncia a luz nas refulgências

Da coisa prometida - e não foi vã... -

 

 

 

Amo, também, a graça das estrelas

E a bruma que é a mãe de outra magia

Que estua sobre um mar de caravelas

 

 

As ondas que te embalam no seu canto

E encontro, a cada hora desse dia,

Teus versos que me envolvem como um manto...

 

 

Maria João Brito de Sousa - 15.06.2008 - 11.57h

 

 

 

 

 

 

 

À Ki, que hoje festeja o seu aniversário, e ao Poeta António de Sousa que escreveu o poema REFLUXO.

 

 

Imagem retirada da Internet

18
Jan08

THE SUICIDE OF THE PINK WHALE

Maria João Brito de Sousa

Este é um trabalho muito grande. Está, neste momento, nas Galerias do Estoril, numa loja de Arte e Antiguidades, para venda.

Se algum dia forem até lá, dêem uma espreitadela ao andar inferior, à direita de quem desce a escada rolante, depois de passar pelo "water closet".

Se acharem um pouco naif... digam o mesmo de Gauguin!

 

 

Maria João Brito de Sousa

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Em livro

Links

O MEU SEBO LITERÁRIO - Portal CEN

OS MEUS OUTROS BLOGS

SONETÁRIO

OUTROS POETAS

AVSPE

OUTROS POETAS II

AJUDAR O FÁBIO

OUTROS POETAS III

GALERIA DE TELAS

QUINTA DO SOL

COISAS DOCES...

AO SERVIÇO DA PAZ E DA ÉTICA, PELO PLANETA

ANIMAL

PRENDINHAS

EVOLUÇÃO DAS ESPÉCIES

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE POETAS

ESCULTURA

CENTRO PAROQUIAL

NOVA ÁGUIA

CENTRO SOCIAL PAROQUIAL

SABER +

CEM PALAVRAS

TEOLOGIZAR

TEATRO

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

FÁBRICA DE HISTÓRIAS

Autores Editora

A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!