Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

poetaporkedeusker

poetaporkedeusker

UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
04
Jun10

O CIENTISTA E O PRESO POLÍTICO

Maria João Brito de Sousa

 

Sou excêntrico, talvez, mas ocupado!

Concentração, trabalho e… mil respostas

Que passam pelo crivo ao ser dispostas

Com máximo rigor, maior cuidado!

 

A dúvida metódica é decerto

O caminho correcto, o mais preciso,

E, sem desistir nunca, eu sou conciso

Até que o “longe” me pareça “perto”!

 

Alguns dizem de mim: - “Que distraído!”,

Mas o que hei-de fazer se esta procura

É suprema razão destes meus dias?

 

Bom dia para si, que aqui convido

Pr`a toda esta alvorada de aventura

Do eterno pesquisar das sintonias!

 

 

 

 

Estou preso mas não sou vulgar ladrão!

Estou preso por lutar, ter ideais,

Por ter sonhos, por qu`rer fazer bem mais

Por este povo meu, nesta Nação.

 

Estar preso nem sempre é uma questão

De ser, ou não, culpado entre os demais…

Eu, o Preso Político, jamais

Roubei fosse o que fosse, a um irmão!

 

Talvez sacrificasse a minha vida

Na luta por um mundo bem mais justo,

Por um mundo que sonho promissor,

 

Mas fiz o que devia! Na corrida

Paga-se - tanta vez - um alto custo,

Mas avança-se enfim, faz-se melhor!

 

Maria João Brito de Sousa

01
Jun10

CASAL DE VELHINHOS

Maria João Brito de Sousa

 

 

 

Quantos anos por nós já se passaram?

Que rugas, que cabelos ralos, brancos?

Já perdemos a conta, somos francos,

Mas nossos braços sempre trabalharam!

 

Pouco fazemos já, mas ensinamos

O muito que a experiência nos deixou…

Sabemos bem aquilo que mudou

O mundo nestes loucos, novos anos…

 

Idosos mas ainda bem capazes

De mudar, de sonhar, de renascer

Ao lado do melhor dos nossos netos,

 

Sabemos que este mundo é dos audazes

E é por isso que queremos ver crescer

Mil sonhos e outro tanto de projectos!

 

 

 

Maria João Brito de Sousa

 

 

NOTA - Peço desculpa mas o editor de posts não está no seu melhor e eu já me cansei de tentar configurar a letra e a imagem.

 

31
Mai10

SENHORAS E SENHORES; OS ESPANTALHOS POÉTICOS!

Maria João Brito de Sousa

 

MARQUÊS DE POMBAL

 

 

 

Eu, Marquês de Pombal, Conde de Oeiras,

Senhor das belas terras que aqui vedes,

Construirei fortíssimas paredes

Que levarão a vila além fronteiras!

 

Jamais me perderei noutras canseiras,

Ninguém me enredará nas suas redes!

Farei de Oeiras vila aonde as sedes

Se poderão matar de mil maneiras!

 

Com monumentos tais e esta beleza,

 Criarei, nesta vila, tal grandeza

Que nenhuma cidade há-de igualar

 

Pois, nas flores que plantar no meu jardim,

Esta terra jamais verá seu fim

E será tão eterna quanto o mar!

 

 

 

Maria João Brito de Sousa

27
Mai10

ALTERAÇÃO DE ÚLTIMA HORA

Maria João Brito de Sousa

 

O evento de animação cultural ESPANTALHOS - DÊ-LHES VIDA! , da Comissão de Educação e Cultura da Assembleia de Freguesia de Oeiras, sofreu uma alteração em relação à data prevista para a inauguração. Conforme divulgado no Poetaporkedeusker e no Contra-sensual, a inauguração seria no dia 29, Sábado mas, afinal, será durante a tarde do dia 30, no Jardim Municipal Almirante Gago Coutinho, perto da praia de Stº Amaro de Oeiras .

 

Um evento que promete muita animação e que faz descer à rua o soneto clássico! Conto convosco!

 

 

Imagem retirada da Internet

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Em livro

Links

O MEU SEBO LITERÁRIO - Portal CEN

OS MEUS OUTROS BLOGS

SONETÁRIO

OUTROS POETAS

AVSPE

OUTROS POETAS II

AJUDAR O FÁBIO

OUTROS POETAS III

GALERIA DE TELAS

QUINTA DO SOL

COISAS DOCES...

AO SERVIÇO DA PAZ E DA ÉTICA, PELO PLANETA

ANIMAL

PRENDINHAS

EVOLUÇÃO DAS ESPÉCIES

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE POETAS

ESCULTURA

CENTRO PAROQUIAL

NOVA ÁGUIA

CENTRO SOCIAL PAROQUIAL

SABER +

CEM PALAVRAS

TEOLOGIZAR

TEATRO

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

FÁBRICA DE HISTÓRIAS

Autores Editora

A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!