.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Terça-feira, 10 de Abril de 2018

NAQUELA NOITE

NOITE.jpg

 

Naquela noite, toda a noite riste.

Eu, mera narradora do que observo,

Observava-te inteiro, nervo a nervo,

Curiosa, inda que absorta, inda que triste.



Naquela noite, nem sequer me viste,

Não foste o meu senhor, nem o meu servo,

Foste a razão de ser do que eu preservo

E o pouco que de ti em mim persiste.



Não sei do que falaste. Eu não falei.

Olhei-te tanto quanto a mim me olhei

No espelho do teu sono e do teu riso



E quanto mais te olhava, mais preciso

Se me tornava olhar-te como olhei.

Nessa noite, tu riste e eu não chorei.





Maria João Brito de Sousa – 10.04.2018 – 11.11h

 

publicado por poetaporkedeusker às 11:27
link do post | "poete" também! | favorito (1)
8 comentários:
De jabeiteslp a 10 de Abril de 2018 às 16:54
A escuridão da noite
é no que dá...

Boa e feliz tarde
noite sossegada desejo eu também
Beijinhos de aqui friosos brrrrrrrrr
De poetaporkedeusker a 10 de Abril de 2018 às 16:58
Também está muito friiio por aqui, Anjo



Feliz tarde para ti, também. Bjinhos
De poetazarolho a 10 de Abril de 2018 às 17:28
“Mundo inteiro”

O Lula está na prisão
E o povo brasileiro
Refém da corrupção
Desde Janeiro a Janeiro

Não vislumbra solução
Só existe o deus dinheiro
Assim toda uma nação
Iguala-se ao mundo inteiro

E a malta cá da terra
Já procura uma saída
Lá no confim do sistema

Em Marte em breve aterra
Vai fazendo a despedida
P’ra fugir a tal dilema.

Prof Eta
De poetaporkedeusker a 10 de Abril de 2018 às 17:51
Quando um sonho cai vencido,
Outro se apressa a apanhá-lo;
Tudo o mais fará sentido,
É preciso é começá-lo


Pois , se for de bom tecido,
Bastar-nos-á passajá-lo,
E envergá-lo, qual vestido...
Ao sonho, basta sonhá-lo.

Quanto a ir da Terra a Marte,
Não vejo inconviniente
Porque a Ciência, como a Arte,

É património da gente...
Eu só temo pela parte
Da escolha, feita à tangente.

Maria João

Abraço grande, Poeta!
De jabeiteslp a 10 de Abril de 2018 às 21:31
Boa e feliz noite aconchegada
desejo eu de aqui
De poetaporkedeusker a 11 de Abril de 2018 às 09:18
Bom dia, bom dia, Anjo, desejo eu agora, já que ontem não tive ensejo de te desejar uma serena noite
De Rogério Pereira a 11 de Abril de 2018 às 01:04
Correspondendo
à lei da eletrostática
talvez a mais enigmática
lei da física
teu soneto
não mais que afirma
que são os de diferentes sinais de carga
aqueles que mais se atraem

todos os sinais iguais se repelem

por isso
quando estás triste, rio
e
enquanto rio, choras

De poetaporkedeusker a 11 de Abril de 2018 às 08:43
Seja, se foi essa a tua leitura, Rogério.

Neste soneto, escrevi a direito por linhas tortas; tem muitas leituras possíveis, mas debruça-se essencialmente sobre as diversas formas e graus de intensidade do olhar sobre o outro, o próximo, o irmão, o camarada. Olhá-lo no contexto actual que prima por estar cada vez mais polarizado entre o riso e as lágrimas.

Eu, aqui, para mim, não existo senão como narradora/observadora. O outro é todo o ser humano, homem ou mulher, pouco importa.

Mas pode perfeitamente ser tudo o que tu entendeste. É um daqueles poemas que aguardam com curiosidade a interpretação do leitor.

Abraço grande

Poete também!

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

.posts recentes

. QUASE, QUASE, QUASE...

. A TODOS OS CRAVOS DE ABRI...

. O FEITIÇO DA ÁGUA

. "IMAGINE"

. SOB ATAQUE (14.04.2014)

. PERMANÊNCIAS

. FADO CHOVIDO

.arquivos

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. Pai

. À luz da lua

. GLOSANDO A POETISA MARIA...

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

.FÁBRICA DE HISTÓRIAS

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds