.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Segunda-feira, 16 de Abril de 2018

"IMAGINE"

IMAGINE.jpg

 

Imagine-se a dor da companheira,

Da mãe que o concebeu, da sua irmã,

A angústia da família, toda inteira,

Que foi vê-lo partir nessa manhã,



Imagine-se a bela cigarreira

De que Pessoa fala, intacta e vã,

Caída mesmo ali, à sua beira,

Como um grito de paz na terra chã.



Imagine-se o todo, em pormenor;

A surpresa, a revolta, o espanto, a dor

E o buraco negro que os sucede.



Imagine medir, se capaz for,

A grandeza, o tamanho desse horror,

Que eu tenho para mim que se não mede...

 

 



Maria João Brito de Sousa – 16.04.2018 – 13.11h

 



NOTA - Na sequência da leitura de um poema homónimo de António Manuel Esteves Henriques

tags:
publicado por poetaporkedeusker às 13:20
link do post | "poete" também! | favorito
13 comentários:
De jabeiteslp a 16 de Abril de 2018 às 16:42
Sentimento a cada passo de tempo
será a nossa saga
a cada breve momento

Bom e feliz dia de Soile
De poetaporkedeusker a 16 de Abril de 2018 às 16:48
Podemos imaginá-la- a essa saga.. - mas não medi-la, se por ela não tivermos passado...

Obrigada, Anjo!
De jabeiteslp a 16 de Abril de 2018 às 16:42
também
De jabeiteslp a 17 de Abril de 2018 às 08:22
Bom dia alegria
nos desejos de um bom e feliz dia

beijinhos de aqui dos Calhaus
De poetaporkedeusker a 17 de Abril de 2018 às 08:45
Bom dia, Anjo, que o meu vai ser muito atarefado e vou ter de sair, possa ou não possa.

Beijinhos
De *FreeStyle* a 17 de Abril de 2018 às 12:00
Depois de 4 anos ausente, fico feliz por ver que afinal nem todos abandonam os blogs.

Parabens.
De poetaporkedeusker a 17 de Abril de 2018 às 12:34
Bem re-vindo sejas a este espaço onde o soneto se cruza com a dimensão da liberdade, FreeStyle.

De Rogério Pereira a 18 de Abril de 2018 às 00:59
Não imagino
toco
pois teu poema
todo ele
é tangível

até mesmo quando falas do horror
que não se mede
De poetaporkedeusker a 18 de Abril de 2018 às 10:29
Obrigada, Rogério. Foi-me nascendo assim, de uma assentada, quando eu menos esperava escrevê-lo.

Este horror não se mede, não, mas pode tocar-se, tal como aconteceu contigo.

Abraço-te.
De poetazarolho a 18 de Abril de 2018 às 07:46
"Disperso"

A realidade nefasta
Que destroi a realidade
Do meu ser se afasta
Por não ver nela verdade

Transporto minha canasta
Sem um pingo de vaidade
Tem tudo quanto me basta
Sem marca de ansiedade

Realidades aos pedaços
Servidas em tod’o preceito
Com estilhaços de vidas

Não as acolho em meus braços
Não lhes encontro muito jeito
Não são as minhas preferidas.
De poetaporkedeusker a 18 de Abril de 2018 às 10:45
Não me posso dispersar
Por aqui e por além,
Já estou velha para andar
Nesse apressado vaivém

E o risco de não voltar
Faz-me pensar muito bem;
"Hoje vou fazer-me ao mar
Sem abalroar ninguém."

Vaidosa nunca serei,
Mas posso sempre orgulhar-me
Das mil vezes que embarquei

Nesta barca de ocupar-me
Do muito pouco que sei
E que ninguém vai roubar-me.

Maria João

Bom dia, Poeta! Cá vou na minha velha, cada vez mais velha barca, cada vez menos capaz de manobras arrojadas, mas ainda razoavelmente funcional

Abraço grande!

De jabeiteslp a 19 de Abril de 2018 às 09:06
Bom dia bom dia
em alegria
e toda a fantasia de

beijinhos de aqui
De poetaporkedeusker a 19 de Abril de 2018 às 09:13
Bom dia, Anjo. Que o dia te seja propício!

Beijinhos

Poete também!

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

.posts recentes

. QUASE, QUASE, QUASE...

. A TODOS OS CRAVOS DE ABRI...

. O FEITIÇO DA ÁGUA

. "IMAGINE"

. SOB ATAQUE (14.04.2014)

. PERMANÊNCIAS

. FADO CHOVIDO

.arquivos

. Abril 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. Pai

. À luz da lua

. GLOSANDO A POETISA MARIA...

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

.FÁBRICA DE HISTÓRIAS

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds