Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

poetaporkedeusker

poetaporkedeusker

UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
14
Dez16

DIALOGANDO COM MARIA DA ENCARNAÇÃO ALEXANDRE IV

Maria João Brito de Sousa

Braseira de cobre.jpg

CONSOADA ESPECIAL

 

Havia pela tarde uma magia

No preparo da noite desejada

Lenha seca arrumada com mestria

Massa que se queria levedada

 

Noite fora a família em harmonia

Junta à volta do lume, atarefada

Esticando os coscorões logo os frigia

Numa alegria simples e animada

 

Havia brincadeira, festa, riso

Um misto de loucura e paraíso

Na noite desenhada de surpresa

 

Fumegante no púcaro, café

Amigo fiel, vai da chaminé

Acompanhar a nossa sobremesa

 

 

MEA

13/12/2016

 

A VELHA BRASEIRA DE COBRE

 

 

Diluídos no tempo, ecoam, vagos,

Vestígios de uma antiga Consoada;

Sorrio, cá por dentro, e são afagos

Que a memória me dá, não dando nada.

 

Os meus olhos, agora, são dois lagos

Onde se espelha o tempo e, consolada,

Nem vejo quanto o tempo fez de estragos

Ao longo desta longa caminhada.

 

 

Não sei dizer porquê, mas, de repente,

Impõe-se-me, da ceia, o morno, o quente

Da braseira de cobre, sob a mesa

 

E, ainda sem saber se outrém o sente,

Acendo-me eu, inteira, internamente,

Num brasido de humana natureza.

 

 

 

Maria João Brito de Sousa - 13.12.2016 - 14.52h

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Em livro

Links

O MEU SEBO LITERÁRIO - Portal CEN

OS MEUS OUTROS BLOGS

SONETÁRIO

OUTROS POETAS

AVSPE

OUTROS POETAS II

AJUDAR O FÁBIO

OUTROS POETAS III

GALERIA DE TELAS

QUINTA DO SOL

COISAS DOCES...

AO SERVIÇO DA PAZ E DA ÉTICA, PELO PLANETA

ANIMAL

PRENDINHAS

EVOLUÇÃO DAS ESPÉCIES

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE POETAS

ESCULTURA

CENTRO PAROQUIAL

NOVA ÁGUIA

CENTRO SOCIAL PAROQUIAL

SABER +

CEM PALAVRAS

TEOLOGIZAR

TEATRO

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

FÁBRICA DE HISTÓRIAS

Autores Editora

A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!