Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

poetaporkedeusker

poetaporkedeusker

UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
19
Jan17

CONVERSANDO COM MARIA DA ENCARNAÇÃO ALEXANDRE X

Maria João Brito de Sousa

Picasso - Cabeza de Mujer.jpg

 



UM MUNDO ONDE NÃO SEI ENTRAR

 

 

Há um mundo só teu que não conheço

Onde não sei entrar de tão fechado

Mundo misterioso, tão avesso

Que te atormenta, triste e baralhado

 

 

Olhas de olhar perdido e não pareço

Quem um dia andejou plo teu passado

Por quem tu declaraste teu apreço

Infindo, teu afecto ilimitado

 

 

Não me encontras em ti! Eu não sou eu!

E procuras por mim! E a dor cresceu!

E o meu sorriso dói-me ao ver-te assim

 

 

Nesse mundo onde o sol ficou tapado

Deixando o teu eu sujo e sepultado

Nessa amargura atroz que não tem fim

 

 

MEA

14/01/2017

 



UM MUNDO QUE APENAS INTERPRETO

                ou IDENTIDADE(S)





Em cada um de nós, um universo,

Um poço infindo, um mundo pessoal

Íntimo, mas sensível e diverso

Do todo que nos veste, no plural,



Um algo indesvendável, controverso,

Profundamente nosso, uno, integral

Que, ao vestir-nos por dentro, anda disperso

E que ao amargo, ou doce, é transversal.



Divisível no génio, ou na loucura,

Durará quanto a vida a nós nos dura

E, tanto quanto sei, perde-se então,



Mas, apagada aquela chama acesa,

Perdida a vida à qual já esteve presa,

Muitos vão perguntar: - Está morta, ou não?







Maria João Brito de Sousa - 15.01.2017 - 11.40h

 

 

Imagem - "Cabeza de Mujer", Pablo Picasso

 

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Em livro

Links

O MEU SEBO LITERÁRIO - Portal CEN

OS MEUS OUTROS BLOGS

SONETÁRIO

OUTROS POETAS

AVSPE

OUTROS POETAS II

AJUDAR O FÁBIO

OUTROS POETAS III

GALERIA DE TELAS

QUINTA DO SOL

COISAS DOCES...

AO SERVIÇO DA PAZ E DA ÉTICA, PELO PLANETA

ANIMAL

PRENDINHAS

EVOLUÇÃO DAS ESPÉCIES

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE POETAS

ESCULTURA

CENTRO PAROQUIAL

NOVA ÁGUIA

CENTRO SOCIAL PAROQUIAL

SABER +

CEM PALAVRAS

TEOLOGIZAR

TEATRO

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

FÁBRICA DE HISTÓRIAS

Autores Editora

A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!