Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

poetaporkedeusker

poetaporkedeusker

UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
15
Dez16

CONVERSANDO COM MARIA DA ENCARNAÇÃO ALEXANDRE V

Maria João Brito de Sousa

MAÇÃ.jpg

 



FIM DE TARDE

Entra o sol pla vidraça entreaberta

Vem brilhar no meu rosto já esquecido

Dos suaves afagos desta oferta

Que por  beijá-lo o deixam aquecido

 

Com ele traz suave mas incerta

A música dum pássaro atrevido

E que mesmo cantando fica alerta

E faz-se esvoaçar por um estalido

 

O sol é tão ameno. O canto frágil! 

Vai desmaiando o Sol. O passaro ágil 

Desfaz-se do seu canto, cala a voz

 

Pla vidraça fechada apenas escuro

Nem o brilho do sol, mesmo inseguro

Nem o canto do pássaro veloz

 

 

MEA

11/12/2016





ESPAÇO-TEMPO

(Um dia sem poesia)



Por cá, passou-se o dia, e mal o vi...

Choveu, é certo, a meio da manhã,

Mas se houve sol, nem del` me apercebi

Nesta canseira imensa, inteira e vã



Em que, por força externa, me encolhi

Por dentro, qual semente da maçã

Que fiquei a olhar, mas não colhi

Porque, olhando melhor, não estava sã...



Por cá, passou-se o dia. Mais um dia

Em que nem mesmo o verso, a melodia

Me veio consolar com suave abraço,



Pois tudo o que o cansaço permitia

Era ir sobrevivendo... e prometia

Mais um dia sem tempo pr`a ter espaço...



Maria João Brito de Sousa - 15.12.2016 - 09.10h

 

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Em livro

Links

O MEU SEBO LITERÁRIO - Portal CEN

OS MEUS OUTROS BLOGS

SONETÁRIO

OUTROS POETAS

AVSPE

OUTROS POETAS II

AJUDAR O FÁBIO

OUTROS POETAS III

GALERIA DE TELAS

QUINTA DO SOL

COISAS DOCES...

AO SERVIÇO DA PAZ E DA ÉTICA, PELO PLANETA

ANIMAL

PRENDINHAS

EVOLUÇÃO DAS ESPÉCIES

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE POETAS

ESCULTURA

CENTRO PAROQUIAL

NOVA ÁGUIA

CENTRO SOCIAL PAROQUIAL

SABER +

CEM PALAVRAS

TEOLOGIZAR

TEATRO

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

FÁBRICA DE HISTÓRIAS

Autores Editora

A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!