Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

poetaporkedeusker

poetaporkedeusker

UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
15
Jan12

DA QUALIDADE DOS SONHOS

Maria João Brito de Sousa

“Eu hei-de erguer um sonho e ser feliz!”

Porém, se inconsistente, o sonho morre

Sem chegar ao tal ponto em que descobre

Forma de erguer um caule, ousar raiz…

 

Sigo, portanto, um sonho que não quis

Usar fruto mordido, haste que dobre,

Ou frase que se agita e logo corre

Ao encontro de tudo o que se diz…

 

Levo, nele, o princípio desta sede

Que não se vê, não se ouve , nem se mede,

Num espaço que não seja aberto e justo,

 

Que vai até aonde o próprio o pede

- e não por caridade alguém concede –,

E sempre é conquistado a muito custo…

 

 

 

 

Maria João Brito de Sousa – 15.01.2012 – 20.34h

2 comentários

  • :)) E às ervilhas com ovos escalfados, que são uma maravilha!
    Ai, Paper, eu tenho mesmo sonhos e ideais mas mal me vão aguentando... sentada :)) Amanhã vou ao hospital - outra vez! - e vamos lá ver o que se vai passar... as coisas não estão ainda muito bem definidas no que toca às isenções das taxas moderadoras e, da última vez que lá estive, disseram-me que teria de ser submetida a uma junta médica. Também tinha isenção total no que toca a medicamentos comparticipados... eram praticamente todos porque quando me receitavam não comparticipados, eu só comprava se fossem mesmo muito, muito baratinhos... o que eu sei, porque assisti e gostei, é que as pessoas começam a protestar de uma forma mais útil do que as habituais "zangas" com as funcionárias dos guichets. Ouvi discursos muito bem feitos, sobre pontos muito pertinentes, nas salas de espera... e reparei que a maioria dos utentes escutava de forma interessada e apoiava, acrescentando um ou outro caso mais flagrante. Penso que os cidadãos portugueses começam a perceber o que é a democracia e que têm uma palavra a dizer no meio de toda esta confusão.
    Mas chega de discursos. Estas minhas janelinhas de comments já devem estar "gastas" de tantas palavras :))
    Vou até ao teu cantinho!
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Em livro

    Links

    O MEU SEBO LITERÁRIO - Portal CEN

    OS MEUS OUTROS BLOGS

    SONETÁRIO

    OUTROS POETAS

    AVSPE

    OUTROS POETAS II

    AJUDAR O FÁBIO

    OUTROS POETAS III

    GALERIA DE TELAS

    QUINTA DO SOL

    COISAS DOCES...

    AO SERVIÇO DA PAZ E DA ÉTICA, PELO PLANETA

    ANIMAL

    PRENDINHAS

    EVOLUÇÃO DAS ESPÉCIES

    ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE POETAS

    ESCULTURA

    CENTRO PAROQUIAL

    NOVA ÁGUIA

    CENTRO SOCIAL PAROQUIAL

    SABER +

    CEM PALAVRAS

    TEOLOGIZAR

    TEATRO

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D

    FÁBRICA DE HISTÓRIAS

    Autores Editora

    A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

    AO 90? Não, nem obrigada!