Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

poetaporkedeusker

poetaporkedeusker

UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
30
Dez19

DA AUSÊNCIA

Maria João Brito de Sousa

DA AUSÊNCIA(imagem).jpg

DA AUSÊNCIA

*

 

Da tua ausência e – porque não? – da nossa,

Emana uma aura fosca e baça e crua,

Uma ilusão de luz, como se lua

De um astro em que se fez menina e moça.

*

 

Enquanto essa ilusão de nós se apossa

Qual rio que em calmo lago desagua,

A ausência, mais que minha, mais que tua,

É sal que salga a vida e mel que a adoça.

*

 

Nessa ausência, que vai ganhando vulto,

Transmuta-se a abstracção em verbo oculto

A que o sonho dá corpo e cristaliza

*

 

E tudo o que era ausência é já presença

Que dita o que se sente, o que se pensa,

E cresce enquanto a mente idealiza.

*

 

 

Maria João Brito de Sousa  - 30.12.2019 – 10.15h

 

 

Imagem retirada daqui

 

NOTA - Despedindo-me de 2019 e abrindo os braços a 2020, boas entradas para todos vós, companheiros de jornada!

17
Dez19

MÁTRIA II

Maria João Brito de Sousa

 

TERRA-MÁTRIA.gif

 

 

MÁTRIA II

 

*

 

Por baixo, por cima, por dentro e por fora,

De azuis se decora, de verdes se anima,

Toda se sublima na fauna e na flora

Que sobre ela mora. Terra, inda menina!

 

*

 

Aos reptos do clima, ela os elabora

E o Sol que a namora e que a insemina,

Jamais a domina quando se demora

Sobre ela que cora se del`se aproxima.

 

*

 

Que céus congemina? Que infernos deplora?

Que diz quando chora num chão que germina

Se alguém contamina o espaço em que ancora?

*

 

E, hora após hora, reflecte e rumina

Sobre o que se ensina(1). É dona e senhora,

Mátria e criadora de quanto fascina!

 

*

 

Maria João Brito de Sousa – 17.12.2019 -08.00h

 

 

 

  • 1) O que se ensina – Aquilo que a si própria se ensina, numa perspectiva evolucionista

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Em livro

Links

O MEU SEBO LITERÁRIO - Portal CEN

OS MEUS OUTROS BLOGS

SONETÁRIO

OUTROS POETAS

AVSPE

OUTROS POETAS II

AJUDAR O FÁBIO

OUTROS POETAS III

GALERIA DE TELAS

QUINTA DO SOL

COISAS DOCES...

AO SERVIÇO DA PAZ E DA ÉTICA, PELO PLANETA

ANIMAL

PRENDINHAS

EVOLUÇÃO DAS ESPÉCIES

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE POETAS

ESCULTURA

CENTRO PAROQUIAL

NOVA ÁGUIA

CENTRO SOCIAL PAROQUIAL

SABER +

CEM PALAVRAS

TEOLOGIZAR

TEATRO

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

FÁBRICA DE HISTÓRIAS

Autores Editora

A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!