Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

poetaporkedeusker

poetaporkedeusker

UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) , autora no Portal CEN, e membro da Associação Desenhando Sonhos, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
15
Jul09

DESCOBERTAS

Maria João Brito de Sousa

Montando o meu corcel de ondas celestes

- se a Pátria se render, a culpa é minha! –

Traço na Troposfera uma só linha

Nestas andanças lúdicas, equestres…

 

Depois do Norte-Sul, vêm os Lestes

E, talvez, a Poente, uma adivinha:

De quanta imensa onda se avizinha,

Qual é a que me leva, um dia destes?

 

Descubro e reinvento horizontais

Atenta ao doce canto dos jograis

Que vêm festejar o estranho evento.

 

Alguém, que me avistou, faz-me sinais

Mas eu navego ainda e quero mais!

Hei-de voltar se, um dia, tiver tempo…

 

Imagem retirada da internet

8 comentários

  • Meu amigo! Caramba! Já tinha saudades! Fico muito, muito contente por estares de boa saúde!
    Bem, este poema tem um bocadinho dos "temperos" da vida humana e a nostalgia é um deles... mas é mais alegre do que triste, pelo menos para mim.
    Estou para aqui no meio de um problema com o servidor do CJO. Se eu para, não será propositadamente, mas pode acontecer.
    Abraço grande, grande!
  • Imagem de perfil

    Fisga 16.07.2009

    POIS AMIGA. Tu é as mãe e a mãe é quem melhor entende o seu filho. Eu achei o poema nostálgico em demasia, mas eu também mereço o benefício da dúvida, porque não tenho vindo aos treinos. Um abraço Eduardo.
  • :)) Pois! Tu tens faltado aos treinos...
    Mas não te preocupes que eu não estava nostálgica... ou estava? Na! Acho que não!
    Estou só atenta às minhas falhas de memória. Talvez tenha alguma saudade do tempo em que não me esquecia tanto de todas as coisas... olha, nem sei bem. Também estou contente por estar a produzir mais, em termos poéticos... está tudo equilibrado!
    Abraço grande, amigo!
  • Imagem de perfil

    Fisga 17.07.2009

    Olá amiga João. Olha minha querida, desculpa de eu ainda não ter ido ver o teu blog, mas é tanta coisa agora e eu meio atrapalhado com tudo que ainda não deu. Um abraço. Deste amigo Eduardo.
  • Vai com calma, amigo! Vens quando puderes, não te preocupes com isso. Eu também ando por aqui à velocidade do caracol... ainda hoje não publiquei nada. Vamos lá ver se o faço agora.
    Abraço grande!
  • Imagem de perfil

    Fisga 19.07.2009

    E vai daí, diz o roto ao nu. Abraço grande. Eduardo.
  • :)) Tens razão! Eu pensei exactamente nisso, quando publiquei este comentário!
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Em livro

    Links

    O MEU SEBO LITERÁRIO - Portal CEN

    OS MEUS OUTROS BLOGS

    SONETÁRIO

    OUTROS POETAS

    AVSPE

    OUTROS POETAS II

    AJUDAR O FÁBIO

    OUTROS POETAS III

    GALERIA DE TELAS

    QUINTA DO SOL

    COISAS DOCES...

    AO SERVIÇO DA PAZ E DA ÉTICA, PELO PLANETA

    ANIMAL

    PRENDINHAS

    EVOLUÇÃO DAS ESPÉCIES

    ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE POETAS

    ESCULTURA

    CENTRO PAROQUIAL

    NOVA ÁGUIA

    CENTRO SOCIAL PAROQUIAL

    SABER +

    CEM PALAVRAS

    TEOLOGIZAR

    TEATRO

    Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2021
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2020
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2019
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2018
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2017
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2016
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2015
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2014
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2013
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2012
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2011
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2010
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2009
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2008
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D

    FÁBRICA DE HISTÓRIAS

    Autores Editora

    A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

    AO 90? Não, nem obrigada!