.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Segunda-feira, 20 de Junho de 2016

WHAT A WONDERFUL WORLD!

Sol.png

 (Soneto em decassílabo heróico)

 

O mundo, Amor, será maravilhoso,

Mesmo depois de mim, quando no mar,

A minha velha Barca naufragar

Num Inverno qualquer, mais rigoroso,

 

Mas... se por um momento doloroso,

Eu deixasse, no Mundo, de apostar,

Não teria sabido ao Mundo amar,

Nem desta Vida obtido qualquer gozo...

 

Ah, Mundo-Vida, quanto me prendeste

Pois, de quanto tiraste, mais me deste

Desta riqueza a que nem vejo o fim

 

Quando, por dentro, a chama me acendeste

E, morra embora nalgum dia agreste,

Maravilhada, vi-te aceso em mim...

 

 

Maria João Brito de Sousa - 15.06.2016 - 14.22h

 

publicado por poetaporkedeusker às 09:34
link do post | "poete" também! | favorito
|
4 comentários:
De poetazarolho a 20 de Junho de 2016 às 23:01
“Sossegos”

Sossego desassossegado
Nunca foi desassossego
Pessoa preocupado
Também eu sou não nego

As coisas que nunca foram
Terão sido coisa nenhuma
Também os areais imploram
Por ondas do mar com espuma

E quando tudo nos cansa
Não tentemos descansar
Usemos o coração

P’ra encetar a mudança
Pois não é por muito amar
Que se atinge a exaustão.
De poetaporkedeusker a 20 de Junho de 2016 às 23:52
Hoje estou cheia de sono
E, amanhã, tenho consulta...
Mas não deixo ao abandono
Quem me escreve e não me insulta

Mas, se em versejos ressono,
Vem alguém passar-me a multa...
Tenho Morfeu por Patrono
E Morfeu, dormindo, exulta...

Amanhã vou levantar-me
Às desoras do costume;
Não vem Morfeu abanar-me,

Nem pôr-me o café ao lume....
E a dormir, posso queimar-me
Nalgum cigarro que`l fume... (rsrsrsrs...)

Maria João

Poeta, desculpe ter-me centrado tanto em mim e ter dito o que me foi vindo à cabeça que, neste momento, está mais a dormir do que acordada...

Um GRANDE abraço!!!

De poetazarolho a 22 de Junho de 2016 às 20:59
“Ressuscitei”

Vida que não aprendi
Estou tentando aprender
No dia em que morri
Apenas parei de viver

Sem imagem reflectida
Logo o espírito serenou
Abandonando-me a vida
Sem vida sou o que sou

Não encontro a perfeição
Porque a perfeição ruiu
Num acto irreflectido

E na última refeição
Houvera quem me traiu
Mas nunca terei morrido.
De poetaporkedeusker a 23 de Junho de 2016 às 14:10
Melhorando/evoluindo

Por completo, não se morre,
Quando se deixa por cá,
Do tanto que nos ocorre,
O bem maior que em nós há

E sempre há quem se socorre
Das muitas coisas que dá
Pois contra a morte concorre
- mas ela sempre virá... -

Perfeição, mero conceito,
Nunca passou de utopia...
Melhoremos! Isso aceito,

E vou tendo por meu guia,
Quando, defeito a defeito,
(Re)descubro a melhoria...

Maria João

Aqui vai, Poeta, com o forte abraço de sempre!

Poete também!

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

   O lucro desta edição reverte
   totalmente a favor da Autora

.posts recentes

. SEGUINDO UM DESAFIO DO PO...

. SEM GARANTIAS

. CONVERSANDO COM ALDA PERE...

. DEUSES SOMOS NÓS!

. NATAIS DOS TEMPOS IDOS...

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. GLOSANDO MARIA DA ENCARNA...

.arquivos

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.ARCA DE NOÉ

A Arca de Noé Vivapets distinguiu como Animal da Semana

.HORIZONTES DA POESIA


Visit HORIZONTES DA POESIA

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds