.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Quinta-feira, 19 de Agosto de 2010

SEM DÚVIDA!

 

Sem dúvida! Ela é sempre imprevisível,

Caminhando ao sabor do que há-de vir

E, a cada dia, menos concebível,

Nunca dando a saber se irá surgir…


Sem dúvida nenhuma! É impossível

Encontrar quem te possa garantir

Que é Arte o que tu fazes mas… terrível,

Seria sufocá-la … e não sentir!


Talvez morresses mesmo… ou não morresses!

Sem dúvida, seria insuportável

Renunciar a tudo aquilo que és


Se, imprevisivelmente, renascesses,

E tudo te parecesse intolerável

Excepto esse dom de ser como as marés…

 

 


Maria João Brito de Sousa – 18.08.2010 – 19.19h


 

NOTA - Peço desculpa pelo erro na frase que serve de título e legenda à imagem desta minha tela. Deverá ler-se LA FEMME QUI PEINT L`ENFANT ETERNEL

 

sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 10:22
link do post | "poete" também! | ver poetices (2) | favorito
|
Quarta-feira, 28 de Julho de 2010

NOS OLHOS DE QUEM CHO...

Nos olhos desvendados de quem chora Moram novas razões… quem o não sabe? Antes que a luz se vá, que o dia morra, Ante...

Ler artigo
sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 11:24
link do post | "poete" também! | ver poetices (14) | favorito
|
Segunda-feira, 18 de Janeiro de 2010

O RESTO DO POEMA...

Não recorda o que fez. O que não fez Está escrito noutras horas de outros dias, Perdido nessas vãs filosofias Do temp...

Ler artigo
sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 16:48
link do post | "poete" também! | ver poetices (2) | favorito
|
Segunda-feira, 26 de Outubro de 2009

QUEM TRAMOU O SUJEITO...

Quem foi que ousou tramar o tal sujeito Poético e patético, o tal que actua E que jamais se rende ou compactua Com acto...

Ler artigo
sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 11:56
link do post | "poete" também! | ver poetices (8) | favorito
|
Quarta-feira, 2 de Setembro de 2009

O IMORTAL

Julgava-se imortal. Mesmo imortal. Isento das noções de “mal” ou “bem”, Dependente de nad...

Ler artigo
sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 16:29
link do post | "poete" também! | ver poetices (4) | favorito
|
Terça-feira, 1 de Setembro de 2009

TEMPOS NENHUNS

Quantos tempos nenhuns terão passado? E os séculos dos séculos nascidos? Instantes de universos revestidos De luas e ...

Ler artigo
sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 16:15
link do post | "poete" também! | ver poetices (8) | favorito
|
Terça-feira, 18 de Agosto de 2009

MEMÓRIA DESCRITIVA II

Aquele aspecto estranho e desconforme, Aquele face magra e enrugada, Aquele rictus de quem está cansada Da vida que p...

Ler artigo
sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 16:13
link do post | "poete" também! | ver poetices (6) | favorito
|
Domingo, 25 de Janeiro de 2009

A DOIS PALMOS DE MIM

A dois palmos de mim, o Infinito Aonde o horizonte se desdobra! É lá que surge o sonho e nasce a obra… Além, ne...

Ler artigo
sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 02:04
link do post | "poete" também! | ver poetices (31) | favorito
|
Quinta-feira, 15 de Janeiro de 2009

BRAÇO DE FERRO

Ou o braço se quebra ou eu rebento! E, se acaso rebento, o que farei Às palavras que nunca vos direi Daqui, desta cadei...

Ler artigo
sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 02:01
link do post | "poete" também! | ver poetices (14) | favorito
|
Quinta-feira, 8 de Janeiro de 2009

UMA PONTE SOBRE A SOL...

Paguei o preço desta solidão Com sangue - do real... - e muito choro E esta velha casa, aonde moro, É a ponte que ergui...

Ler artigo
sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 01:31
link do post | "poete" também! | ver poetices (28) | favorito
|

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

   O lucro desta edição reverte
   totalmente a favor da Autora

.posts recentes

. SEM DÚVIDA!

. NOS OLHOS DE QUEM CHORA

. O RESTO DO POEMA...

. QUEM TRAMOU O SUJEITO POÉ...

. O IMORTAL

. TEMPOS NENHUNS

. MEMÓRIA DESCRITIVA II

.arquivos

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.ARCA DE NOÉ

A Arca de Noé Vivapets distinguiu como Animal da Semana

.HORIZONTES DA POESIA


Visit HORIZONTES DA POESIA

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds