.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Quinta-feira, 2 de Fevereiro de 2017

SONETO A UM VERSO "EM BRUTO"

pistola fumegante.jpg

 

SONETO A UM VERSO "EM BRUTO"



Gosto-te, ó verso brusco, asselvajado,

Na força em que, apressado, mal respiras

E fumegas no cano, enquanto as miras

Nem foram necessárias. Disparado,



Saído num rompante, alvoroçado,

Sem que pedisses contas, nem às liras

Que quase sempre escutas quando admiras

Requintes de outro irmão mais demorado...



Que esta "embalagem" não te fica bem?

Quem to ousa dizer? Afinal, quem

Te poderia impor tempos dif`rentes?



E sorrindo, apesar de não ter dentes,

Sei que engendrar-te, não me tornou mãe,

Mas em quem te entendeu como ninguém...





Maria João Brito de Sousa - 31.01.2017 - 11.05h

 

 

NOTA - Por favor, não se assustem com a imagem que é meramente ilustrativa da metáfora do disparo...



 

publicado por poetaporkedeusker às 11:36
link do post | "poete" também! | favorito
|
4 comentários:
De fashion a 2 de Fevereiro de 2017 às 12:18
Gosto muito desse verso em bruto!
De poetaporkedeusker a 2 de Fevereiro de 2017 às 12:20
Obrigada, Fashion!
De poetazarolho a 3 de Fevereiro de 2017 às 00:08
“Percepções”

Da percepção à realidade
Insiste o ruído em bailar
Ofuscando toda a verdade
Tentando apenas baralhar

De tudo esquece a metade
Sobre a outra vai dormitar
Acorda depois com vontade
De dois terços não lembrar

Sobre o terço restante
Derradeiro teste aplicar
Atira ao oceano profundo

Observa então o horizonte
Se ainda vires algo a boiar
Esquece tudo num segundo.
De poetaporkedeusker a 3 de Fevereiro de 2017 às 06:53
Nem sempre o percepcionado
Se percepciona igualmente;
Ora o vemos de um só lado,
Ora de forma abrangente,

Que é sempre condicionado
Pela nossa própria mente
E à perspectiva "ajeitado",
Conforme os olhos da gente

Podendo ser variado
O que se "viu" realmente
E é diverso, o resultado

Muitas vezes aparente,
Do que se viu "desfocado"
Por estar desfocada, a lente...

Maria João

Bom dia, Poeta! Aqui vai, com o abraço de sempre, enquanto me preparo para mais uma consulta e uns exames.


Poete também!

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

   O lucro desta edição reverte
   totalmente a favor da Autora

.posts recentes

. SE EU PUDESSE, NÃO PODIA

. A SEREIAZINHA

. CALEIDOSCÓPIO

. DEPOIS DA MARÉ-CHEIA...

. UM MOSQUITO NO COPO DO LE...

. UM MOSQUITO NO COPO DO LE...

. RUGA A RUGA

.arquivos

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.ARCA DE NOÉ

A Arca de Noé Vivapets distinguiu como Animal da Semana

.HORIZONTES DA POESIA


Visit HORIZONTES DA POESIA

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds