.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Segunda-feira, 7 de Novembro de 2016

LIVRO(S) DE MÁGOAS

Florbela Espanca - retrato desenhado.jpg

 

ESTE LIVRO

 

Este livro é de mágoas. Desgraçados,

Que no mundo passais, chorai ao lê-lo!

Somente a vossa dor de Torturados

Pode talvez senti-lo... e compreendê-lo.

 

Este livro é pr`a vós. Abençoados

Os que o sentirem, sem ser bom, nem belo!

Bíblia de tristes, ó Desventurados,

Que a vossa imensa dor se acabe ao vê-lo!

 

Livro de Mágoas... Dores... Ansiedades!

Livro de Sombras, Névoas e Saudades!

Vai pelo mundo... (trouxe-o no meu seio...)

 

Irmãos na dor, os olhos rasos de água,

Chorai comigo a minha imensa mágoa,

Lendo o meu livro só de mágoas cheio!

 

 

Florbela Espanca

In "Livro de Mágoas"

 

 

 

ALMAS GÉMEAS

 

 

Destes sonetos meus, que ousei escrever,

Também brotaram mágoas - porque não? -,

Mas muito além da mágoa, vi nascer

Uma mesma incomum comum paixão

 

E da mesma paixão  nos vi morrer...

Entendo-te a precoce rendição,

Irmã dos mil sonetos que eu tecer

Pr`além dos que me nascem sem razão,

 

Mas como condenar-ta, se entender

Que a dor que te matou teve a função

De engendrar teus sonetos? Que fazer,

 

Se te bendigo a própria maldição?

Florbela, eu que te sei, sem te saber,

Como glosar-te, assim? Sonhei-te, então?

 

 

Maria João Brito de Sousa - 07.11.2016 - 13.58h

 

(Inédito, respondendo ao soneto "Este Livro", de Florbela Espanca)

 

ALMAS GÉMEAS.jpg

 

publicado por poetaporkedeusker às 16:20
link do post | "poete" também! | favorito
|
6 comentários:
De poetazarolho a 7 de Novembro de 2016 às 23:29
“Song for everybody”

I have to say
That I have nothing to say
I have to sing
That I have nothing to sing
Because I'm learning
To say and sing
In a becoming wave
Where you will not listen.

Zé da Ponte
De poetaporkedeusker a 8 de Novembro de 2016 às 08:16
Already heard it
But I made my choice;
I`ve chosen music,
Left behind the noise
And keep on singing for eternity...

Maria João

Abraço grande, Poeta!
De poetazarolho a 9 de Novembro de 2016 às 00:05
“Canção para todos”

Devo dizer-vos
Que nada vos direi
Devo cantar-vos
Uma canção sem mote
Porque pratico
A fala e a canção
Num novo formato
Em que nada ouvirão.

Zé da Ponte
De poetaporkedeusker a 9 de Novembro de 2016 às 09:19
Porquê criar tal canção,
Se ninguém puder ouvi-la?
Criá-la e calá-la então,
Ou criá-la e suprimi-la?

Mª João


Aqui vai, com o abraço de sempre, Poeta!
De poetazarolho a 10 de Novembro de 2016 às 00:45
“Skull look”

Do you wanna take a look
The way I wonna look
Feel free the door is open
Heaven is not the place
Take a seat for the run
No seatbelt allowed
Screaming is the soundtrack
Welcome to hell.

Zé da Ponte
De poetaporkedeusker a 10 de Novembro de 2016 às 09:21
My Memory

I don`t want to disappoint you
But.... I don`t believe in hell...
Well, exceptionally, I do
But`s hell on Earth, I can tell...

I`ve been there so many times
That I just have to recall
When I use it in my rhymes...
I don`t miss it! Not at all!

Maria João

Cá vão, com o abraço de sempre, alguns vislumbres do inferno... na Terra, Poeta.

Poete também!

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

   O lucro desta edição reverte
   totalmente a favor da Autora

.posts recentes

. GLOSANDO JOÃO MOUTINHO

. GLOSANDO A POETISA MARIA...

. INFILTRAÇÔES

. O POEMA E EU

. CALADA

. GLOSANDO MARIA DA ENCARNA...

. GLOSANDO HELENA FRAGOSO I...

.arquivos

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.ARCA DE NOÉ

A Arca de Noé Vivapets distinguiu como Animal da Semana

.HORIZONTES DA POESIA


Visit HORIZONTES DA POESIA

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds