.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2016

GLOSANDO FLORBELA ESPANCA (10)

008.jpg

 

 

DA MINHA JANELA

 

 

Mar alto! Ondas quebradas e vencidas
Num soluçar aflito, murmurado...
Vôo de gaivotas, leve, imaculado,
Como neves nos píncaros nascidas!

Sol! Ave a tombar, asas já feridas,
Batendo ainda num arfar pausado...
Ó meu doce poente torturado
Rezo-te em mim, chorando, mãos erguidas!

Meu verso de Samain cheio de graça,
Inda não és clarão já és luar
Como um branco lilás que se desfaça!

Amor! Teu coração trago-o no peito...
Pulsa dentro de mim como este mar
Num beijo eterno, assim, nunca desfeito!...

Florbela Espanca, in "Livro de Sóror Saudade"



DA MINHA...



"Mar alto, ondas quebradas e vencidas",

Ou, bem pelo contrário, `inda raivosas;

Ora serenas, frágeis, amorosas,

Ora enormes, rugindo enraivecidas...



"Sol! Ave a tombar, asas já feridas,"

Sobre as copas doiradas das mimosas

Que recolho, uma a uma, bem viçosas,

Do meu álbum de imagens não esquecidas...



"Meu verso de Samain cheio de graça",

Mal chegaste e já vais dizendo adeus,

Passo em falso, que passa e se ultrapassa...



"Amor! Teu coração, trago-o no peito..."...

Mas a memória, selectiva e escassa,

Já fez uso de um "crivo" activo... e estreito.





Maria João Brito de Sousa - 01.02.2016 - 16.28h







 

 

publicado por poetaporkedeusker às 17:56
link do post | "poete" também! | favorito
|
8 comentários:
De poetazarolho a 26 de Fevereiro de 2016 às 06:59
Chá em paz.
De poetaporkedeusker a 26 de Fevereiro de 2016 às 12:41
Vou bebê-lo em paz, Poeta, enquanto o meu pobre exaustor de fumos parece apostado em transformar-se numa réplica das "Niagara Falls"...
De poetazarolho a 26 de Fevereiro de 2016 às 21:00
Outra vez ???? Bjs.
De poetaporkedeusker a 26 de Fevereiro de 2016 às 23:07
... outra vez, Poeta... sempre que a chuva é muita e vem batida pelo vento, há dilúvio na cozinha...
De poetazarolho a 26 de Fevereiro de 2016 às 21:21
“Armadilhado”

Sucesso não é o dinheiro
O sucesso é o amor
Mas deves pensar primeiro
Se o dinheiro é teu senhor

Estender a tua mão
Perante ele ajoelhar
Mas sabendo de antemão
Que não te deixará levantar

Sentir um peso infinito
Para sempre ao caminhar
Ficando refém da pandilha

Alternativa, eu acredito
Ao deus dinheiro renunciar
E não cair na armadilha.

Prof Eta
De poetaporkedeusker a 26 de Fevereiro de 2016 às 23:05
Na armadilha não caí
Pois, de tanto a evitar,
Já vivi como vivi
A ver a vida passar

E nunca me arrependi
Nem sequer de me orgulhar
De ser o que sou aqui
E de poder poetar...

Nunca aspirei a riquezas,
Mas confesso que é bem duro,
Neste mundo em que vivemos,

Vermos mãos e pernas presas
Nunca tendo o pão seguro
Por muito pão que suemos...

Maria João


Cá vai, Poeta, com o abraço de sempre!
De poetazarolho a 27 de Fevereiro de 2016 às 08:21
Chá uno.
De poetaporkedeusker a 27 de Fevereiro de 2016 às 10:13
Vou vê-lo, Poeta!

Poete também!

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

   O lucro desta edição reverte
   totalmente a favor da Autora

.posts recentes

. SEGUINDO UM DESAFIO DO PO...

. SEM GARANTIAS

. CONVERSANDO COM ALDA PERE...

. DEUSES SOMOS NÓS!

. NATAIS DOS TEMPOS IDOS...

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. GLOSANDO MARIA DA ENCARNA...

.arquivos

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.ARCA DE NOÉ

A Arca de Noé Vivapets distinguiu como Animal da Semana

.HORIZONTES DA POESIA


Visit HORIZONTES DA POESIA

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds