.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Sábado, 31 de Dezembro de 2016

BALANÇO DE FIM-DE-ANO

Balanço 2016.jpg

 

Mais um ano que chega, outro que vai

Neste vaivém de ser-se e estar-se vivo

Num tempo que julgámos ter cativo,

Mas que, medido em anos, sobressai



Na neve do cabelo, que essa cai

Sobre a sorte de tê-lo em nada esquivo...

Vou passando o passado pelo crivo,

Pr`a ver, do que me sobra, o que me sai;



Não fujo à Luta, mas já mal lhe chego,

Que o meu presente é lúcido, mas cego,

Ou vê tão pouco que me torna inútil



A mesma lucidez que não me nego

Enquanto lhe for tendo humano apego,

Pois de aço feita; firme, honesta e dúctil.





Maria João Brito de Sousa - 30.12.2016 - 15.32h



 

tags: ,
publicado por poetaporkedeusker às 19:00
link do post | "poete" também! | favorito
|
2 comentários:
De poetazarolho a 1 de Janeiro de 2017 às 19:08
“D.Quixotes”

Era uma mente errante
Quem sabe até um desvio
Numa busca incessante
Julgou ter algum pavio

Mas faltava a ignição
Que a levaria ao delírio
Dos astros a conjugação
Que se tornara martírio

Eis que surge um dragão
Ao longe no horizonte
Parecia não estar sozinho

Investindo com o arpão
Galopando sempre em fronte
Estatelou-se contar o moinho.
De poetaporkedeusker a 1 de Janeiro de 2017 às 20:53
Eheheheheh... Poeta, adorei este seu sonetilho-aventura, mais para Dulcineia do que para Quixote, segundo me parece...

Dulcineiades

Dulcineia, Dulcineia,
Como foste acreditar,
Tu, tão pobre e tão plebeia,
Num Quixote, a delirar?

Eras banal, quase feia,
Como pudeste aceitar
Que simples moça de aldeia
Viesse a configurar

Uma vela - e com pavio! -,
Tu quase morres de frio
Por ser`s tão de carne e osso...

E sobre um moinho cais?!
Tu não vês por onde vais?
Aturar-te mais, não posso!

Maria João

Cá vai, Poeta, com o primeiro abraço grande - "dado" por mim, claro... - de 2017!

Poete também!

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

   O lucro desta edição reverte
   totalmente a favor da Autora

.posts recentes

. NATAIS DOS TEMPOS IDOS...

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. GLOSANDO MARIA DA ENCARNA...

. CONVERSANDO COM O POETA A...

. CHUVA

. CONVERSANDO COM JOSÉ SARA...

. A ARCA DE FERRO

.arquivos

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.ARCA DE NOÉ

A Arca de Noé Vivapets distinguiu como Animal da Semana

.HORIZONTES DA POESIA


Visit HORIZONTES DA POESIA

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds