.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Quarta-feira, 6 de Agosto de 2008

... E SE EU NÃO DIGO ÁMEN?

E se eu não digo: Ámen!- o que acontece?

Não nasce o sol? Não volta a madrugada?

Porque eu não digo Ámen!, não digo nada,

Nem gosto de não ser "o que parece"!

 

E se, lá bem no fundo, eu os desprezo,

Se abomino essa sua hipocrisia?

E se eu mantenho a estranha mais-valia

De ser o que aqui escrevo e vos confesso?

 

E se, ao olhar pr`a mim fico orgulhosa

De nunca ter vendido o meu talento?

Se nunca existiu nada nem ninguém

 

Que me fizesse ser tão asquerosa,

Que me dobrasse, enfim, ao seu intento?

Eu tenho orgulho em SER, não digo: Ámen!

 

Imagem- "Dicotomia" - 66x47cm, Aguarela e Pena

              Maria joão Brito de sousa - 2002

sinto-me : eu
publicado por poetaporkedeusker às 15:53
link do post | "poete" também! | favorito
|
16 comentários:
De adnirolfpa a 6 de Agosto de 2008 às 16:27
...Ah Mulher...nunca mas nunca te vergues.
Nem que o peso da insistência
ou a pressão da desistência
te forcem com a força da gravidade.
As arvores, tal como Tu
Morrem.
Mas morrem de PÉ.
beijinho


(este poema é de todos o predilecto!)
De poetaporkedeusker a 6 de Agosto de 2008 às 16:36
Olá Flor! Ainda bem que gostas, porque eu sou mesmo assim! Ainda bem que está tudo bem contigo!
Um grande abraço!
De António a 6 de Agosto de 2008 às 16:28
Minha amiga poetisa:

Se a minha amiga estivesse no palco e eu na plateia,
Eu levantar-me-ia para lhe bater palmas. BRAVO!

Aqui entre nós: veja o 7º verso, 2ª sílaba. Penso que queira dizer "E se eu" e não "E seu".

Não pense que o meu reparo é vingança. Muito pelo contrário!!!

Um grande abraço para si

António
De poetaporkedeusker a 6 de Agosto de 2008 às 16:41
Não penso nada disso, Poeta! Até lhe agradeço muito porque tenho o defeito de ser muito rápida a escrever e de nãofazer uma revisão cuidada antes de publicar... penso que já não tenho emenda... agora vou corrigir.
Um abraço e obrigada!
De João Pita a 6 de Agosto de 2008 às 21:39
São estes momentos que sublimam o nascer do sol e o regresso das madrugadas.
Poema lindíssimo de quem sente, antes de pensar e vê muito alem de ver.
Obrigado
De poetaporkedeusker a 6 de Agosto de 2008 às 23:12
Muito obrigada pela sua visita ao meu poetaporkedeusker. Seja muito bem vindo a este livrinho online.
Um abraço.
De linhaseletras a 6 de Agosto de 2008 às 23:11
Que belo soneto, e é assim mesmo, minha amiga.
"Antes quebrar que torcer" E não se pode dizer Ámen " a tudo, senão quando damos por isso, estamos a ser manipuladas, e a deixar-mos de ser quem realmente somos, e passarmos a ser aquilo que os outros querem, perdendo por isso a nossa identidade
Até amanhã
De poetaporkedeusker a 6 de Agosto de 2008 às 23:17
É assim que eu penso que devemos ser, minha amiga. Se nos deixamos manipular acabamos por perder o respeito por nós próprias e nos valores em que acreditamos.
Um abraço e até amanhã.
De Joanina a 7 de Agosto de 2008 às 04:54
Ah G'ande POETA!!! Ah g'ande "MELHER"!!
(dos confins da minha insignificância , atrevo-me a dizer que também SOU, não digo: Ámen !)
Bj da Jo
De poetaporkedeusker a 7 de Agosto de 2008 às 11:27
Olá "ganda" Jo! Ainda bem que há "melheres" como nós, que "dos confins da nossa insignificância" não dizemos "Ámen!"!
Um grande abraço para ti!
De Frágil a 7 de Agosto de 2008 às 11:56
Se na dizes tu digo eu!!!!!!!


ÁMEN IoI



Bêjuuuuuuu
De poetaporkedeusker a 7 de Agosto de 2008 às 12:15
Ólhó cumpadri! Vocelência só diz Ámen na "brincadera"! Se quiserm "torcê-lo" manda tudo para um sítio que ê na digo porque é feio! É ou na é cumpadri?
Bêjuuuuuuuuuuuu!
De Frágil a 7 de Agosto de 2008 às 13:09
???????? desculpa a minha "xaparriçe" fiquei ás escuras agora.
De poetaporkedeusker a 7 de Agosto de 2008 às 13:32
A tua xaparrice é sempre bem vinda! Digo eu que não gosto de ser forçada a coisa nenhuma.
É isso que pretendo dizer neste soneto! Nãogosto de andar atrás da "isca" como o peixinho, nem de andar a armar-me em coisas
que não sou só para agradar aos que estão no "poleiro". Quem é pintora e poeta, fica muitas vezes sujeita a estes "jogos de poder", como deves calcular... e eu, pelo que conheço de ti, pnso que também não gostas de ser manipulado por entidades ou pessoas. Eufico danada quando me tentam manipular ou desvirtuar as minhas palavras!
Bêjuuuuu, abraçuuuuu e muita inspiração!
De Frágil a 7 de Agosto de 2008 às 14:29
Completamente de acordo ctg, alias, axo que nao somos só nós, tdas as pessoas deve m ser assim.


Bêjuuuuuuu
De poetaporkedeusker a 7 de Agosto de 2008 às 20:32
Pois deviam, mas não são... é precisa alguma coragem para se atingir este estatuto. E o preço faz-se sempre pagar. Mas vale a pena.
Abraçuuuuu e bêjuuuuu!

Poete também!

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

   O lucro desta edição reverte
   totalmente a favor da Autora

.posts recentes

. O INGREDIENTE PRINCIPAL

. GLOSANDO MARIA DA ENCARNA...

. O CONVITE II

. GLOSANDO CHICO BUARQUE

. SE EU PUDESSE, NÃO PODIA

. A SEREIAZINHA

. CALEIDOSCÓPIO

.arquivos

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.ARCA DE NOÉ

A Arca de Noé Vivapets distinguiu como Animal da Semana

.HORIZONTES DA POESIA


Visit HORIZONTES DA POESIA

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds