.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Sexta-feira, 28 de Dezembro de 2012

SONETO SEM DESTINATÁRIO


(Em verso eneassilábico)

 

Na aridez de passeios e estradas

Plantei bagas de sonhos maduros

Em prodigalizando, às punhadas,

Mil prenúncios de claros futuros…

 

Colhi, dessas ardentes jornadas,

Impropérios, por vezes tão duros

Que doíam como as chicotadas

Do furor dos traidor`s mais impuros…

 

Pudesse eu outra vez percorrer

Quanta estrada corri no passado,

Voltaria a plantar e colher

 

Mil denúncias e a dor de o saber…

Mas bem sei que teria voltado

Se isso me fosse dado a escolher…

 

 

 

Maria João Brito de Sousa – 01.12.2012 – 17.30h

 

IMAGEM - Pintura de Álvaro Cunhal

sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 13:05
link do post | "poete" também! | favorito
|
31 comentários:
De poetazarolho a 29 de Dezembro de 2012 às 00:07
“Revelação”

Não é no fim da calçada
Que encontras a resposta
Faz a longa caminhada
Fá-la sempre bem disposta

Leva amigos de verdade
Com riqueza no coração
Os que a têm sem vaidade
Não sabem quão ricos são

Na linha do horizonte
Em direcção ao tesouro
Arco íris será a estrada

Por mais que te desaponte
Não encontrarás o ouro
Mas a utopia revelada.
De poetaporkedeusker a 29 de Dezembro de 2012 às 13:21
Minha longa caminhada
- bem mais longa que as "normais" -
Foi feita ao longo da estrada,
Sempre ao lado de animais...

Nunca ambicionei riquezas,
Nunca alinhei nos subornos...
Trago ambições sempre ilesas
De acessórios e de adornos...

Dos "ouros", nunca gostei!
De outros enfeites que tais,
Prescindi com tal desprezo

Que sorrindo os dispensei
E garanto que jamais
Me prendeu, tal contrapeso!


Que insuportável ligação, Poeta! Cá vai, meio "rebelde", mas foi o que me saiu... e quase perdi!
De poetazarolho a 29 de Dezembro de 2012 às 00:11
Ainda na ponte.
De poetaporkedeusker a 29 de Dezembro de 2012 às 13:29
Só agora reparo, Poeta... eu tinha ilustrado este soneto eneassilábico com um lindíssimo desenho de Álvaro Cunhal... não sei o que se terá passado... vou tentar repor a imagem e, a seguir, vou à nossa Ponte...
De poetazarolho a 29 de Dezembro de 2012 às 07:43
Chá no bom caminho.
De poetaporkedeusker a 29 de Dezembro de 2012 às 13:44
Bem... espero que o Chá não tenha adoptado os argumentos dos neoliberalistas, eheheh... vou lá!
De poetazarolho a 29 de Dezembro de 2012 às 21:21
“Visão”

Se o mundo não acabou
Não o deixemos acabar
O que ainda não mudou
Cedo vai ter que mudar

Por caminho diferente
Já vejo a humanidade
Como resposta premente
Ao estado de calamidade

Neste tempo irracional
Não há resposta pronta
Outros tempos surgirão

Nada terão de tradicional
Que a tradição não conta
Só conta esta nova visão.
De poetaporkedeusker a 29 de Dezembro de 2012 às 21:47
Ah, mas ele há-de acabar,
Disso, estejamos seguros...
É só questão de apertar,
No cinto do Tempo, uns furos...

Deitemos, portanto, mãos
Ao que está ao nosso alcance
Enquanto estivermos sãos,
Querendo sair deste transe...

Estes tempos vão mudar,
Só não sei em que sentido
Se fará essa mudança

E é tempo de acelerar
Ou não será consentido
Que haja sentido na esperança...


Um abraço grande, Poeta! Guardo - para nós que nos escrevemos diariamente - a saudação "especial" do fim de ano para mais pertinho da hora...





De poetazarolho a 29 de Dezembro de 2012 às 21:25
King por um dia na ponte.
De poetaporkedeusker a 29 de Dezembro de 2012 às 22:37
Vou já, já, Poeta!
De eva a 29 de Dezembro de 2012 às 22:33
Apesar destes votos fazerem parte do "suave declive das banalidades" - parafraseando uma grande poetisa - encerram o desejo sincero que o ano de 2013 possa ser um ano feliz.
Que o próximo ano lhe traga alegrias, mais saúde e muitos momentos felizes é o que lhe desejo.

Abraço GRD GRD
De poetaporkedeusker a 29 de Dezembro de 2012 às 22:42
Ahhhh... um grande, grande abraço, Eva!

Penso que estou a deixar os votos de feliz ano novo muito para o "limite"... mas tenho-me lembrado de dizer aos amigos que vou encontrando que voltarei para fazer esses votos... estou a calcular muito mal, pelos vistos... depois não terei tempo para isso...

Vou já aos "Escritos"!
De poetazarolho a 30 de Dezembro de 2012 às 07:41
Chá futuro.
De poetaporkedeusker a 30 de Dezembro de 2012 às 10:53
É um Chá a pensar no Ano Novo
De jabeiteslp a 30 de Dezembro de 2012 às 11:28
não sabia do Dom do Cunhal na pintura...

mas esse teu poema
ilustra-o muito mais...

feliz dia
De poetaporkedeusker a 30 de Dezembro de 2012 às 11:39
Acredite que nem eu sabia... sabia muito bem dos desenhos feitos na prisão, a preto e branco, mas não sabia dos desenhos avivados pela cor... só há bem pouco tempo os descobri... mas gosto muitíssimo desta técnica a lápis de cor! Parece fácil, mas requer uma enorme mestria!

Feliz e ensolarado Domingo, Anjo
De jabeiteslp a 30 de Dezembro de 2012 às 11:47
que seja feliz a tua tarde também
De poetaporkedeusker a 30 de Dezembro de 2012 às 11:50
Não estou "grande coisa", hoje... meia dorida... mas pode ser que "arrebite"...

Feliz tarde, Anjo!
De jabeiteslp a 30 de Dezembro de 2012 às 12:00

e há que arrebitar...hé hé hé
De poetaporkedeusker a 30 de Dezembro de 2012 às 12:07
O ânimo não falta, Anjo, muito embora mais do que consciente daquilo que nos espera... não sou pessoa de desânimos, acredita. O pior é mesmo a parte física que já não melhora e, nalguns dias, provoca mesmo muito desconforto e acaba por reduzir a minha produção... levo "que tempos" para fazer seja o que for...
Hiiiii! Que escuro que o céu está a ficar! Acho que vem por aí chuvarada...
De jabeiteslp a 30 de Dezembro de 2012 às 14:46
as minhas artroses também me põem a "ganir"

feliz tarde e ânimo
De poetaporkedeusker a 30 de Dezembro de 2012 às 18:49
Obrigada, Anjo!

Feliz noite para ti
De jabeiteslp a 31 de Dezembro de 2012 às 07:51
Um bom dia pra ti
De poetaporkedeusker a 31 de Dezembro de 2012 às 11:11
Bom dia e BOA PASSAGEM DE ANO, Anjo!
De poetazarolho a 30 de Dezembro de 2012 às 22:20
“SNS”

Estava o secretário de estado
Às voltas com o orçamento
Como ser muito iluminado
Fez-se luz naquele momento

Para não ter tanta despesa
Com o sistema de saúde
Bastaria com toda a certeza
Não adoecêssemos amiúde

E assim logo ele decretou
Sem perder um só momento
Adoeçam com menor cadência

Da saúde as contas equilibrou
E nós ficámos sem argumento
Tal não foi a sua inteligência.

Prof Eta
De poetaporkedeusker a 30 de Dezembro de 2012 às 23:56
Sem argumentos, Poeta?
Temo-los até de sobra
E isso é uma bela treta
Que este governo nos cobra!

Que alimentação cuidada,
Que descanso obrigatório
Poderemos ter se nada
Nos sobra em tal purgatório?

Se quase tudo nos tiram
De que estarão eles à espera
Senão que as doenças firam?

Sem termos qualquer conforto
E em situação tão severa...
Está aqui está tudo morto!!!


O meu abraço muito ensonado, Poeta!
De poetazarolho a 30 de Dezembro de 2012 às 22:25
Maria voltou à ponte.
De poetaporkedeusker a 30 de Dezembro de 2012 às 23:29
Vou até lá, Poeta!
De poetaporkedeusker a 30 de Dezembro de 2012 às 23:36
Atrasou-se, a nossa amiga, Poeta... já lá volto!
De poetazarolho a 31 de Dezembro de 2012 às 01:11
Sim, algo não correu bem, mas já voltou.
De poetaporkedeusker a 31 de Dezembro de 2012 às 11:16
Só agora volto lá... ontem tive de me deitar mais cedo...

FELIZ PASSAGEM DE ANO, POETA!!!
BEIJINHOS PARA TODA A FAMÍLIA!!!

Poete também!

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

   O lucro desta edição reverte
   totalmente a favor da Autora

.posts recentes

. SÁBADO, DOMINGO, SEGUNDA ...

. MEMÓRIA(S) DO NÁUFRAGO-PE...

. RUAS

. A PAUTA INVISÍVEL

. GLOSANDO A POETISA MARIA...

. DIÁLOGOS ENTRE MÃE E FILH...

. SETEMBRO(S)

.arquivos

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.ARCA DE NOÉ

A Arca de Noé Vivapets distinguiu como Animal da Semana

.HORIZONTES DA POESIA


Visit HORIZONTES DA POESIA

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds