.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2012

SONETO MUITO FANTASMAGÓRICO...

 

(Em verso de nove sílabas métricas)

 

Vês paredes de uns prédios já gastos…

De uma delas, de cinza tingida,

Brotam, vagos, soturnos e castos,

Mundos mil, estranhas formas de vida…

 

Se a magia nocturna dos astros

Lhes confere aparência fingida,

Serão barcas, sem remos, nem mastros,

Sobre um mar sem prelúdio ou saída…

 

Se, iludida, a memória se exalta,

Reconhece os perfis, nel`s confia

E quer crer no que aos olhos ressalta,

 

É tal qual como se almas penadas,

No silêncio dessa hora tardia,

Se apossassem das pedras… coitadas…

 

 

 

Maria João Brito de Sousa – 27.11.2012 – 15.58h

sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 14:55
link do post | "poete" também! | favorito
|
45 comentários:
De jabeiteslp a 10 de Dezembro de 2012 às 16:23

bom como sempre
esse teu versar...

e é como dizes
"Se, iludida, a memória se exalta"

feliz tarde
De poetaporkedeusker a 10 de Dezembro de 2012 às 17:01
Eheheheh... sabes do que me estava a lembrar quando escrevi isto? Claro que não sabes... nem sei para que pergunto... mas estava-me a lembrar da minha Aurorinha - era empregada em casa dos meus avós paternos - e da sua "crença" em fantasmas... eu era muito pequenina mas ainda andei uns bons tempos a ver se conseguia ver algum.. claro que os podia imaginar, mas penso que já nessa altura distinguia a imaginação da visão propriamente dita... pois eu daria tudo para encontrar um, mas a verdade é que só os consegui imaginar... e pronto Mas é claro que o soneto tem mais "afluentes" pelos quais se pode ir navegando... sempre que posso, aproveito para associar outros temas ao tema principal...

Vou ver se já tens o filme, Anjo!
De jabeiteslp a 10 de Dezembro de 2012 às 22:43

e imagina passado este tempo todo
andarão por cá...acredita

mas não serão gente maldita...


De poetaporkedeusker a 10 de Dezembro de 2012 às 23:05
E é que tens mesmo razão... se perdurou tudo isto na minha memória e ainda me nasceu este soneto, mesmo sem substância física, qualquer coisa perdura... e eu estava bem disposta - apesar dos micróbios malucos e mauzinhos... - quando escrevi este soneto.
As minhas memórias nunca são nostálgicas... nesse aspecto, sou muito linear... é como se fosse a andar por uma estrada e o que está para trás fizesse naturalmente parte do já percorrido... se não houvesse nenhum objectivo ou se eu não sentisse que viver faz sentido, provavelmente seria mais saudosista... mas não. Não sou mesmo. E, depois, o poetar, o aprender - e apreender - e a minha bicheza, ocupam-me muito... tenho sempre o tempo todo preenchido... nem sei porque procuro razões para justificar esta ausência de espírito saudosista... sou assim...

Feliz noite, Anjo!
De jabeiteslp a 10 de Dezembro de 2012 às 23:35

mas recordar é bom

no melhor de nós...abaixo o mafarrico da vida


uma muito feliz noite

De poetaporkedeusker a 11 de Dezembro de 2012 às 12:31
É isso mesmo, Anjo! Recordar é bom! Muito bom mesmo! Mas vejo muita gente recordar e chorar... por isso te falei desta minha estranha maneira de recordar sorrindo...

Feliz dia
De jabeiteslp a 11 de Dezembro de 2012 às 13:41
"cá se vai andando
com a cabeça enre as orelhas"


uma feliz tarde
De poetaporkedeusker a 11 de Dezembro de 2012 às 13:54
Eu, às vezes, nem sei por onde anda a minha, eheheh...
De jabeiteslp a 11 de Dezembro de 2012 às 14:14

é geral fofa

De poetaporkedeusker a 11 de Dezembro de 2012 às 16:02
Ah, pois é!

Feliz tarde, Anjo!
De poetazarolho a 10 de Dezembro de 2012 às 23:04
“Opções”

25 de Abril é opcional
E o carnaval também
Neste mundo a moral
É tratada com desdém

Liberdade foi vendida
Democracia é uma farsa
A luta é causa perdida
Quando a moral é escassa

O valor da vida humana
Entra em depreciação
E as almas são p’ra saldar

Mas a alma lusitana
Não aceita esta opção
Mesmo em saldo vai lutar.
De poetaporkedeusker a 10 de Dezembro de 2012 às 23:23
Já vi e já... "não gostei",
Fiquei até bem zangada!
Por mim, boicoto essa lei
Fico mais "enferiadada"!!!

O que mais querem cortar?
Cortam pão, paz e saúde,
Querem fazer de "educar"
Coisa que até desilude!

Já está bem depreciado
O valor da vida humana
E a sua simbologia

E o homem, desenganado,
Também no rumo se engana,
Fica de vida vazia...


Abraço grande, Poeta! Isto - e tantas outras coisas... - não me agrada mesmo nada!

De poetazarolho a 10 de Dezembro de 2012 às 23:09
Sonata volta à ponte.
De poetaporkedeusker a 11 de Dezembro de 2012 às 12:34
Ahhhh... agora é que reparo que, ontem, ia adormecendo sentada a teclar e nem cheguei a ir à Ponte... vou agora mesmo!
De poetazarolho a 11 de Dezembro de 2012 às 06:40
Chá vai nadar.
De poetaporkedeusker a 11 de Dezembro de 2012 às 11:53
Até me arrepiei... com um frio destes... mas vou vê-lo!
De poetazarolho a 11 de Dezembro de 2012 às 06:40
É o fantasminha brincalhão.
De poetaporkedeusker a 11 de Dezembro de 2012 às 11:52
Sempre brincalhão... mesmo com cólicas e enjoadito, coitado dele/de mim...

Abraço grande, Poeta!
De poetazarolho a 12 de Dezembro de 2012 às 00:16
“Heróis”

Este estado não cumpre
A sua elementar obrigação
E no horizonte irrompe
Uma enorme insatisfação

Quem quer saúde compre
Ou que compre educação
Que se calem para sempre
Ou abandonem a nação

Heróis de antigamente
De nada nos valerão
Os que vemos p´la frente

Não têm classificação
São uma classe de gente
Sem classe e sem distinção.

Prof Eta
De poetaporkedeusker a 12 de Dezembro de 2012 às 11:50
... sem princípios que não sejam
Os do grande capital,
Vendidos que só invejam
E só sabem fazer mal!

Todos teremos que ser
Os heróis, os resistentes!
Isto vai ser a doer,
Há que lutar, minhas gentes!

Organizados, unidos,
Conscientes... não cedamos!
Nunca seremos vencidos,

Já a luta cresce em nós,
Os que rechaçamos amos
Desde os "egrégios avós"!


Acordem portugueses! Estão a roubar-nos a saúde, a educação, o alimento e a dignidade!

Abraço grande, Poeta!
De poetaporkedeusker a 12 de Dezembro de 2012 às 13:54
... pois... este link também só me chegou agora... dei com ele por puro acaso, quando respondia a um comentário do Anjo...
De poetazarolho a 12 de Dezembro de 2012 às 00:19
Grace went back to the bridge.
De poetaporkedeusker a 12 de Dezembro de 2012 às 13:45
Aiiii... não fui à Ponte
De poetazarolho a 12 de Dezembro de 2012 às 07:40
Chá vai sabendo.
De poetaporkedeusker a 12 de Dezembro de 2012 às 10:45
É uma bebida experiente, lúcida e muito viajada, o senhor Chá... vou vê-lo!
De poetazarolho a 12 de Dezembro de 2012 às 20:07
“Elites”

Poucos vêem com clareza
O que se está a passar
Essa elite da esperteza
Que nos anda a enganar

Querendo ter a certeza
De nos conseguir matar
Espalha fome e pobreza
Muito ruído a acompanhar

Mas sem nada sobre a mesa
Teremos que nos revoltar
Contra a elite e a corrupção

Ou com carácter e nobreza
Há apenas que aguardar
Pela sua autodestruição.
De poetaporkedeusker a 12 de Dezembro de 2012 às 23:41
Destruir-nos-ão primeiro,
Pode estar seguro disso!
Só lutando a tempo inteiro,
Só sendo um povo insubmisso,

Inteligente, alertado
E também interventivo,
Com resposta sempre certa,
Mantendo apertado o crivo,

Organizados e prontos,
Mantemos salvaguardados
Nossos básicos direitos...

De outra forma... somos tontos
Como bichos acossados
Por outros... mais imperfeitos!


Um abraço, Poeta!


De poetazarolho a 12 de Dezembro de 2012 às 20:21
As mesmas vozes, outras lutas na ponte.
De poetaporkedeusker a 12 de Dezembro de 2012 às 23:19
Ahhhh... o Gospel! Já lá estive, meia baralhada...

Poete também!

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

   O lucro desta edição reverte
   totalmente a favor da Autora

.posts recentes

. GLOSANDO JOÃO MOUTINHO

. GLOSANDO A POETISA MARIA...

. INFILTRAÇÔES

. O POEMA E EU

. CALADA

. GLOSANDO MARIA DA ENCARNA...

. GLOSANDO HELENA FRAGOSO I...

.arquivos

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.ARCA DE NOÉ

A Arca de Noé Vivapets distinguiu como Animal da Semana

.HORIZONTES DA POESIA


Visit HORIZONTES DA POESIA

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds