.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Segunda-feira, 5 de Março de 2012

SEREMOS TANTOS!

 

Seremos tantos, tantos, muito unidos,

Fazendo ressoar um grito imenso,

Trazendo a força dos punhos erguidos

Sob as bandeiras de um vermelho intenso

 

Nós, no revolto mar dos oprimidos,

Partilhando um mesmíssimo consenso;

Nunca mais expropriados e vencidos,

Nem despojados de vontade e senso!

 

Seremos tantos, tantos, tão seguros

Duma razão que já ninguém domina

Porque a certeza de ideais tão puros,

 

Tal como a estrela que nos ilumina,

Escala montanhas e derruba os muros

De um capital que humilha e que assassina!

 


 

 

Maria João Brito de Sousa – 05.03.2012 – 11.35h

 

sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 12:42
link do post | "poete" também! | favorito
|
49 comentários:
De golimix a 5 de Março de 2012 às 16:20
Deixo uma poesia que deixei no blogue, há uns tempos.

Cego está o povo que gosta de sofrer,
cego está e não quer ver, que esperais agora?
Milagres por aí afora?
Milagres que não existem por agora!

Cego está o povo e assim há-de continuar,
porque ele gosta de quem o faça amargar,
anos de ditadura criaram esta capa dura,
de quem não está habituado a nenhuma ternura!

Cego está o povo e assim há-de ficar,
Até que venha alguém com coragem de o fazer enxergar!

Esperemos que o povo tenha voz que se faça ouvir!!
Um beijnh LMaria (Golimix)

De poetaporkedeusker a 5 de Março de 2012 às 16:34
Obrigada, Golimix! :)
A voz do povo terá mesmo de se fazer ouvir... e num curto espaço de tempo! Muitos de nós já vivem abaixo do limiar da pobreza e até da dignidade...
Abraço grande!
De poetazarolho a 6 de Março de 2012 às 01:21
Chove chá.
De poetaporkedeusker a 6 de Março de 2012 às 11:27
Ai, Poeta... tenho de lhe pedir desculpa por só agora lhe responder... ontem, por volta das sete e pouco, comecei a sentir-me tão estranha, tão cansada, que receei ter um "faniquito". Ainda estou assim, como se estivesse debaixo do efeito de uma anestesia... até tenho tonturas quando me levanto e o sono é imenso... mas fui-me deitar, não aguentava estar aqui sentada e nem avisei ninguém senão a Golimix, quando respondi ao comentário dela... já não conseguia ter-me em pé.
Hoje telefonei para o Oeiras Está Lá!, um serviço camarário específico da CMO, que presta pequenos cuidados e serviços aos munícipes idosos ou com incapacidades ao nível da mobilidade. Vamos a ver se é desta que eu volto a ter nem que seja um canal de televisão! O processo foi complexo porque tive de fazer a reinscrição e o telefone só é gratuito para quem tem telefone fixo. Acabei por enviar cópias do CC e uma declaração médica por email. O comprovativo do RSI só poderei enviar quando receber o próximo vale.
Vou ver do nosso chá! Até já!
De poetazarolho a 6 de Março de 2012 às 01:30
“Tempos loucos”

Estar no caminho certo
Mas para o lugar errado
Nunca estivemos tão perto
Mas tudo pode ser abortado

Um gestor de carreira terás
Se estiveres desempregado
Assim em tempo real saberás
O porquê do teu triste fado

Houve um tempo recente
Com meio mundo louco
E deu-se a guerra mundial

Hoje vive-se tempo diferente
100% de loucos é pouco
Daí o nosso futuro bestial.

Prof Eta
De poetaporkedeusker a 6 de Março de 2012 às 12:09
Como um gestor de carreira
Se eu mal me posso mexer,
Estar sentada na cadeira
E, às vezes, até escrever?

Nem me posso deslocar
Ou andar daqui pr`ali
Pr`a poder justificar
As coisas que digo aqui...

Até já me vai custando
Tratar do essencial
Que tomar duche e vestir-me

E o tempo já vai faltando
Neste cansaço geral
Que se lembrou de invadir-me...


Mais outro! :) Estou literalmente "a dormir em pé" mas ainda vou conseguindo responder :)

De poetaporkedeusker a 6 de Março de 2012 às 12:12
" Que É tomar duche e vestir-me", no último verso da penúltima estrofe... eu logo vi que tinha de sair asneira, com esta soneira esquisita com que estou...
De poetazarolho a 6 de Março de 2012 às 01:33
“Nascer”

Desistir sem ter lutado
Aonde nos pode levar
Morrer sem ter nascido
Alguma vez ouviste falar?

Fazer caminho sem caminhar
É a mais triste ilusão
É preciso caminhar e errar
E empenhar o coração

Nasce p’rá vida nasce p’rá luta
Duma humanidade inteira
Neste tempo de modernidade

Empenha-te nesta disputa
Quando o colapso se abeira
Sem alma restará apenas saudade.
De poetaporkedeusker a 6 de Março de 2012 às 11:42
Já o tempo da brandura
Passou por nós, a correr,
Que esta luta é mesmo dura
E este povo quer vencer!

Também é arma, o poema,
E também ele se levanta
Pr`abaçar o novo tema
Daquele que, lutando, canta!

Nasçam poemas e flores
Das mãos do povo insurrecto
Que sabe dizer que não!

Expurguemos o mal, as dores,
Naquilo que é mais concreto
E a bem da nossa Nação!


:) Até já, Poeta!
De poeta_extase a 6 de Março de 2012 às 01:34
Este soneto me leva para a Grécia mal administrada por capitalistas sem propósitos com as causas do povo. Tal mau pode contamir muitos países da europa.
De poetaporkedeusker a 6 de Março de 2012 às 11:16
Bom dia, Poeta Êxtase :)

Sabemos bem que o "efeito contágio" existe, mas penso que é um pouco extrapolado pelo capitalismo em geral, que não quer admitir as suas imensas fraquezas... eu estava a pensar em Portugal mesmo, quando escrevi este soneto, mas estou e estarei muito solidária com o povo grego!
Um abraço, meu amigo!
De poetazarolho a 6 de Março de 2012 às 21:06
Eça de Queirós escreveu em 1872 :

"Nós estamos num estado comparável apenas à Grécia :

A mesma pobreza, a mesma indignidade politica, a mesma trapalhada económica, a mesma baixeza de caráter, a mesma decadência de espírito.

Nos livros estrangeiros, nas revistas quando se fala num país caótico que pela sua decadência progressiva, poderá vir a ser riscado do mapa da Europa, citam-se em paralelo, a Grécia e Portugal"

Escrito em 1872 ... Verdadeiramente impressionante ...

( in as FARPAS )

In "Citações e Pensamentos" de Eça de Queirós :

"Este Governo não cairá porque não é um edificio, sairá com benzina porque é uma nódoa"

" O Conde de Abranhos"
Eça de Queirós
De poetaporkedeusker a 6 de Março de 2012 às 22:58
Isto está correctíssimo e é aplicável aos dias de hoje... essa da benzina é daquelas que eu considero antológica!
O Joaquim está a dizer um poema dele, sobre uma pombinha branca... a pombinha é morta... fui lá porque tinha de deixar os meus parabéns ao Joaquim! :D
De ligeirinha a 6 de Março de 2012 às 12:22
Ja ontem postei , mas não apareceu....Como estás? Pelo que li achei muito preocupante! continuas com tonturas e ninguem te leva ao Hospital? Credo!!!!
Logo venho "espreitar" para ver quem foi o bom samaritano....
De poetaporkedeusker a 6 de Março de 2012 às 14:12
Não vale a pena, acho eu, só por tonturas e hipersonia... o resto vai mais ou menos, continuo "de molho" e só saio para levar o Kico ao xixi, aqui, à beirinha da porta... olha, isto é capaz de ser a consequência de eu estar a começar a convalescer... o corpo levou um "esticão" daqueles e agora pede-me descanso... é uma soneira que nem te conto...
Acabou de sair daqui o técnico do Oeiras Está Lá! que veio tentar sintonizar o aparelho de TDT... não conseguiu porque a antena do prédio deve estar avariada, mas disse que voltava logo para tentar instalar uma antena interna que me vai emprestar até eu conseguir comprar uma... sei lá quando :) Com a do prédio, não vale a pena contar porque não dá nada de nada. Também sou a única condómina que não tem televisão por cabo nem Meo, nem Zon, nem nada disso...
Beijinho e obrigada por vires até cá!
De ligeirinha a 6 de Março de 2012 às 16:21
Bem só faltava agora nem teres televisão. Se tiveres que pagar diz, ok?
De poetaporkedeusker a 6 de Março de 2012 às 17:43
Não tenho, não. Desde que cortaram o emissor-receptor de não sei onde que a não tenho... mas já tenho cá o aparelhómetro do TDT... que não funciona porque a antena do prédio deve estar avariada... olha, desde o dia 3 de Fevereiro que a não tenho...
Mas não vou pagar nada porque este é um serviço que a Câmara Municipal de Oeiras presta gratuitamente aos seus idosos, doentes e àqueles que, comprovadamente, vivem abaixo do limiar da pobreza. Só me falta ser idosa, segundo as estatísticas oficiais porque, de resto, tenho tudo...
A net foi-se-me abaixo quando eu estava na conversa, no Face... fico zangada quando me deixa um comentário a meio e, depois, não consigo retomar a ligação e tenho de esperar. Aproveitei a "folga forçada" para ir tomar um duche e só agora me despachei... isto é quase ridículo, levar horas para conseguir tomar duche... mas é o que eu levo para fazer seja o que for. Deve ter a ver com as hérnias discais e com a porcaria da escoliose sinistro-convexa de grande raio... mas é terrivelmente frustrante esta coisa de me querer despachar e não conseguir...
Beijo grande e obriga, minha Ligeirinha!
De Simbologia do aMoR a 6 de Março de 2012 às 17:36

O capital domina e mata até nos países que dizem ser democráticos.

Abraço Maria
De poetaporkedeusker a 6 de Março de 2012 às 18:53
Eu sei, Vera, eu sei... é uma verdadeira praga!
É impressionante a forma como o capital - até o próprio dinheiro na sua mais simples expressão - consegue fazer tanto estrago, muitas vezes "mascarado", estranhamente aceite e até "abençoado" pela maioria das pessoas... é tremendo o que se faz em nome do poder económico... muitas vezes "encapotadamente", mas faz-se mesmo! E são os interesses financeiros dos grandes mercados que estão a destruir o nosso planeta desta maneira atroz!
Beijinho!
De poetazarolho a 6 de Março de 2012 às 20:54
Com este chá podes perder a cabeça.
De poetaporkedeusker a 6 de Março de 2012 às 23:02
:D Eu, hoje, estou com "vocação" para Maria Antonieta :)) Vou arriscar!
De poetazarolho a 6 de Março de 2012 às 21:49
“Viver supremo”

Tens alma não tens calma
A tua vida é comunhão
Transforma do outro a alma
A vida também é elevação

Elevação acima do desprezo
Que às vidas nos ofereces
Quem sabe não ficas preso
Na teia que ao outro teces

Procuremos a libertação
De quem ao outro entrega
Ajuda digna e merecida

Faz por ti, faz pelo irmão
Se a alma nunca se nega
Entrega-lhe também a vida.
De poetaporkedeusker a 6 de Março de 2012 às 22:45
Pois eu é de corpo e alma
Que consigo ser quem sou
E ninguém me leva a palma
Naquilo que eu mesma dou

É bem verdade que às vezes
O corpo me tolhe os versos
E deixa a alma em revezes
Em mil soluços dispersos...

Pode ser a pneumonia
Que ora me deixa sem voz,
Ora sem inspiração,

Ou pode - quem o diria? -
Uma dor que é mesmo atroz
E me deixa em aflição...


:D Estou a saltitar entre o Poetaporkedeusker e o Rádio Horizontes... misturam-se-me os versos todos... mas, pronto... assim estou a criar o hábito de conseguir dar atenção a duas coisas em simultâneo :) Depois lhe levo os sonetilhos!
De poetazarolho a 6 de Março de 2012 às 21:58
“Boas e más falas”

Boa rima e verdadeira
Penso mas não encontro
Que a verdade semeia
Mentira em contraponto

Verdades já as ouvi
A muito bom mentiroso
E mentiras muitas bebi
Vindas de amigo bondoso

Já não sei mais distinguir
As boas das más falas
Todas tentam conseguir

Um carimbo de verdade
Com a mentira m’embalas
É a história da sociedade.

Prof Eta
De poetaporkedeusker a 6 de Março de 2012 às 22:27
A mentira, em sociedade,
Tem até alto conceito
E há quem diga que a verdade
Só diz quem tiver defeito

Eu, porém, fico na minha
De dizer sempre o que sinto
Ou ficar bem caladinha
Porque mentir, nunca minto...

Hoje estou aqui e lá;
Horizonte e sonetilhos
Pr`a não falhar a ninguém...

Quem sabe amanhã não há
Ou eu me meto em sarilhos?! :))
E, assim, tudo fica bem!

Abraço grande! :D

Poete também!

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

   O lucro desta edição reverte
   totalmente a favor da Autora

.posts recentes

. A SEREIAZINHA

. CALEIDOSCÓPIO

. DEPOIS DA MARÉ-CHEIA...

. UM MOSQUITO NO COPO DO LE...

. UM MOSQUITO NO COPO DO LE...

. RUGA A RUGA

. GLOSANDO ALBERTINO GALVÃO...

.arquivos

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.ARCA DE NOÉ

A Arca de Noé Vivapets distinguiu como Animal da Semana

.HORIZONTES DA POESIA


Visit HORIZONTES DA POESIA

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds