.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Domingo, 12 de Fevereiro de 2012

O AMOR NA VERSÃO CURTO-CIRCUITO

 

 

Falaste das paixões, sem ter paixão,

Do imenso jejum de alma em que te viste,

Da abstracta situação, confusa e triste,

De enfrentares tanta vã contradição,

 

Ponderaste a remota solução,

Mas nem sequer ergueste o punho em riste

E eu já não sei sentir como sentiste,

Nem posso perdoar-te essa traição...

 

Falaste por falar, nada sentindo

E eu, calada, absorta, fui-te ouvindo

A confissão gongórica e estudada

 

Até, por fim, dizer-te que, mentindo,

Mais te não garantia seres bem-vindo

Do que se não dissesses mesmo nada…

 

 

 

 

Maria João Brito de Sousa – 10.02.2012 – 18.19h

sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 13:49
link do post | "poete" também! | favorito
|
11 comentários:
De PaperLife a 12 de Fevereiro de 2012 às 17:10
Um soneto bastante verdadeiro Maria... hoje em dia parece que a traição está na "moda", infelizmente :/

Como tens andado? :)
De poetaporkedeusker a 12 de Fevereiro de 2012 às 17:55
Olá, Paper! :)
Ao contrário do habitual, este soneto foi todo ficcionado. Poderia ter sido baseado em algum acontecimento da minha vida, mas não foi... acho que estava a reflectir sobre os conflitos que surgem nos casais - de forma generalista - e veio-me este poema, nem sei bem como :) porque eu sou muito mais virada para a observação e exploração do que para a ficção propriamente dita... penso que estou em fase de explorar situações que não vivi, mas que acontecem ao meu redor...
Vou já visitar-te!
De poetazarolho a 12 de Fevereiro de 2012 às 21:09
“Guerra económica”

Não é necessário destruir
O mundo, apenas metade
Pois é preciso reconstruir
Nova e distinta realidade

Destruição está em marcha
Económica guerra mundial
Não pára, ou vai ou racha
Que nova realidade afinal?

Retrocesso atroz é imposto
P’los famigerados mercados
E enquanto o planeta rodar

Não há inteligência ou rosto
Que encaminhe os deserdados
Só o lucro nos pode comandar.

Prof Eta
De poetaporkedeusker a 12 de Fevereiro de 2012 às 21:59
Lucro! Eis o grande causador,
O engodo, a isca, o verme!
Atrás dele vai o doutor
E o cidadão mais inerme!

Lucro! Lucro e exploração
Sempre andaram de mãos dadas
E poucos dizem que não
Às armadilhas armadas!

Nós é que temos de impor
Um retrocesso aos mercados
Até que haja dignidade

Ou eles levam a melhor
E em nós, feitos em bocados,
Já nem sobra humanidade!


Um abraço grande! A net parece estar mais sossegadinha agora...


De poetazarolho a 12 de Fevereiro de 2012 às 21:12
“Mausoléu”

Que ninguém se martirize
Sobretudo os que consomem
O homem inventou a crise
E a crise destruiu o homem

Que construam o mausoléu
Para encerrar esta herança
Dos genes que lançam o breu
Destruindo qualquer esperança

Todos mortos, todos iguais
Ou uns mais iguais que outros?
Não há vivalma p’ra responder

Meus direitos eram fundamentais
Mas nunca os direitos doutros
A todos restou o direito a morrer.
De poetaporkedeusker a 12 de Fevereiro de 2012 às 21:38
Quero acreditar que a vida
Na sua força imparável
Não irá ser destruída
Neste esquema incontrolável,

Mas talvez a guerra surja
Deste caos inconcebível
E que um amanhã nos urja
Pr`a torná-la mais possível...

Mas, muito pelo contrário,
Talvez a Terra, em revolta,
Se nos não dê, nos negue

E o bichinho mais primário
Que ande por aí à solta
Seja, só ele, que o consegue...


Olá, Poeta! Estou a escrever numa ligação que, às vezes, não me dura mais do que alguns segundos... não sei se ainda conseguirei publicar este sonetilho...
Abraço grande!

De eva a 12 de Fevereiro de 2012 às 22:52
Para deixar um grande abraço nesta sua biblioteca de cristal que tanto brilha com tanta e tão bela poesia.

Abraço GRD
De poetaporkedeusker a 12 de Fevereiro de 2012 às 23:14
:D Obrigada, Eva!
Um enorme abraço para si!
De poetazarolho a 13 de Fevereiro de 2012 às 23:14
“Nação valente”

Um dia a troika disse mata
Governo acrescentou esfola
Depois da alta negociata
Acabámos a pedir esmola

Língua de palmo p’ra pagar
O resultado da gestão danosa
Com que quiseram brindar
Nação forte, alma vigorosa

Não se vai deixar assustar
Mesmo depois de esfolada
Continuará a caminhar

Como exemplo apontada
Muitos nos virão estudar
Pela valentia demonstrada.

Prof Eta
De poetazarolho a 13 de Fevereiro de 2012 às 23:17
“Demónios de Atenas”

Em Atenas demónios à solta
Desprovidos de sentimento
Instalam na ruas tal revolta
Perturbam anjos no parlamento

Que não conseguem trabalhar
Logo chamaram a autoridade
Para os demónios gasear
E poder aprovar austeridade

Missão cumprida finalmente
Os demónios foram exorcizados
Podem os anjos dormir em paz

Doravante tudo irá ser diferente
Não mais mercados excitados
E a revolta social aqui jaz.
De poetaporkedeusker a 14 de Fevereiro de 2012 às 00:08
Dos "anjos" parlamentares
Alguns foram despedidos...
Cá fora atroam-se os ares
Num protesto indesmentido...

Mas, nessa atoarda imensa,
Ninguém evita a desgraça
Que o Parlamento condensa
E a austeridade passa...

Em Barcelona, há bocado,
Mais gente manifestava
Grande descontentamento

Eu ouvindo, deste lado,
Estava com quem lá gritava
E - garanto! - não lamento.

Olá, Poeta.
Amanhã é dia de consulta e eu ainda tenho uma publicação a fazer no Face, para além de estar cheia de sono e dores de cabeça... deixo o outro sonetilho para depois, está bem?
Abraço grande!

Poete também!

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

   O lucro desta edição reverte
   totalmente a favor da Autora

.posts recentes

. SÁBADO, DOMINGO, SEGUNDA ...

. MEMÓRIA(S) DO NÁUFRAGO-PE...

. RUAS

. A PAUTA INVISÍVEL

. GLOSANDO A POETISA MARIA...

. DIÁLOGOS ENTRE MÃE E FILH...

. SETEMBRO(S)

.arquivos

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.ARCA DE NOÉ

A Arca de Noé Vivapets distinguiu como Animal da Semana

.HORIZONTES DA POESIA


Visit HORIZONTES DA POESIA

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds