.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Quinta-feira, 30 de Junho de 2011

MARIONETA - sonetilho

Trago, nos restos de vida

Que a Morte não quis levar,

A memória interrompida

De um sonho complementar

 

Que ousou esgueirar-se à saída

Só para poder tentar

Banhar-se, de alma despida,

Na lucidez de outro mar…

 

Daqui vos ouço e vos leio

Na solidão protectora

Do que conquisto ao destino,

 

Sem timidez nem receio,

Agora, dona e senhora

Dos cordéis com que me animo…

 

 

 

 

Maria João Brito de Sousa – 29.06.2011 – 18.23h

sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 11:40
link do post | "poete" também! | favorito
|
12 comentários:
De PaperLife a 30 de Junho de 2011 às 18:34
Não deixes que a vida faça de ti uma marioneta :)
Sê tu a dona de ti própria ^^

Adorei Maria :D
De poetaporkedeusker a 1 de Julho de 2011 às 11:02
Obrigada, Paper! :)
Hoje vou para o centro de saúde... não conseguirei vir até cá, da parte da tarde...
Abraço grande!
De poetazarolho a 1 de Julho de 2011 às 00:31
“Poema de cordel”

Eu já estou além de mim
Tenho poesia a sobejar
Por favor venham buscar
Ou versos fazem um motim

Temo pela sua segurança
Que um verso descontrolado
É bem pior que um tornado
Mas depois chega a bonança

Pois um verso apaixonado
É também verso d’esperança
Nunca viram um verso furioso

Eu sei dum verso quebrado
Quebrou-se numa mudança
Tornou-se num verso jocoso.
De poetaporkedeusker a 1 de Julho de 2011 às 11:13
:)

A poesia é maior,
Muito maior do que nós...
Veste as asas do condor
Faz da nossa a sua voz!

É, por vezes, cansativo
Mas não dá pr`a desistir;
Poema é aquele ser "vivo"
Que à morte irá resistir!

Em fúria ou apaixonados
Os versos, de persistentes,
Não podem ser controlados,

Nem, jamais, aprisionados
Pois são cada vez mais crentes,
Livres e determinados!


Abraço grande! :)
De poetazarolho a 1 de Julho de 2011 às 11:45
“Submarino e meio”

Vamos pagar submarino e meio
Com o nosso subsídio de Natal
Santa Claus não nos leves a mal
Temos que pagar este devaneio

Peço-te que não fiques figadal
Com nossos pedidos deste ano
Um brinquedo chinês pr’o mano
Uma vela pr’o resto do pessoal

Nesta quadra vamos acendê-la
Pedir um desejo com retroactivos
Para que o esforço seja retribuído

E antes que se apague esta vela
Leva os gastadores compulsivos
Faz com que o pilim seja restituído.
De poetaporkedeusker a 1 de Julho de 2011 às 11:57
Agora muito a sério, Poeta amigo, tenho a impressão de que a contracção da economia vai ser de tal ordem que não há país que se aguente... e seguem os versos :)

Fiquei muito solidária
Com o corte do Natal
Mas eu sou tão proletária
Que nem ganho para tal...

Porém o dia virá
- e bem próximo, decerto -
Em que nem isto haverá
Neste povo a descoberto...

A malvada retracção
Desta nossa economia
Em vias de nem ser nossa

Ter-nos-á, todos, na mão
Sem que haja uma mais-valia
Que nos tire desta fossa... :)


Abraço grande, jovem Camões!
De linhaseletras a 1 de Julho de 2011 às 22:48
Que comentários maravilhosos, pelo menos parece que a Poesia não vai pagar imposto, por isso vamos contiuar neste "tom" e tambem estamos a poupar nas palavras, já que os sonetos parece que levam mais.
Um grande abraço
De poetaporkedeusker a 4 de Julho de 2011 às 12:29
:) Olá, minha amiga Idalina! Conforme lhe prometi, avancei bastante no trabalho, mas ainda há coisinhas por terminar. Acho que sou demasiado meticulosa com aquilo que me proponho fazer e, agora que estou tão lenta que pareço "a morte em pé", tudo me leva mais tempo do que as obras de Santa Engrácia... mas que vai adiantado, vai!
Tem razão! A poesia ainda não paga imposto nem taxas moderadoras e, eu e o nosso amigo Poeta Zarolho, vamos aproveitando :)
O meu problema, neste momento, é que a análise ffoi inconclusiva e agora vou ter de "penar" durante duas semanas até poder repeti-la e ver porque é que ando com estas cólicas todas e a perder sangue na urina. Mas há-de passar, se Deus quiser. Só terei de ter paciência e aguentar mais um tempo este desconforto adicional.
Um enorme abraço para si!
De artesaoocioso a 2 de Julho de 2011 às 00:04
Cara amiga,
Fico triste.
Grande abraço
De poetaporkedeusker a 4 de Julho de 2011 às 12:31
Obrigada pela sua solidariedade, meu amigo Artesão.
Como sempre acontece às segundas feiras, estou atrasadíssima mas farei o possível por visitá-lo ainda hoje.
Abraço grande!
De poetazarolho a 2 de Julho de 2011 às 23:41
“Europa fora daqui”

Que a Europa saia da Grécia
Berço da nossa civilização
Depois de tanta peripécia
Que saiam sem levar tostão

Se são os pais da democracia
Não merecem lenta combustão
Alimentada por esta economia
Que lhes provoca indigestão

Se das olimpíadas são os pais
Por certo eles se reinventarão
Antes que a Europa se esvaia

E os gregos não possam mais
Não precisam é de especulação
Só precisam que a Europa saia.
De poetaporkedeusker a 4 de Julho de 2011 às 12:42
:) Olá, Poeta!

Com a Grécia sufocada
Com a corda na garganta
Veremos, não tarda nada,
Que a "ajuda" nunca foi tanta...

E a Alemanha nem vê
Que também há-de provar
Dessa miséria que até
Ao seu povo há-de chegar...

Não vão ser fáceis, decerto,
Os tempos que se aproximam
Desta Europa consumida

Por tão grande desconcerto...
Mas, se os nossos versos rimam,
Façamos versos à Vida! :)

Abraço grande!

Poete também!

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

   O lucro desta edição reverte
   totalmente a favor da Autora

.posts recentes

. CONVERSANDO COM ALDA PERE...

. DEUSES SOMOS NÓS!

. NATAIS DOS TEMPOS IDOS...

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. GLOSANDO MARIA DA ENCARNA...

. CONVERSANDO COM O POETA A...

. CHUVA

.arquivos

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.ARCA DE NOÉ

A Arca de Noé Vivapets distinguiu como Animal da Semana

.HORIZONTES DA POESIA


Visit HORIZONTES DA POESIA

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds