.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Segunda-feira, 23 de Maio de 2011

ALÉM DO MAR - La mer et les autres...

Pr´além do mar havia um outro mar

E, pr`além desse mar, outro também

E outro e outro… era um nunca acabar

Dos mares que dele nasciam, mais além…

 

Havia um mar ainda por explorar

Quando por um dos mares passava alguém

E cada mar tentava, em vão, chamar

Todo o que, olhando o mar, não visse bem

 

Tanto mar! E ninguém acreditava

Pois todo aquele que o via procurava

Olhar só para o mar perto de si

 

E, apesar do mar que vislumbrava,

Não diria, jamais, que acreditava

Nos mares pr`além do mar que havia ali...

 

 

 

Maria João Brito de Sousa – 21.05.2011 – 15.00h

 

 

 

IMAGEM RETIRADA DA INTERNET

 

 

 

 

http://www.raizonline.com/radio/     Não perca a boa poesia online! {#emotions_dlg.fallingstar}

sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 12:18
link do post | "poete" também! | favorito
|
12 comentários:
De retalhos_de_vida a 23 de Maio de 2011 às 14:39
O MAR NOS LEVA A PARTIR
OUTROS CAMINHOS SEGUIR
E A ILUSÃO NOS AMARRA
LEVAMOS POR COMPANHEIRA
A SAUDADE SEMPRE Á BEIRA
E O SOLUÇAR DE A GUITARRA
De poetaporkedeusker a 23 de Maio de 2011 às 14:45
:) ! Boa!

E O SOLUÇAR DA GUITARRA
A TANGER EM CADA AMARRA
DESTE CAIS DE ONDE PARTIMOS
DEPOIS DA NOSSA JORNADA,
QUANDO NÃO FORMOS MAIS NADA
SENÃO O QUE EM NÓS SENTIRMOS :)

Obrigada!
De ligeirinha a 23 de Maio de 2011 às 19:42
Olá poetazinha grande!!!!! então? Novidades? Já recebeste o prémio?
Beijinhos.
De poetaporkedeusker a 24 de Maio de 2011 às 12:01
Ainda não, minha Ligeirinha, mas o soneto apaixonado já está no espaço de informações do PER.
E tu? Como está a tua saúde? Vou já até lá...
Abraço GRANDE!
De ana almerum a 23 de Maio de 2011 às 21:51
...the meaning of success as suas palavras Maria João...Adorei esse mar...bjinhos
De poetaporkedeusker a 24 de Maio de 2011 às 12:04
Obrigada, Ana! :) O mar é sempre lindo... mesmo quando é um bocadinho assustador, no Inverno e nas marés vivas. Tenho a impressão de que lhe devo alguns dos meus melhores sonetos... mas o mérito é todo dele! :)
Abraço grande!
De poetaporkedeusker a 24 de Maio de 2011 às 12:27
Ana, estive no seu Alpha, li a história da Joana e adorei, sobretudo aquela imagem das "prisões" em que "os outros" passaram a viver! Tentei deixar comment - com o perfil do Google e tudo! - mas, à quinta tentativa de publicação, tive de desistir... :(
Beijinho!
De Peter a 23 de Maio de 2011 às 22:11
No comments

tanto amar e tanto abraço
sonhado em sonhos de nós
onde o mar é um pedaço
de nosso antes e após

movimento sem descanso
descanço sem descançar
em marinheiro balanço
sem ter próprio navegar

e o mar, coisa de família
que a areia nos molda em ser
é como a sombra da tília
que á porta me viu nascer.



De linhaseletras a 24 de Maio de 2011 às 00:01
Ó Mar que grande que és,
E dás tanta inspiração,
Nas ondas e nas marés,
Tu levas meu coração.

Levas tambem a Poeta,
Não a deixes naufragar,
Dexa-a atingir a meta,
Que se propôs alcansar.

Um grande abraço e um bom inicio de semana.
De Peter a 24 de Maio de 2011 às 12:32
igualmente com muita inspiração.
bacio
De poetaporkedeusker a 24 de Maio de 2011 às 12:45
:) Obrigada, minha querida amiga!

Minha amiga alentejana
Dos mil versos encantados,
Que nunca lhe falte a chama
Que lhos traz iluminados!

Que lhe não falte a saúde
E que lhe sobre a alegria!
Se a vida, às vezes, ilude,
Não ilude a Poesia!

Um enorme abraço! Não continuo porque tenho mesmo de ir almoçar :))
De poetaporkedeusker a 24 de Maio de 2011 às 12:39
Lindo, lindo, Peter! Muito obrigada! :)

Não houve tília nenhuma
Que, a mim, me desse alegria
Quando me desfiz da espuma
Do nascer de cada dia,

Mas havia um abrunheiro
De ramos muito frondosos,
A velar-me, sobranceiro,
Os meus sonhos mais ditosos...

Num jardim, tão pequenino,
Que parecia ter nascido
Para alegrar os meus dias

Desenhou-se o meu destino;
Nasceu-me, de amores rendido,
Um pomar de fantasias...

Bacini! :)

Poete também!

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

   O lucro desta edição reverte
   totalmente a favor da Autora

.posts recentes

. SÁBADO, DOMINGO, SEGUNDA ...

. MEMÓRIA(S) DO NÁUFRAGO-PE...

. RUAS

. A PAUTA INVISÍVEL

. GLOSANDO A POETISA MARIA...

. DIÁLOGOS ENTRE MÃE E FILH...

. SETEMBRO(S)

.arquivos

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.ARCA DE NOÉ

A Arca de Noé Vivapets distinguiu como Animal da Semana

.HORIZONTES DA POESIA


Visit HORIZONTES DA POESIA

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds