.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Quinta-feira, 10 de Março de 2011

NUM SÓ POEMA

 

 

Num só poema escrito com paixão,

Num só verso que nasça cá de dentro,

Numa frase qualquer que uma emoção

Tornou grafismo e foi gritada ao vento,

 

No estranho dedilhar desta tensão

Na grafia em que sou o que me invento,

Nesta sempre imparável compulsão

Em que me não sei dar, mas sempre tento,

 

Nestes instantes ferozes e selvagens

Da magia insondável das imagens

No aço laminado de um segundo

 

Em que me encontro além do infinito

E me esvazio inteira num só grito…

Eu sou pr`além de mim; sou todo o Mundo!


 


 

Maria João Brito de Sousa – 05.03.2011 – 17.30h

 

 

 


http://www.raizonline.com/radio/  É já amanhã, entre as 21 eas 23.00h, A LETRA E A MÚSICA  com LILIANA JOSUÉ.

Carregue no link acima e tenha uma boa noite de Poesia!

sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 11:55
link do post | "poete" também! | favorito
|
8 comentários:
De Raquel a 10 de Março de 2011 às 12:31
E entre o que somos e o que inventamos
existem letras e frases
que dentro de nós albergamos
Sentimento escritos, passados
como se fossem albuns desfolhados

Somos nós
em grafia compostas
somos parte, somos resto
somos vidas expostas

:)

Isto foi apenas uma brincadeira... falta o jeito!
Bonito o poema... mesmo muito bonito. Parabéns!
De poetaporkedeusker a 10 de Março de 2011 às 12:40
Não falta jeito, não, Raquel! Não é só o soneto clássico que eu considero como poesia! Este é um blog para ele, s. clássico, mas tenho outros e gosto muito de outros tipos de poesia! Obrigada!
Abraço!
De Raquel a 10 de Março de 2011 às 13:35
A mim todos me parecem iguais, não distingo as diferenças na poesia... eu apenas tentei rimar e saiu aquilo.
Já o sentimento que alguns poemas albergam, isso sim...

Por vezes tenho de os ler, linha a linha para os entender, mas quando se percebe a lógica é dificil não se apaixonar pelo que dizem.

Abraço!
De poetaporkedeusker a 10 de Março de 2011 às 16:45
Entendo perfeitamente e subscrevo, Raquel... no entanto considero que há formas poéticas que, por algum motivo, se ajustam mais a este ou àquele escritor. Eu sempre escrevi poesia e nem sempre utilizei a rima. Pode confirmar o que lhe digo através do meu blog http://liberdadespoeticas.blogs.sapo.pt/
O que acontece é que de súbito, em 2007, senti uma enorme compulsão de escrever soneto clássico e, a partir daí, penso que a "fórmula mágica" passou a fazer parte do meu ADN :)) Escrevo sempre, mesmo quando decido parar para optimizar o muito que já está feito... e bem precisa! :)
Um abraço!
De Raquel a 10 de Março de 2011 às 16:47
:)

E não pare!
De poetaporkedeusker a 10 de Março de 2011 às 16:49
:)) Parece que não dá para parar... :)) Acho que estes sonetos não têm "travão"...
De Isabel Maia Jácome a 11 de Março de 2011 às 08:46
Num só poema... tanto!
E é para isso, como já lh disse e sei que sente que existem os poetas, e as palavras e essa compulsão de que precisamos para cantar todos os gritos que damos e não silenciarmos o mundo!
...só não concordo que não se saiba dar... Maria João... porque a acredito aqui INTEIRA e no gesto mais puro memso que como o Pessoa possa dizer-nos também que o poeta mente... mas diz o que muita gente sente e não sabe ou não consegue dizer!
Gostei, uma vez mais.
Preciso das suas palavras no desafio que hoje lancei no meu próprio post... é que agora sou eu que tenho vontade de deixar de calar alguma da minha "raiva" que também tenho.
Um beijo muito amigo, e desculpe este pedido que habitualmente não faço.
Sempre,
Isabel
Isabel
De poetaporkedeusker a 11 de Março de 2011 às 10:48
Vou já, já ao seu blog, Isabel!
Obrigada pelas suas palavras! :)
Beijinho!

Poete também!

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

   O lucro desta edição reverte
   totalmente a favor da Autora

.posts recentes

. AINDA GLOSANDO FLORBELA E...

. EXPLICAR-VOS TUDO, NÃO SA...

. GLOSANDO MARIA DA ENCARNA...

. GLOSANDO JOÃO MOUTINHO

. GLOSANDO A POETISA MARIA...

. INFILTRAÇÔES

. O POEMA E EU

.arquivos

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.ARCA DE NOÉ

A Arca de Noé Vivapets distinguiu como Animal da Semana

.HORIZONTES DA POESIA


Visit HORIZONTES DA POESIA

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds