.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Quarta-feira, 2 de Março de 2011

A TODOS OS PRÍNCIPES DO NADA

São Príncipes do Nada, nada têm

Senão essa vontade de viver

Que os move em direcção ao que não vêem

E os faz não desistir até morrer

 

São apenas crianças, mas contêm

A fórmula secreta do que é “ser”

E, mesmo quando morrem, sobrevêm

Porque não cala a morte o seu viver

 

Anónimos, ou não, têm um nome,

Brincam, jogam, alguns sabem cantar

E muitos, sem remédio, passam fome…

 

São tímidos, alguns, outros, risonhos,

Procuram quem não podem encontrar

Aonde  sonham seus pequenos sonhos!

 


 

 

Maria João Brito de Sousa – 01.03.2011 – 22.13h

 

 

 

 

Imagem retirada da internet

sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 12:35
link do post | "poete" também! | favorito
|
7 comentários:
De M.Luísa Adães a 2 de Março de 2011 às 16:20
Mª. João

Vê por favor se os Prémios têm o perfil
privado (só faltava isso).

Aguardo a resposta!

M. Luísa
De poetaporkedeusker a 2 de Março de 2011 às 16:29
Vou já ver! Esta conversa toda que temos tido já deve ter dado um recorde de comentários... :))
De poetaporkedeusker a 2 de Março de 2011 às 16:32
Está privado, sim, Maria Luísa! Nem consigo entrar nele... mas estás doente e não deves preocupar-te demasiado com o blog! Repousa agora e, dependendo do quadro clínico, reformulas o blog amanhã ou depois...
Abraço grande e as tuas melhoras!
De artesaoocioso a 2 de Março de 2011 às 22:09
Os Príncipes do nada são aos milhões.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Os Príncipes do nada são aos milhões. <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Morrerm</A> antes de viver. <BR>Um abraço
De poetaporkedeusker a 3 de Março de 2011 às 10:50
Bom dia, meu amigo Artesão. Sim, são aos milhões e morrem antes de se poder afirmar que tenham podido começar a viver. Custa-me a acreditar que o mundo ainda esteja dividido desta forma, entre os que morrem de fome e os que se afogam em luxos... custa-me, mas sempre soube que era assim. O que me parece impossível é que continue a ser assim por muito mais tempo.
Um abraço grande!
De artesaoocioso a 3 de Março de 2011 às 19:13
Já passei para o meu blogue.
Era inevitável, uma obrigação .
Abraço
De poetaporkedeusker a 4 de Março de 2011 às 11:50
Muito obrigada, amigo Artesão!
Abraço grande!

Poete também!

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

   O lucro desta edição reverte
   totalmente a favor da Autora

.posts recentes

. SÁBADO, DOMINGO, SEGUNDA ...

. MEMÓRIA(S) DO NÁUFRAGO-PE...

. RUAS

. A PAUTA INVISÍVEL

. GLOSANDO A POETISA MARIA...

. DIÁLOGOS ENTRE MÃE E FILH...

. SETEMBRO(S)

.arquivos

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.ARCA DE NOÉ

A Arca de Noé Vivapets distinguiu como Animal da Semana

.HORIZONTES DA POESIA


Visit HORIZONTES DA POESIA

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds