.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Sexta-feira, 7 de Janeiro de 2011

A FORTALEZA

 

Cobriram-me de pétalas de rosa

E deram-me o plural das transparências;

Inexpugnável fui, nas aparências,

Qual “persona non grata”, mas famosa,


Apenas por escrever poema e prosa

E por não ter temido as divergências…

Mas calam-se-me as mãos e, toda ausências,

Já seiva alguma faz de mim viçosa…


Do que de mim guardei, pouco mais dou;

Devolvo-vos a rosa, enquanto vou

Subindo a fortaleza inacabada


Que também passará, como passou

A força que a subida me roubou

Mas que aqui permanece bem guardada…

 

 

 


Maria João Brito de Sousa – 05.01.2010 – 18.45h

sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 11:57
link do post | "poete" também! | favorito
|
8 comentários:
De Isabel Maia Jácome a 7 de Janeiro de 2011 às 14:10
acho que cada vez tenho menos palavras logo após a leitura dos seus poemas. Guardo silêncio... e oiço o eco, ainda nítido do que ficou.
Não publica "em papel", poeta?
beijinho... e tenho gostado de a ler no blog da Rita Ferro, ali, acesa e viva, com uma força que transparece, de quem encontra essa fortaleza em si mesma. Vai estar melhor, poeta. Vai conseguir dar a volta as estas questões físicas que a atormentam!
Felizmente pode sentir quantos gostam de si!
Abraço amigo
Isabel
De poetaporkedeusker a 7 de Janeiro de 2011 às 14:37
:) Obrigada, Isabel! Já saiu um livrinho meu, o Poeta Porque Deus Quer, da Autores-Editora, mas penso que já não há mais nenhum exemplar. Claro que eu sei que publicar em papel é outra coisa... um livro é sempre um livro... mas sabe que é capaz de ser muito "pesado" ler sonetos "de empreitada"? Alguns destes sonetos oferecem múltiplos caminhos e pedem muita reflexão... outros não valem grande coisa, foram feitos só para não deixar dias "em branco". Uma coisa, porém, é certa; não tenho dinheiro nenhum e, se o tivesse, correria a encher a despensa de Friskies, latinhas e areia para os litters :))
Os meus gatos - dois são herança da minha mãe - estão muito velhotes mas eu cheguei a temer poder ter de partir e deixá-los por cá... mas foi quando tive aquele pico de hipertensão... agora já tenho os valores normalíssimos, embora continue muito lenta... a primeira segunda feira, depois do RSI, vai ser para ir ao hospital mesmo sem consulta marcada. A cólica renal também já passou. Devo ter expulsado umas pedrinhas das muitas que por cá andam :)) a coluna é que continua rezingona... desde os 30 anos que ela me faz das suas, sobretudo por causa de uma escoliose muito acentuada - acentuadíssima! - na zona lombar... mas já estive muito pior do que estou!
Abraço grande! :)
De eva a 9 de Janeiro de 2011 às 23:39
Querida poeta, perco-me nas suas liberdades poéticas. E perdi-me tanto que não dei pelo tempo a passar. Mas é tão bom quando isso acontece. E com a maria João temos esta certeza: acontece sempre!
Bem haja
Eva
De poetaporkedeusker a 10 de Janeiro de 2011 às 10:52
Bem haja, Eva, por ler o meu trabalho! :) Sabe que eu mesma acho curioso que, sendo esse o tipo de poesia que escrevi sempre, os sonetos venham, agora, com uma premência e um ritmo muito mais constantes? No entanto, este fim de semana foi para esquecer... nasceu-me um único soneto e não fluiu como os outros... levei muito tempo a construí-lo e garanto que não está nada de especial. Enfim, terei de me habituar a esta inconstância e acreditar que se é impossível esgotarmos o tema, não é impossível que o tema nos esgote a nós... :) e eu ando mesmo muito cansada. Já abdiquei da tag "um soneto por dia", pelo sim, pelo não...
Pelas minhas contas, já devo ter mil sonetos publicados. Daqui para a frente, ou eles me nascem com a espontaneidade e a força dos bons momentos, ou opto por não publicar diariamente.
Um enorme abraço e muito obrigada pelas suas visitas!
De eva a 10 de Janeiro de 2011 às 12:09
Gosto muito dos seus sonetos, Maria João. São belíssimos e com uma notável consistência formal e ideológica, o que antigamente se chamava de forma e fundo (hoje deve ter uma qualquer designação inovadora)! Mas confesso que sinto uma comunhão especial com os seus outros poemas de rima livre.
Aliás, aproveitando - e abusando - da sua expressa disponibilidade quero ver se começo a transcrevê-los regularmente no Caminhos.
Quanto às visitas, eu é que sou permanentemente agradecida pelo seu esforço em nos alegrar os dias com a sua poesia.
Abraço GRD
De poetaporkedeusker a 10 de Janeiro de 2011 às 14:17
Obrigada, mas penso que não mereço... é que eu posso alegrar os dias de alguns de vós e acredito que alegre os seus, em particular, mas também alegro os meus! :))
Isto é o que eu chamo de "juntar o útil ao agradável" :)) Sinceramente nem me estou a ver a sobreviver se não for através da expressão poética, sobretudo nestas fases em que ando mais "empenada" e com uma lentidão que faz qualquer caracol parecer o Speedy Gonzales...
Muitíssimo obrigada por querer transcrevê-los para o "Caminhos". Eu não tenho visitado quase ninguém e metade do meu tempo online é passado a excluir mails que nem tive tempo de abrir, dado os muitos sites em que, agora, ando a publicar... mas visito sempre o máximo que consigo...
Abraço GRANDE!
De eva a 12 de Janeiro de 2011 às 22:12
Não é muito elegante ou, melhor dizendo, políticamente correcto, afirmar que é bom sinal não se conseguir visitar todos os blogs de que gostamos, mas eu acho que isso é bom sinal. significa não só que há muitos blogs interessantes como estamos suficientemente ocupados para não conseguir visitar todos. Por isso fico contente que não seja mais assídua nos Escritos ou no Caminhos ou noutros de que goste. Desde que não seja por motivos "técnicos" ou de saúde, acho que é bom, sinal de que está atarefada com outras coisas e não por ter o tempo desocupado.
Abraço GRD
De poetaporkedeusker a 13 de Janeiro de 2011 às 12:15
:) Eu, às vezes, penso que é mesmo por estar velhota e "empenada" :)) e é bem possível que seja isso! Os jovens movem-se na net com uma tremenda rapidez, assimilam instantaneamente e produzem muito mais... tenho de me conformar com este "ritmozinho" de caracol... :))
Obrigada e um enorme abraço!

Poete também!

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

   O lucro desta edição reverte
   totalmente a favor da Autora

.posts recentes

. CONVERSANDO COM JOSÉ SARA...

. A ARCA DE FERRO

. PORQUE O CÉU NÃO TEM LIMI...

. NEM VIVA, NEM MORTA...

. "UPSIDE DOWN"

. SONETO BÁRBARO

. MEMÓRIAS DE INFÂNCIA

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.ARCA DE NOÉ

A Arca de Noé Vivapets distinguiu como Animal da Semana

.HORIZONTES DA POESIA


Visit HORIZONTES DA POESIA

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds