.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Quarta-feira, 22 de Dezembro de 2010

PARA ALÉM DA DOR - Humana Condição II

 

Não escreverei até que as mãos me doam

Pois muito além da dor, ainda escrevo

E, às vezes, digo tudo o que não devo,

Que nem Deus, nem os homens me perdoam…

 

 

Mas, se pressinto as rimas que ressoam

E se acaso as alcanço, onde me atrevo,

Prendo-as nas duas mãos que logo elevo

Em estandartes, como aves quando voam!

 

 

São asas transcendentes, vigorosas,

Vermelhas como as pétalas viçosas

Que preferem morrer a ser vencidas

 

 

Em estrofes que persistem, que teimosas,

Brandem espinhos agudos como as rosas

Que só perfurarão quando colhidas.

 

 

 

 

 

 

Maria João Brito de Sousa – 22.12.2010 – 00.13h

 

 

 

 

http://www.dominiopublico.gov.br/  - Um site que recomendo e que corre o risco de terminar por ter muito poucos visitantes

sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 11:56
link do post | "poete" também! | favorito
|
18 comentários:
De FatimaSoares a 22 de Dezembro de 2010 às 18:43
Minha querida Maria João hoje passo para te desejar um Feliz Natal com mta saúde amor e tudo de bom junto de todos que amas e muito obrigada por seres minha amiga. bjs grandes e doces. Boas festas
De Zilda Cardoso a 22 de Dezembro de 2010 às 19:07
É tão bonito o poema, tão sentido. O que diz que não deve? Nunca li nada seu que magoasse.
Vou ler com mais atenção.
Agora desejo-lhe um excelente Natal Tradicional como com certeza aprecia.
De Zilda Cardoso a 22 de Dezembro de 2010 às 19:08
As maldades estão no desenho!
De poetaporkedeusker a 23 de Dezembro de 2010 às 11:57
:)) Não são maldades-maldades... a maioria é que não as entende muito bem. Eu acho que até são "bondades", mas reconheço que não é fácil aderir aos meus pontos de vista... mas são coisas dessas, são! :))
De poetaporkedeusker a 23 de Dezembro de 2010 às 11:54
Olá, Zilda! Sim eu gosto muito dos Natais tradicionais, mas este vai ser um bocadinho.. excêntrico :) se não for parar ao hospital com esta crise - era e é hipertensão, ligada ao meu síndroma, eu é que não sabia porque não tinha pilhas no esfigmomanómetro... - vou passá-lo a tomar conta do Beethoven que também está muito doente. É um Natal, no mínimo, diferente do da maioria :))
Que tenha um FELIZ NATAL! Enorme abraço!
De poetaporkedeusker a 23 de Dezembro de 2010 às 11:50
Olá Fátima! FELIZ NATAL! Tu foste um daqueles muitas amigos e amigas que ontem não cheguei a ter tempo de visitar... e hoje também não vou ter porque isto vai fechar mais cedo e só consigo responder aos comments... mas, mais uma vez, BOAS FESTAS E FELIZ NATAL! :)
Abraço mt GDE!
De M.Luísa Adães a 23 de Dezembro de 2010 às 12:30
Maria João

Te encontrei e gostei!
Este pc está agonizante!
Pode parar quando menos espero!

Mas amiga, sabe, há milhões de Natais pelo
mundo e ainda, neste em que estou que se mata, odeia e nada tem com o amor que
Jesus trouxe ao nascer para morrer e deixar
na Terra Esse Amor.

O Natal não tem nem terá o significado real.
E as concertinas tocam, toadas tristes,
as guitarras gemem escondidas
em recantos nunca vistos.

E o Natal é este que escrevo
E nào aquele que ilumina de fantasias,
As ruas do mundo!

De algumas partes do Mundo...
Não do Planeta Terra!

Que Deus te ajude em mais um Natal sofrido
diferente do comum que também não é Natal

Beijos e melhoras,

M. Luísa
De poetaporkedeusker a 23 de Dezembro de 2010 às 15:08
Amiga, acredita que este pc também está agonizante... terei de ir para casa muito em breve, mas ainda vim responder ao teu comment... o mundo é uma maravilha, mas tem as suas tremendas asperezas e injustiças. Se o Beethoven melhorar e tudo estiver a melhorar , também, na vida de algumas pessoas muito próximas e que eu nunca esqueço, e se eu me aguentar sem ir parar ao hospital, considerarei que estou a ter um Feliz Natal! Acredita que o sentirei dentro de mim, se tudo isto vier a ser realidade.
Enorme abraço e que o teu NATAL se possa encher de LUZ e PAZ!
De Vítor a 23 de Dezembro de 2010 às 22:58
Hoje,particularmente venho reforçar o desejo que passe um feliz natal,com quem mais amar.Que o seu Deus lhe continue a dar a inspiração para nos continuar a deliciar com as suas prosas,e versos.
Foi um prazer lê-la em todo ano que se apresta para findar.
Muita saúde.

Boas Festas

Bj*
De poetaporkedeusker a 27 de Dezembro de 2010 às 12:03
Obrigada, Vitor! Espero que também tenha tido um Feliz Natal! Se não passei o meu com todos os que mais amo, pelo menos passei-o com os que mais me amam a mim, sem dúvida alguma :)
O Beethoven ainda por cá anda - embora não tenha podido terminar o tratamento, mas essa é uma longa história... - e eu ainda nem fui ao hospital. Pode dizer-se que foi um Natal sereno :)
Abraço grande e muito obrigada!
De umbreveolhar a 24 de Dezembro de 2010 às 15:30
Olá Maria João

Desejo que tenhas um Natal Feliz assim como para a Família.

Retomei o ritmo dos Blogs e por isso voltarei brevemente com a Amizade de sempre!



Que o Novo Ano te traga a realização de todos os teus desejos.



Saudações Natalícias,
Carlos Alberto Borges

De poetaporkedeusker a 27 de Dezembro de 2010 às 12:05
Olá, Carlos! Espero que o teu Natal também tenha sido feliz. Desculpa-me... penso que foste um daqueles que eu já não consegui visitar por falta de tempo...
Abraço grande!
De Maria José Rijo a 24 de Dezembro de 2010 às 16:40
Silencio não é esquecimento.
Aqui está de todo o coração um abraço de Boas Festas

Maria José Rijo
De poetaporkedeusker a 27 de Dezembro de 2010 às 12:10
Minha querida senhora... um enorme abraço para si! Peço-lhe mil desculpas pois creio que não cheguei a ter tempo para visitar o seu blog e deixar-lhe os meus votos de Feliz Natal. A verdade é que, como muito bem diz, silêncio não é esquecimento e eu recordei-a no Natal. Recordei-a e fiz esta mesma auto-recriminação. Ando baralhadíssima com as páginas em que publico e com o físico que não está a ajudar nada...
Um enorme abraço e que 2011 lhe traga a continuação da criatividade com que tem brindado a blogosfera ao longo dos anos!
De Peter a 24 de Dezembro de 2010 às 19:53
Bom Natal, buone feste.
bacio.
De poetaporkedeusker a 27 de Dezembro de 2010 às 12:12
Buone Feste, Peter!
Já não me recordo se foi um dos contemplados com a minha apressadíssima visita de Natal... se não foi, desculpe-me :)
Bacini!
De eva a 26 de Dezembro de 2010 às 21:00
Um Santo Natal e que 2011 lhe traga muitas alegrias, muita felicidade e saúde.
Que possamos continuar a trocar as nossas mensagens por longo tempo.
Abraço GRD
De poetaporkedeusker a 27 de Dezembro de 2010 às 12:14
Abraço GRANDE, Eva! Que 20011 seja rico em criatividade e saúde! Que o seu voto seja uma realidade no ano que se aproxima!

Poete também!

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

   O lucro desta edição reverte
   totalmente a favor da Autora

.posts recentes

. CONVERSANDO COM JOSÉ SARA...

. A ARCA DE FERRO

. PORQUE O CÉU NÃO TEM LIMI...

. NEM VIVA, NEM MORTA...

. "UPSIDE DOWN"

. SONETO BÁRBARO

. MEMÓRIAS DE INFÂNCIA

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.ARCA DE NOÉ

A Arca de Noé Vivapets distinguiu como Animal da Semana

.HORIZONTES DA POESIA


Visit HORIZONTES DA POESIA

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds