.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Terça-feira, 24 de Agosto de 2010

POR TI


 

 

Por ti não choro, não! Por ti sereno,

Redesenho horizontes rasos de água,

Reinvento o adeus e quando aceno

É só para afastar-me de outra mágoa.


Por ti, mil novas formas de estar viva;

Sorrindo, em brincadeiras infantis,

E agradecendo a Deus pois me não priva

De, sendo como sou, ser tão feliz…


Por ti – nem sei explicar tanta ternura… -

Daria quanto dou e, mais ainda,

Iria aonde nada nem ninguém


Pudesse imaginar vida segura…

[mas posso assegurar que nunca finda,

este tão estranho amor que nos mantém…]

 


Maria João Brito de Sousa – 24.08.2010 – 09.56h

sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 13:20
link do post | "poete" também! | favorito
|
14 comentários:
De Sónia Maria Da Fonseca Pereira a 24 de Agosto de 2010 às 15:31
ADOREI.BEIJINHO
De Vítor a 24 de Agosto de 2010 às 19:06
Clonada da minha "Nina"...só que a cá de casa é a preto e branco...e mereçem todo o carinho!

Bj*
De poetaporkedeusker a 25 de Agosto de 2010 às 10:16
Merecem pois, Vitor! E quando sabemos "escutá-los" devolvem-nos todo esse carinho multiplicado por mil... ou muito, muito mais.
Eu já conheço a Nina! Também é linda!
Abraço!
De poetaporkedeusker a 25 de Agosto de 2010 às 10:03
Olá Noite! Desculpe a abreviatura, mas o nick, embora muito sugestivo, é loooongo :)
Já adicionei o Poesiaaqui e, sempre que puder, darei um pulinho até lá.
Muito obrigada e um abraço!
De linhaseletras a 24 de Agosto de 2010 às 22:54
Linda foto e lindo soneto, nele consegue transmitir o carinho e amor que sente por esses animais, incluindo esse gato lindo, o Sigmund " o que estava dentro da cestinha sossegado. um grande abraço
De poetaporkedeusker a 25 de Agosto de 2010 às 10:12
Sim, amiga. Era e continua a ser o mais sossegadinho e isolado dos outros e, estranhamente, o mais meigo para mim. Fico contente por se recordar :) Este é o único que é mesmo meu... os outros eram da minha mãe e da minha irmã e só estão lá em casa desde 1998. O Sigmund foi para lá muito, muito pequenino e sempre teve uma relação emocional excepcional comigo. Há muitos anos atrás, quando eu passava por momentos muito difíceis e ainda não tinha aprendido a gerir as adversidades, ele lambia-me as lágrimas. E quando estive na TV, não menti quando disse que ele, em tempos, foi o meu único confidente. Mesmo que eu conseguisse fazer-lhe o melhor soneto jamais feito em língua portuguesa, não seria o bastante para lhe agradecer, acredite.
Um grande abraço!
De TiBéu ( Isa) a 25 de Agosto de 2010 às 00:26
Gostei muito. Um gr beijo
De poetaporkedeusker a 25 de Agosto de 2010 às 10:13
Obrigada, Tibéu.
Um beijo também.
De Simbologia do aMoR a 25 de Agosto de 2010 às 00:47
Oi Maria

Está tudo bem com seu gato?
O soneto está lindo, mas pareceu-me que há choro no ar.
Se não é.. melhor assim.

abraço.
De poetaporkedeusker a 25 de Agosto de 2010 às 10:23
Pareceu-te bem, Vera... não é bem choro e não tem a ver directamente com a saúde dele, mas eu não estou fisicamente muito bem e surgiram outras complicações na minha vida... de forma quase inconsciente, poetei para o meu melhor amigo, o ser vivo que melhor me conhece emocionalmente. O Sigmund já bebeu muitas lágrimas minhas, há uns bons anos. Sintoniza comigo na perfeição. Eu sei exactamente o que ele está a sentir e ele também sabe muito bem como eu me sinto. Sempre.
Desculpa nem te ter visitado ontem, mas a minha vida complicou-se mesmo muito e surgiram coisas que me sinto impotente para resolver.
Abraço grande!
De Simbologia do aMoR a 25 de Agosto de 2010 às 18:46
Peça a Deus pra iluminar você.
Ele sempre lembra de seus filhos.
Ore, peça e aguarde. O Universo sempre traz a resposta.

Abraço grande
De poetaporkedeusker a 26 de Agosto de 2010 às 11:02
Estou sempre nessa sintonia, amiga. Não exactamente como a maioria o faz, mas estou sempre nessa sintonia. De vez em quando surge um pequenino desequilíbrio, mas é só de vez em quando.
Abraço grande.
De a 25 de Agosto de 2010 às 13:49
Por momentos pensei que algo de pior teria acontecido. Depois, ao ler as suas respostas vi que felizmente não era assim. Eles entendem-nos melhor que os nossos semelhantes, sem dúvida. Merecem todo o nosso carinho e respeito também.
Adorei essa singela homenagem ao seu amigo.
Espero que esteja a recuperar.
Beijinhos minha amiga.
De poetaporkedeusker a 25 de Agosto de 2010 às 15:19
Graças a Deus, não houve nada com ele, excepto o facto de estar muito "entradote"... já é velhinho... digamos que isto foi um "soneto de amor" :)) Mas é mesmo verdade! Eu gosto tanto da minha" bicheza" que acho que estes poemas de amor ainda são poucos para eles...
Abraço grande!

Poete também!

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

   O lucro desta edição reverte
   totalmente a favor da Autora

.posts recentes

. SÁBADO, DOMINGO, SEGUNDA ...

. MEMÓRIA(S) DO NÁUFRAGO-PE...

. RUAS

. A PAUTA INVISÍVEL

. GLOSANDO A POETISA MARIA...

. DIÁLOGOS ENTRE MÃE E FILH...

. SETEMBRO(S)

.arquivos

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.ARCA DE NOÉ

A Arca de Noé Vivapets distinguiu como Animal da Semana

.HORIZONTES DA POESIA


Visit HORIZONTES DA POESIA

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds