.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Sexta-feira, 6 de Agosto de 2010

À BLUSA QUE ME OFERECERAM E QUE EU VESTI SEM SABER QUE ERA TRANSPARENTE

 

Não fora eu distraída como sou

E não teria rido como ri,

Por isso, antes nem ver como ficou

A blusa transparente que vesti…


Pode ser criancice, mas estou

Ridícula… e não me arrependi

E se houve alguém que viu e não gostou,

Paciência! Só depois é que eu me vi…


Com tanto acto-falhado e tanta asneira

A vida até parece brincadeira

E muito raras vezes me arrependo,


Pois, sabendo aceitar a maluqueira,

Podemos rir-nos sempre, a vida inteira

[assim, amigos meus, se vai vivendo…]

 

 


Maria João Brito de Sousa

sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 10:47
link do post | "poete" também! | favorito
|
14 comentários:
De a 6 de Agosto de 2010 às 11:06
Maravilhoso minha amiga.
Assim mesmo é que é.
Beijinhos
De poetaporkedeusker a 6 de Agosto de 2010 às 11:40
:)) Olá, Fá! Este nasceu-me logo a seguir a ter descoberto que estava com uma blusa transparente, mas só o publiquei hoje :)) Já foi há uns três dias e como eu não tenho espelhos grandes em casa, nem reparei. Eu sou mesmo muito, muito distraída. Não o digo por dizer... mas aqui e no Centro Paroquial há espelhos e eu só dei por isso quando estava a lavar as mãos e vi a triste figura... mas ri-me a bom rir! De tudo... da minha proverbial distracção, da figura de palerma que estava a fazer... fiquei a tarde inteira a rir!
Abraço grande!
De Vítor a 8 de Agosto de 2010 às 20:12
Pequenina Maria João...tão petiz com ar feliz,e contente sem saber que sua camisa era transparente...gostei de a conhecer,na idade dos porquês???

Bj*
De poetaporkedeusker a 9 de Agosto de 2010 às 10:39
Eu era uma criança esquisita, Vítor... não era muito de perguntar, era mais de "descobrir" sozinha e de aprender fazendo. Aqui ainda era muito pequenina mas, poucos anos depois, era verem-me de volta das enciclopédias e diccionários que abundavam lá por casa e a que sempre me deram livre acesso. Ainda hoje mantenho essa característica. Quando as pessoas me querem falar delas, eu oiço com muita atenção, mas se não falam, parto do princípio que não o querem fazer e respeito-o.
Abraço grande!
De linhaseletras a 6 de Agosto de 2010 às 13:56
Olá Maria João, que calor que está talvez por isso se tenha lembrado dessa linda blusa, agora não fazia diferença porque a moda são as transparências , para quem goste claro.
Qualquer tema serve para fazer um bonito soneto, o que é preciso é imaginação.
Bom fim de semana.

De poetaporkedeusker a 6 de Agosto de 2010 às 14:55
:)) Mas olhe que eu andei mesmo um dia inteirinho com uma blusa praticamente transparente!!! Ofereceram-me e é daquelas que não parece transparente... a não ser depois de vestida! Eu ando sempre muito ocupada ou distraída, com versos e ideias a bailarem-me na cabeça, nem me lembro de olhar para o espelho... e vim com ela para o CJO e o Centro Paroquial. Só a meio da tarde, enquanto lavava as mãos, é que vi, no espelho, que estava a fazer uma triste figura :)) primeiro fiquei atrapalhada mas, depois, ri-me tanto, tanto que até acho que valeu a pena a distracção... mas não caio noutra! Nunca mais visto a bendita blusa sem pôr um top por baixo!
Abraço grande!
De Simbologia do aMoR a 7 de Agosto de 2010 às 02:22
Olá Maria


Não acredito que a transparência tenha ficado como na foto.
E uma tgrtansparência de vez em quando não é mau.

Abraço.
De poetaporkedeusker a 9 de Agosto de 2010 às 10:31
Mas eu não sabia que aquilo era transparente, amiga... claro que não ficou como na foto, mas estava bastante transparente :))
Abraço GDE!
De Simbologia do aMoR a 7 de Agosto de 2010 às 02:23
Nossa!!!!
Escrevi transparência tão mau que só depois de publicado que percebi.
De poetaporkedeusker a 9 de Agosto de 2010 às 10:33
:)) Esquece! É um erro tipográfico que acontece muitas vezes quando escrevemos depressa...
De Vítor a 9 de Agosto de 2010 às 13:20
Dê-nos mais a conhecer,Maria João...essa gracinha de criança!

Bj*
De poetaporkedeusker a 9 de Agosto de 2010 às 14:26
Vítor, tanto quanto recordo, tenho 599 imagens no meu álbum do Sapo... muitas delas são fotografias minhas, de quando era muito pequenina. Clique na imagem e vai ver como vai lá dar! Mas não quer dizer que eu não venha a produzir muitos mais sonetos sobre a minha infância.
Abraço gde!
De Peter a 9 de Agosto de 2010 às 13:28
blusa fesca é saudade
da transparência atrevida,
ou olhos da nossa idade
na transparência da vida????
BACIONE
De poetaporkedeusker a 9 de Agosto de 2010 às 14:23
:) Lindo, Peter! Parece que voltámos ao S. João ;)) Mas o relato é verídico, muito embora a transparência não fosse assim tão, tão... total. :))
Bacione!

Poete também!

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

   O lucro desta edição reverte
   totalmente a favor da Autora

.posts recentes

. CONVERSANDO COM JOSÉ SARA...

. A ARCA DE FERRO

. PORQUE O CÉU NÃO TEM LIMI...

. NEM VIVA, NEM MORTA...

. "UPSIDE DOWN"

. SONETO BÁRBARO

. MEMÓRIAS DE INFÂNCIA

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.ARCA DE NOÉ

A Arca de Noé Vivapets distinguiu como Animal da Semana

.HORIZONTES DA POESIA


Visit HORIZONTES DA POESIA

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds