.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Terça-feira, 3 de Agosto de 2010

"MUDASTI?" ou O ESTRANHO FENÓMENO DO "INCHAÇO" TELE-INDUZIDO

 

Fui ver-me em televisão

E não me reconheci;

“- Mas que grande confusão!

Quem será aquela, ali?”


Só a voz me elucidou,

Pois reconheci-me nela,

Porque o resto “levedou”

Como massa na tigela…


Quem poderia jurar

Que aquele “ mostrengo” era eu?

Mas terei de confirmar

Que o discurso, esse, era meu!


Àqueles que já me conhecem

Nem sei como esclarecer

Pois todos eles me merecem

O que agora vou dizer;


Não sei o que se passou,

Nem sequer sei a razão

Porque a minha cara inchou

Como se fosse um balão…


Até rugas me nasceram

Onde agora a pele é lisa!

Que mistérios me trouxeram,

Do tempo, tanta divisa?


Parecia um bicho disforme

E nem queria acreditar

Que aquela mulher enorme

Fosse “eu”, ali, a falar!


Dizem que cinco quilinhos

Podem ser acrescentados,

Mas bem vi que os danadinhos

São cinquenta… e bem pesados!

 


Maria João Brito de Sousa – [em estado de choque

depois de me ter visto na televisão… 02.08.2010]

 

 


 

sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 10:27
link do post | "poete" também! | favorito
|
4 comentários:
De Vítor a 3 de Agosto de 2010 às 18:49
Hilariante...os versos,e a foto ;-)...forma diferente a da Maria João,mas todos perceberão,que foi efeito da televisão.

Bj*
De poetaporkedeusker a 4 de Agosto de 2010 às 10:57
Há de tudo, Vítor... há quem tenha a teoria de que a objectiva estava mal focada - como nas fotos, quando aproximamos demasiado a máquina do objecto -, há quem diga que é o normal, em televisão, e até há quem diga que não senhor, que estava exactamente igual ao que sou... enfim, esta coisa de não ter espelhos em casa - ter tenho, mas são pequenininhos... - já me faz duvidar de mim mesma :)) Mas, pelo menos, a cara estava muito, muito inchada! Que nem um balão! A D. Fernanda dizia que estava "com uma cara muuuuuito grande! Enorme!"
Enfim... mas "vinguei-me" a valer com este poema!!! :))
Abraço grande!
De linhaseletras a 3 de Agosto de 2010 às 22:01
Eu também achei que estava diferente, mas como tinha estado consigo há pouco tempo, sei que não podia estar assim tão "gordinha"
Mas gostei muito da ouvir falar e de a ver ,só foi pena foi ter falado tão pouco.
As suas quadras estão muito bonitas são o retrato perfeito daquilo que sentiu quando se viu no ecrã.
Um grande abraço

De poetaporkedeusker a 4 de Agosto de 2010 às 11:04
Pode crer, minha querida amiga! Eu tinha de me rir um bocado da figura que fiz... não no discurso! Do discurso não tenho nada a dizer! Mas aquela cara enorme até me assustou!!! Garanto-lhe que quando me vi, nem me reconheci... e gostei muito da intervenção inteligente da psicóloga... estava tudo bem, excepto aquela cara de balão :)) Claro que acabei por não falar de certas coisas que gostaria de ter dito... aqui, no CJO, a D. Eduarda não me perdoa não ter falado do pessoal do centro que tem sido, sempre, impecável comigo... mas já não dava. Estava a ver que já nem conseguia entregar o livro...
Abraço grande!

Poete também!

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

   O lucro desta edição reverte
   totalmente a favor da Autora

.posts recentes

. A MEDALHA E O DIPLOMA - ...

. INFORMAÇÃO A TODOS OS AMI...

. SONETO A PRETO E BRANCO

. GLOSANDO A POETISA MARIA...

. O VIGÉSIMO SEXTO DIA

. SÁBADO, DOMINGO, SEGUNDA ...

. MEMÓRIA(S) DO NÁUFRAGO-PE...

.arquivos

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.ARCA DE NOÉ

A Arca de Noé Vivapets distinguiu como Animal da Semana

.HORIZONTES DA POESIA


Visit HORIZONTES DA POESIA

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds