.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Segunda-feira, 28 de Outubro de 2013

1º PRÉMIO, NA CATEGORIA DE SONETO, DOS XXI JOGOS FLORAIS DE OUTONO - MONFORTE, 2013

 

 

SONETO EM DECASSÍLABO HERÓICO

 

Noites Cálidas, de estio…

 

Quando uma noite cálida se estende,

Tão suavemente, à luz da vela acesa,

No linho já estendido sobre a mesa

E, viva, essoutra chama em nós se acende

 

Crescendo num fulgor que se não rende

Pois vem duma alquimia que a beleza

Concede se munida da certeza

De uma força interior que se não vende,

 

Então surge o poema, esse indomado,

Como filho que em nós fosse gerado

Por cópula lunar de anjo bravio

 

Ou beijo pressentido e tresloucado

De alguém que nos tivesse abençoado  

Com estro que emulasse ardor de estio…



 

Marianita Rocha (pseudónimo)


Maria João Brito de Sousa - 2013

 

 

 

sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 23:37
link do post | "poete" também! | ver poetices (55) | favorito
|
Quinta-feira, 10 de Outubro de 2013

SONETO DE CODA II

À Dona Elite de Oligarquia & SA


(Em verso eneassilábico)

 

 

Das migalhas que ao povo deixava

Dona Elite, pensando melhor,

Entendeu que era muito o que dava

E que ao povo sobrava vigor

 

Porque, quando a migalha abundava,

Ele podia crescer, ser maior

E atrever-se a sonhar que mandava

Em si próprio, apesar de “inferior”…

 

Dona Elite, prevendo o pior,

Sem cuidar do que ao povo faltava

Foi comendo o que, a si, lhe sobrava;

 

Comeu pobre e criado e senhor

E, por fim, sem notar quanto inchava,

Engoliu quanto mundo restava

 

Até ver que mais nada, em redor,

Preenchia o vazio que gerava

Onde, inútil, rotunda, orbitava

 

Em função do seu próprio fedor…

 

 

 

Maria João Brito de Sousa – 09.10.2013 – 18.42h


 

 

NOTA – Soneto com dupla “coda” ou “estrambote”


sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 00:10
link do post | "poete" também! | ver poetices (87) | favorito
|

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

   O lucro desta edição reverte
   totalmente a favor da Autora

.posts recentes

. CICLO(S)

. TALVEZ...

. PEQUENA SINFONIA

. MEMÓRIA(S) DO NÁUFRAGO-PE...

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. O MEU PATRONO VISTO POR M...

. GLOSANDO A POETISA MARIA...

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

. Conversas à Janela durant...

.ARCA DE NOÉ

A Arca de Noé Vivapets distinguiu como Animal da Semana

.HORIZONTES DA POESIA


Visit HORIZONTES DA POESIA

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds