.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Domingo, 25 de Março de 2012

NÃO DESISTIR, ROSNANDO...

 

Aqui maldigo a dor que não se inventa,
Aquela que transforma o gesto em dor,
A que arrasa e destrói aquel` que enfrenta
Aquilo que na vida, há de pior

E "rosno" contra a dor que me atormenta
Como se assim pudesse pressupor
Que se sumisse, quando o que a sustenta
É nem sequer saber o que é temor…

Mas, apesar de tudo, ao enfrentá-la,
Ao dizer-lhe que não me irei render,
Ao renegá-la, ao resistir-lhe tanto,

Talvez seja possível controlá-la,
Mesmo que ela não pare de doer;
Rosnar-lhe-ei assim que evoque o pranto.

 

 

 

Maria João Brito de Sousa - 25.03.2012 - 15.31h

 

 

 

 



sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 15:31
link do post | "poete" também! | ver poetices (55) | favorito
|
Sexta-feira, 23 de Março de 2012

CATORZE VERSOS PROFUNDAMENTE PIEGAS

Por vezes não distingo muito bem,
Nem conheço quem saiba destrinçar,
Se o que aqui faço é mesmo trabalhar
Ou forma de queixar-me a mais alguém…

Sendo provável não haver ninguém
Que o desdiga ou que o possa confirmar,
Que o julgue, então, a Terra, o fundo mar
E toda a esfera azul que me contém…

Que a dor se me alivie um poucochinho,
Que a luz que me vestiu de puro linho
Possa transparecer no que vos deixo

E que despertem sempre algum carinho
Palavras que ressoem mais baixinho
Por falarem tão só do que me queixo…



 

 

 

Maria João Brito de Sousa – 23.03.2012 – 21.35h


publicado por poetaporkedeusker às 21:43
link do post | "poete" também! | ver poetices (22) | favorito
|
Quarta-feira, 21 de Março de 2012

BLOG EM GREVE

sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 23:59
link do post | "poete" também! | ver poetices (2) | favorito
|
Sábado, 17 de Março de 2012

O PREÇO II

Eu pago qualquer preço, a qualquer hora,
Qualquer tempo de vida ou qualquer dor
Se, nestes meus sonetos, puder pôr
Metade do que estou sentindo agora

E se for conseguindo, vida fora,
Escrevê-los cada vez com mais ardor,
Hei-de pagar por eles seja o que for
Sem me queixar dos custos da penhora…

Se um dia fraquejar, se este contrato,
Rigoroso e levado ao preço exacto,
Não for cumprido, como deixo escrito,

Não será por ficar-me mais barato
Um poema qualquer que, sendo ingrato,
Vos possa desmentir quanto foi dito…



 

 

Maria João Brito de Sousa – 17.03.2012 – 20.52h


 

sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 21:14
link do post | "poete" também! | ver poetices (46) | favorito
|
Sexta-feira, 9 de Março de 2012

DECEPANDO A PESADA MÃO DO CAPITAL

 

Na mão capitalista o esbulho adorna,
Bem preso, inalcançado, o repartível,
O que não chega a nós mas que é visível,
O que, ao ser-nos roubado, nunca torna,

O que ela nos levou, porque suborna
Fazendo acreditar não ser possível
Aquilo que, afinal, é tão tangível
Quanto a razão que cresce e nos transforma

Mas eis que o era nosso, cai, por fim
Da mão usurpadora que um motim
Decepa sem mostrar falsos pudores…

Portugal florirá como um jardim
Assim que a mão cair, porque é assim
Que morrem, sempre, as mãos dos ditadores!

 



 

Maria João Brito de Sousa – 09.03.2012 – 19.54h

 

 

 

Imagem retirada da internet, via Google


sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 20:17
link do post | "poete" também! | ver poetices (76) | favorito
|
Segunda-feira, 5 de Março de 2012

SEREMOS TANTOS!

 

Seremos tantos, tantos, muito unidos,

Fazendo ressoar um grito imenso,

Trazendo a força dos punhos erguidos

Sob as bandeiras de um vermelho intenso

 

Nós, no revolto mar dos oprimidos,

Partilhando um mesmíssimo consenso;

Nunca mais expropriados e vencidos,

Nem despojados de vontade e senso!

 

Seremos tantos, tantos, tão seguros

Duma razão que já ninguém domina

Porque a certeza de ideais tão puros,

 

Tal como a estrela que nos ilumina,

Escala montanhas e derruba os muros

De um capital que humilha e que assassina!

 


 

 

Maria João Brito de Sousa – 05.03.2012 – 11.35h

 

sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 12:42
link do post | "poete" também! | ver poetices (49) | favorito
|

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

   O lucro desta edição reverte
   totalmente a favor da Autora

.posts recentes

. CICLO(S)

. TALVEZ...

. PEQUENA SINFONIA

. MEMÓRIA(S) DO NÁUFRAGO-PE...

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. O MEU PATRONO VISTO POR M...

. GLOSANDO A POETISA MARIA...

.arquivos

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

. Conversas à Janela durant...

.ARCA DE NOÉ

A Arca de Noé Vivapets distinguiu como Animal da Semana

.HORIZONTES DA POESIA


Visit HORIZONTES DA POESIA

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds