.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Terça-feira, 1 de Junho de 2010

CASAL DE VELHINHOS

 

 

 

Quantos anos por nós já se passaram?

Que rugas, que cabelos ralos, brancos?

Já perdemos a conta, somos francos,

Mas nossos braços sempre trabalharam!

 

Pouco fazemos já, mas ensinamos

O muito que a experiência nos deixou…

Sabemos bem aquilo que mudou

O mundo nestes loucos, novos anos…

 

Idosos mas ainda bem capazes

De mudar, de sonhar, de renascer

Ao lado do melhor dos nossos netos,

 

Sabemos que este mundo é dos audazes

E é por isso que queremos ver crescer

Mil sonhos e outro tanto de projectos!

 

 

 

Maria João Brito de Sousa

 

 

NOTA - Peço desculpa mas o editor de posts não está no seu melhor e eu já me cansei de tentar configurar a letra e a imagem.

 

sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 11:54
link do post | "poete" também! | favorito
|
19 comentários:
De a 1 de Junho de 2010 às 12:48
Este foi o meu (e deles) preferido. Uma ternura.
Beijinhos
De poetaporkedeusker a 1 de Junho de 2010 às 13:55
Estão uma delícia, não estão? Só tenho pena que o editor de posts esteja de mau humor... ficou tudo encolhidinho... mas eu, amanhã, tento reeditar!
Bjo!
De M.Luísa Adães a 1 de Junho de 2010 às 17:40
Mª. João

Que bom ser assim velhinho e ter tanto que fazer,
tantas coisas a ver
e seguir o caminho
dos audazes.

Lindo o teu poema, como tudo e tudo quanto
escreves...

Beijos da amiga,

Mª. Luísa
De poetaporkedeusker a 4 de Junho de 2010 às 11:17
Obrigada. Muito obrigada, amiga.
Eu, na quarta-feira estive numa palestra interessantíssima, depois tive de tratar de alguns assuntos relativos a uma tela minha que anda por aí, extraviada, e acabei por nem sequer ter tempo para vir à net... hoje tenho de ver se publico dois sonetos e consigo actualizar as coisas segundo a minha tag de "um soneto por dia".
O Kico está incontinente e, volta e meia, deixa de conseguir andar, mas ainda come muito e fica muito contente quando eu venho com ele até à rua. É um bichinho "rijo"!
Tenho mais um doente lá no hospital que é a minha casa... um pombo branco com malhas escuras que deve ter sido atacado por um cão. Está em péssimo estado e precisa de cuidados intensivos, mas penso que vai recuperar, embora uma das patinhas vá ficar inutilizada. Assim que estiver mais forte e capaz de voar, solto-o aqui, onde ele estava, no páteo do CJO.
Um enorme abraço. Vou tentar visitar-te da parte da tarde.
De linhaseletras a 1 de Junho de 2010 às 20:17
Mais um bonito soneto, este bastante ternurento.
Tenho a certeza que são todos bonitos cada um com o seu objectivo.
Realmente os blogs estão todos "marados"não sei o que se passa mas estou com muita dificuldade em "postar"e se puser imagens então é que é o cabo dos trabalhos, ontem não fui capaz de editar nada.

Um grande abraço.

De poetaporkedeusker a 4 de Junho de 2010 às 11:22
Obrigada, Idalina.
Este problema tem a ver com o editor de posts. Não sei como está hoje... será que o sapito já o resolveu? Na quarta-feira nem sequer consegui vir à net e ontem não pude por ser feriado. Tenho estado com febre e o número de doentes lá de casa já aumentou. Agora está lá o Job, um pombo ferido. Mas o Job vai pôr-se bom em pouco mais de uma semana e eu solto-o logo, esteja descansada.
Um grande abraço para todoa a família!
De Simbologia do aMoR a 2 de Junho de 2010 às 00:07
É exatamente assim mesmo.
Velhinhos, cabelos brancos
E muito dinâmicos
Estão sempre a trabalhar.

Ps. Soneto que revejo minha mãe.

Abraço grande
De poetaporkedeusker a 4 de Junho de 2010 às 11:25
Olá Vera! É assim que eles se sentem úteis e felizes e os bonecos estão uma ternura.
Hoje vou publicar mais dois. Depois não sei... os mms ainda são caros e eu acho que já estou sem saldo nenhum... mas entretanto tenho produzido outros sonetos. Tive de os guardar numa pastinha para os não perder porque o 2008 está a abarrotar de poemas!
Abraço grande!
De poetabrasil a 2 de Junho de 2010 às 02:43
Velhice, experiência e tempo são atributos que o passar dos dias nos traz. Velhinhos há de corações novos, pois sonham como crianças impúberes. Sonham com realidades palpáveis, como o mar, a natureza, o sol e a lua. A velhice é poesia, quero chegar lá sem nenhuma agonia.
De poetaporkedeusker a 4 de Junho de 2010 às 11:28
Isso mesmo, meu amigo! A velhice pode ser uma idade muito bonita e produtiva. Eu gosto dos meus cabelos brancos por tudo o que eles simbolizam em termos de experiência de vida.
Abraço mt gde!
De Simbologia do aMoR a 2 de Junho de 2010 às 18:21
Olá Maria

Tua ausência me assusta.
Aconteceu algo com o kiko?
Sempre venho ler teu soneto do dia e percebi que hoje não está postado.
Espero que esteja tudo bem.

Abraço
De poetaporkedeusker a 4 de Junho de 2010 às 11:33
Desculpa, amiga! Ainda bem que alguém notou a minha falta! É bom sinal :) Eu senti-me um bocadinho mal por não ter vindo na quarta-feira, mas tinha mesmo imensas coisas por fazer e nem sequer deu tempo para avisar. Tive uma palestra de manhã e, à tarde, fui tentar fazer alguma coisa por uma tela minha que parece andar meio extraviada... mas ainda acredito que ela vai aparecer! É uma tela a que estou afectivamente muito ligada... bem, estou a todas as telas que produzi, claro, mas há sempre uma ou outra a que me sinto mais presa.
Bjo!
De artesaoocioso a 3 de Junho de 2010 às 22:15
O SAPO tem um bom portal de Ajuda e resolve-lhe o problema.
Sempre que pedi ajuda ao SAPO resolveram-me tudo.
Bom fim-de-semana.
Um abraço.
De poetaporkedeusker a 4 de Junho de 2010 às 11:34
Muito obrigada, meu amigo. Neste momento sei que o problema não foi só comigo e é bem possível que já esteja resolvido... eu é que estou com o meu trabalho muito atrasado por não ter conseguido vir na quarta-feira.
Abraço!
De alfa a 4 de Junho de 2010 às 02:26
Alô Maria João, lindo o seu poema uma vez mais, e o tema é tão importante...é uma pena que a nossa sociedade não lhes dê o valor e a dignidade que merecem, afinal eles são o património a nossa história, a história das gerações seguintes...e a história deveria ser preservada e respeitada e não apagada e sem importância...esta é a forma de organização da sociedade que temos infelizmente. Um beijo enorme para todos eles, velhinhos, casais ou não.

PS: Tenho saudades de a ver por lá no meu blog Maria João e não esqueço que foi você que primeiro que alguém acreditou que as minhas palavras eram bonitas e gostariam de ser lidas. Suponho que continua a não conseguir comentar o meu blog, vou tentar ajudar. O meu irmão pode ajudar, faz assistência à distância, basta que me mande um mail e eu ponho a maria joão em contacto com ele através do mail e ele resolve o que for preciso, se quiser mande um mail para mim,ok. Era para mim uma honra que continuasse a visitar-me e a receber a sua opinião...As suas melhoras e Um beijo.
De poetaporkedeusker a 4 de Junho de 2010 às 11:40
Olá, Alfa! Muito obrigada! Vou tentar enviar um mail, mas não sei se vai resolver muito porque estes computadores não têm "honras de administrador"... isto quer dizer que, por exemplo, nem sequer posso reiniciar o computador sem que ele bloqueie. Também não posso acrescentar endereços nos favoritos, nem ir buscar endereços ao histórico... enfim, uma complicação a que já me habituei, mas que a maioria de vocês não tem. Mas esta tarde eu garanto que tento comentar! Nomalmente até consigo esvcrever na janelinha de comentários, mas depois fica a carregar "ad aeternum" e não publica! :(
Bjo!
De poetaporkedeusker a 8 de Junho de 2010 às 11:54
Desculpe, Alfa! Na sexta feira acabei por ter de siar mais cedo porque o meu sobrinho foi buscar a bicicleta dele lá a casa e já não deu para ebnviar o mail. Ainda o escrevi e tentei enviar, mas ficou a enviar durante um tempo infinito e o miúdo estava cheio de pressa... como sempre! Eu tento enviar hoje. Entretanto fui revisitar a Laura :) e tentei deixar um comment, mas não deu mesmo.
Abraço gde!
De Simbologia do aMoR a 8 de Junho de 2010 às 00:54
Oi Maria

Enviei uma mensagem que talvez possa gostar para postar no mumbles.
O título: 10 pedidos de um cão.
Enviei-te pelo gmail.

Abraço
De poetaporkedeusker a 8 de Junho de 2010 às 11:50
Obrigada, Vera! Vou tentar publicar ainda hoje!
Abraço GDE!

Poete também!

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

   O lucro desta edição reverte
   totalmente a favor da Autora

.posts recentes

. A SEREIAZINHA

. CALEIDOSCÓPIO

. DEPOIS DA MARÉ-CHEIA...

. UM MOSQUITO NO COPO DO LE...

. UM MOSQUITO NO COPO DO LE...

. RUGA A RUGA

. GLOSANDO ALBERTINO GALVÃO...

.arquivos

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.ARCA DE NOÉ

A Arca de Noé Vivapets distinguiu como Animal da Semana

.HORIZONTES DA POESIA


Visit HORIZONTES DA POESIA

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds