.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Terça-feira, 27 de Abril de 2010

TELA

Serenamente pinto os amanhãs

Do grito azul da forma inacabada

E o meu eixo lunar das horas vãs

Afasta-se, por fim, da antiga estrada

 

Talvez depois um rio venha abraçar-me

Na transversal de um tempo por nascer

Ou talvez seja tempo de encontrar-me

Onde antes me pensei vir a perder

 

Serenamente azul, deponho um verso

Junto à campa de um sonho que morreu

Nos braços virtuais de cada estrela

 

Serenamente tomo o rumo inverso

Do sonho matinal que se perdeu

No branco intemporal da velha tela

 

 

 

sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 11:59
link do post | "poete" também! | favorito
|
6 comentários:
De linhaseletras a 27 de Abril de 2010 às 13:50
Bonito soneto e também uma tela muito bonita, uma das que mais gosto.
Então está melhor?
Espero que sim, um abraço.

De poetaporkedeusker a 27 de Abril de 2010 às 14:50
Isto não tem exactamente grandes melhoras, Idalina. Tem fases em que se faz sentir mais e outras em que está menos activo. O nosso corpo físico - e não só - é um verdadeiro universo constantemente sujeito a uma infinitude de variáveis. Agora aconteceu-me entrar numa fase mais aguda. É só isso.
Abraço grande.
De Simbologia do aMoR a 27 de Abril de 2010 às 22:15
Oi Maria

Lindo soneto!

"Nos braços virtuais de cada estrela"...
Versejo a "estrela de mim"


Abraço.
De poetaporkedeusker a 28 de Abril de 2010 às 10:50
Obrigada pelas tuas palavras, amiga. Deixei um comment no blog do teu amigo Araújo. Ainda não tive tempo de ir à cx de correio por isso não sei se ele respondeu ou se, eventualmente, os cãezinhos já têm quem os abrigue. Deus queira que sim!
Abraço grande!
De linhaseletras a 27 de Abril de 2010 às 22:18
Olá Maria João, acabo de receber a noticia da morte da minha prima, tenho a cabeça a estoirar, mas por outro lado acho que Deus fez bem em se lembrar dela porque o sofrimento era enorme e ela não merecia sofrer mais.
Um abraço
De poetaporkedeusker a 28 de Abril de 2010 às 10:54
Lamento muito, Idalina. Aceite um grande abraço de condolências. Estou de acordo consigo; quando o sofrimento é insuportável, o melhor mesmo é partir para a nossa viagem final. Tanto quanto me recordo, a partir do momento em surge a luz, toda a dor física e espiritual desaparecem por completo.
Muita coragem para enfrentar este período de dor.

Poete também!

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

   O lucro desta edição reverte
   totalmente a favor da Autora

.posts recentes

. SÁBADO, DOMINGO, SEGUNDA ...

. MEMÓRIA(S) DO NÁUFRAGO-PE...

. RUAS

. A PAUTA INVISÍVEL

. GLOSANDO A POETISA MARIA...

. DIÁLOGOS ENTRE MÃE E FILH...

. SETEMBRO(S)

.arquivos

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.ARCA DE NOÉ

A Arca de Noé Vivapets distinguiu como Animal da Semana

.HORIZONTES DA POESIA


Visit HORIZONTES DA POESIA

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds