.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Segunda-feira, 19 de Abril de 2010

IN EQUAÇÃO

 

Sou a soma de todos os momentos

Que passaram por mim sem me matar

Com toda esta vontade de lutar

E de me procurar nos elementos.

 

Recuso a submissão aos tais lamentos

Que são, na Poesia, o mais vulgar

E divido, depois, o que sobrar

Segundo as convicções e argumentos.

 

Triângulo imperfeito, insubmissão

Na explosão da palavra aleatória

Em átomos que fogem ao comum,

 

Serei sempre a aberrante inequação

Desta forma de estar, contraditória,

Onde o poema e eu somos só um.

 

 

 

 

 

sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 12:20
link do post | "poete" também! | favorito
|
6 comentários:
De Simbologia do aMoR a 19 de Abril de 2010 às 18:04
Comentar o poema...
Seria loucura para mim!
Estou distante de entender o raciocínio deste soneto.


Abraço.
De poetaporkedeusker a 20 de Abril de 2010 às 11:54
Olá, Vera. Não acredito que estejas longe de entender este soneto! É muito descritivo de mim no momento em que escrevo... e tem uns temperozinhos de "vulcão" em erupção, assim, muito de vez em quando :) é a melhor maneira de me explicar porque há momentos em que a mera racionalização me parece insuficiente.
Bjo.
De linhaseletras a 19 de Abril de 2010 às 21:54
Olá Maria João, eu tambem não tenho talento suficiente para comentar este belo soneto, só sei que gostei.
E sei que depois de "somar e dividir"o que sobra é uma grande mulher com muito para dar, e naquilo que me toca a mim, muito lhe agradeço, minha amiga.
Um grande abraço.
"E que linda foto"

De poetaporkedeusker a 20 de Abril de 2010 às 12:00
Olá, Idalina. Estas fotos são todas fruto da impressora que me ofereceu :) Tinha os meus dezoito anitos e estava no jardim de Algés, o hoje é a Alameda Hermano Patrone. Nessa altura ainda o sr. Patrone era vivo e eu conhecia-o muito bem, do Sport Algés e Dafundo. Há um parque infantil a meio da Alameda. Nem queira saber o que eu andei naqueles baloiços!
O Palácio Ribamar foi o meu primeiro liceu. Foi lá que fiz o primeiro e segundo ano do ciclo preparatório. Só depois vim para o Liceu de Oeiras.
Um grande abraço!
De Talvez... a 19 de Abril de 2010 às 23:10
Ah, há muito tempo que não resolvo inequações!

Continue a bela poesia!
De poetaporkedeusker a 20 de Abril de 2010 às 12:03
Nem eu, Talvez. Há uns seis anos... mas acho que esta é mesmo irresolúvel :))
Esta manhão estou "apeada" de sonetos... não consegui produzir nada ontem. Vou ter de recorrer a uns que já fiz há uns dois anos e penso não estarem ainda publicados...
Abraço!

Poete também!

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

   O lucro desta edição reverte
   totalmente a favor da Autora

.posts recentes

. O INGREDIENTE PRINCIPAL

. GLOSANDO MARIA DA ENCARNA...

. O CONVITE II

. GLOSANDO CHICO BUARQUE

. SE EU PUDESSE, NÃO PODIA

. A SEREIAZINHA

. CALEIDOSCÓPIO

.arquivos

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.ARCA DE NOÉ

A Arca de Noé Vivapets distinguiu como Animal da Semana

.HORIZONTES DA POESIA


Visit HORIZONTES DA POESIA

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds