.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Terça-feira, 16 de Março de 2010

ESTRANHA SOBREVIVÊNCIA

Impôs-se-me uma lágrima e chorei...

Chorei como quem chora a própria vida!

A lágrima era o ponto de partida

Desse poeta em mim que então soltei...

 

Mais lágrimas rolaram... mais de mil,

Seguidas por mais mil que não paravam.

Fui lágrimas de mim que em mim rolavam

Até redesenhar o meu perfil...

 

Depois nasceu a vida aberta em flor

Onde antes eram lágrimas de dor

E este poeta em mim sobreviveu...

 

Ah! Como é louco e estranho o meu destino!

Sobreviver à morte de um menino

E alcançar, depois, o próprio céu!

sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 14:30
link do post | "poete" também! | favorito
|
12 comentários:
De a 16 de Março de 2010 às 15:15
Oh Mª João, acho que a sinusite se está a aproveitar de si. Não gosto nada de a sentir assim.
Vem aí o solinho bom e não tarda estou aí para mais um cafezinho.
Beijinhos
De poetaporkedeusker a 16 de Março de 2010 às 16:27
Acho que a malvada me está a comer viva :))
Mas isto há-de passar! Tem de passar! Estou farta de tanta dor de cabeça... mas cá fico à espera do cafezinho! :)
Bjo!
De Simbologia do aMoR a 16 de Março de 2010 às 17:22
Apesar de não ter compreendido bem o soneto, espero que estas lágrimas sejam de alegria e não tristeza.
Quanto a sinusite, também algumas vezes tenho crise. Além de tomar remédio para dor (sinutab), faço vapor com folha de eucalípto, é uma planta milagrosa.
Será que tem aí? Se tiver... pode tentar.

Abraço.
De poetaporkedeusker a 16 de Março de 2010 às 17:49
Sim, tem. Obrigada pelo conselho amiga!
Ui! Fiquei sem visitar nem a quarta parte dos amigos que tencionava visitar... e o timer está a chegar ao fim...
Bjo!
De Sindarin a 16 de Março de 2010 às 20:30
Olá minha amiga! Está lindo este soneto. Tem uma musicalidade apesar da tristeza que encerra, lindíssima e o fim é sublime. Parabéns. Gosto muito dos seus poemas amiga. Beijinhos grandes.
De poetaporkedeusker a 17 de Março de 2010 às 11:16
Obrigada, Sindarin. Devo confessar que este soneto não é "do dia". Foi escrito... sei lá... pr`aí há um ano ou mais... nestes últimos dias tenho andado miseravelmente "desinspirada" e recorri a sonetos que ainda não tinha publicado no poetaporkedeusker, mas que estavam num conjunto de "livrinhos" - folhas impressas e encapadas por mim - com que concorri a um Prémio Literário... olha, foi há quase dois anos.
Beijinho.
De Talvez... a 16 de Março de 2010 às 22:32
Diria que a fase desinspirada já lhe passou... ;)
De poetaporkedeusker a 17 de Março de 2010 às 11:19
Não, Talvez, ainda não passou... recorri a um soneto que fiz há quase dois anos, mas que ainda não tinha publicado e que, por milagre, ainda não tinha perdido :)) hoje vou fazer o mesmo porque continuo completamente "emperrada". Deve ser desta malvada sinusite.
Abraço.
De Vitor a 16 de Março de 2010 às 23:56
"E este poeta em mim sobreviveu..."E que estranho seria se assim não fosse!

Bj*
De poetaporkedeusker a 17 de Março de 2010 às 11:23
:) Sobreviveu pois! Agora é que anda "emperradito", mas deve ser uma fase daquelas que todos os criativos têm... e depois devo confessar que ando a gastar pelo menos uma horinha por dia para jogar xadrez com o 2008... já consegui ganhar-lhe sete vezes! E hei-de ganhar mais umas tantas!
Estranhamente o xadrez, a mim, descontrai-me muito. E faz bem.
Abraço GDE!
De M.Luísa Adães a 17 de Março de 2010 às 11:24
Mª. João

Lindo teu soneto. Chegam estas palavras, o resto ele diz, por ele próprio.

E o poeta sobreviveu...

beijo,

Mª. Luísa
De poetaporkedeusker a 17 de Março de 2010 às 11:27
Minha querida Maria Luísa! Ontem o timer acabou por me encerrar a ligação sem que eu tivesse tempo para te fazer uma visita! Mas faço-ta hoje!
Um abraço grande, grande!

Poete também!

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

   O lucro desta edição reverte
   totalmente a favor da Autora

.posts recentes

. AINDA GLOSANDO FLORBELA E...

. EXPLICAR-VOS TUDO, NÃO SA...

. GLOSANDO MARIA DA ENCARNA...

. GLOSANDO JOÃO MOUTINHO

. GLOSANDO A POETISA MARIA...

. INFILTRAÇÔES

. O POEMA E EU

.arquivos

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.ARCA DE NOÉ

A Arca de Noé Vivapets distinguiu como Animal da Semana

.HORIZONTES DA POESIA


Visit HORIZONTES DA POESIA

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds