.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Sexta-feira, 8 de Janeiro de 2010

O LOBO

 

 

 

 

 

 

 

Eu sou o lobo e, às vezes, não sou manso…

Assim me fez o Deus que me criou

E que, dentro de mim, adivinhou

A estranha ambivalência em que balanço.

 

Sobrevivente, eu chego aonde alcanço

Tentando preservar tudo o que sou

Com esta força astuta que mostrou

Saber permanecer sem ter descanso…

 

Não ouseis condenar-me! Vós, Humanos,

Que destruís bem mais do que eu destruo,

Que caçais por prazer, não pela Vida,

 

Reparai, em vez disso, os muitos danos

Que fazeis neste mundo! Este recuo

Em que lançais a Terra Prometida!

 

NOTA BREVE - Eu sei que ainda é cedo, que muitos ainda estarão a começar a aperceber-se de que estamos num novo ano de uma nova década, que todos temos tendência a protelar o que temos para fazer - somos uns tremendos procrastinadores, não é? - , mas dei comigo a pensar que o http://poesiaemrede.no.sapo.pt/ tinha poucos poemas e, o que é bem pior, estava com muito poucas visitas... vai daí, inchada e tudo, com dor de maxilar e tudo, meteu-se-me na cabeça que podia fazer alguma coisita para melhorar o estado da situação - nada de gozadelas! Eu disse "o estado da situação", não "a situação do Estado"!

O tema? O tema é A VIDA, meus amigos! E ele existe lá coisa mais bela?!

`BORA LÁ CRIAR?


 

 
sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 10:00
link do post | "poete" também! | favorito
|
13 comentários:
De linhaseletras a 8 de Janeiro de 2010 às 14:07
Este soneto é muito bonito como sempre são os seus trabalhos.
A protecção que é dada ás espécies em via de extinção é de louvar porque se estes animais e outros que são protegidos, se não houvesse alguém que se preocupasse com eles os nossos netos acabavam por não saber o que é um lobo, e a pensar que é tudo cães.
Tem é de haver sítios para eles viverem em paz e não fazerem mal aos animais domésticos que isso é que leva as pessoas a querer abate-los.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Este soneto é muito bonito como sempre são os seus trabalhos. <BR>A protecção que é dada ás espécies em via de extinção é de louvar porque se estes animais e outros que são protegidos, se não houvesse alguém que se preocupasse com eles os nossos netos acabavam por não saber o que é um lobo, e a pensar que é tudo cães. <BR>Tem é de haver sítios para eles viverem em paz e não fazerem mal aos animais domésticos que isso é que leva as pessoas a querer abate-los. <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Parabens</A> por se lembrar dos lobos. <BR>Um abraço
De poetaporkedeusker a 8 de Janeiro de 2010 às 14:45
Lá está o seu Kanguru a fazer das suas :))
Eu também estou com algumas dificuldades "técnicas" desde manhã. Parece-me que toda a net está muito lenta... por vezes tenho de sair da internet e voltar a entrar para poder fazer um comentário... bloqueiam-me os computadores todos... e já vou no terceiro computador de hoje... no princípio mudava de um para outro, mas agora já percebi - eu sou lenta... :))) - que nem vale a pena.
Acredite que eu sempre gostei de lobos. Adorava a lenda da velha loba de Rómulo e Remo e o Livro da Selva do Kipling, mas chorava - quando era muito pequenina - por causa do lobo da história do Capuchinho Vermelho. Ainda tentaram mudar-lhe o final, mas eu, mesmo com os meus três ou quatro aninhos, não fui na conversa! Sempre acreditei que "todas as vidas que começam têm o direito a viver"... é claro que permanecer vivo já não é tarefa fácil... mas pronto! De caçadores é que eu não conseguia gostar, de maneira nenhuma!
Eu sei bem que há zonas em que os lobos, acossados pela fome, provocam os seus danos... mas quantos danos não poderão eles apontar-nos a nós?
Um grande abraço para si, minha amiga!
De linhaseletras a 8 de Janeiro de 2010 às 14:09
Desta vez não foi o "Kanguru" porque ele já foi reformado, mas espero que deia para perceber a ideia.
Até amanhã
De poetaporkedeusker a 8 de Janeiro de 2010 às 14:58
Desculpe-me a demora. A net foi-se outra vez "abaixo"! Realmente não pode ser culpa do pobre Kanguru que até já está reformado!
Até segunda feira, se Deus quiser... ou até já, no seu blog, se o computador me deixar...
De poetaporkedeusker a 8 de Janeiro de 2010 às 15:07
Bem... a net lá me deixou entrar no Linhaseletras. Deixou-me comentar e tudo! O que não deixou foi publicar o comentário...
bloqueou completamente!
Desculpe-me.
De Mírtilo MR a 8 de Janeiro de 2010 às 18:03
Poetaporkedeusker:

O lobo!... Soneto de fábula em que o lobo, ante provável julgamento pelos homens, esgrime mansamente, mas com argúcia e clareza, seus argumentos de defesa, acusando os humanos de serem mais «lobos» do que ele ... Aliás, já os latinos, humanos que eram, diziam acusatoriamente: «Homo homini lupus.» O Homem é realmente um multidestruidor, um multicida, um ser que, ao contrário do geral das espécies, destrói ou mata os seus iguais, os da própria espécie, sem ser por motivos vitais, sem ser para comer, ou até para isso, embora só em casos pontuais, um ser que subverte ou destrói o equilíbrio geral da vida, da Natureza, na Terra e nos seus mares e na sua atmosfera, um dia talvez pelo Universo fora ... E é o homem o ser mais inteligente da Criação e com sentimentos de compreensão, de solidariedade, de pena e de perdão!...

Um abraço.
Mírtilo
De poetaporkedeusker a 11 de Janeiro de 2010 às 11:07
É verdade, meu amigo Mirtilo... e, no entanto, temos realmente a enorme responsabilidade da consciência. A vida do ser humano, tanto encarada individualmente como em termos de espécie, é uma constante luta pelo aperfeiçoamento... mas muitos não o entendem e acomodam-se à mediocridade vigente. Em verdade, em verdade lhe digo que sempre acreditei que "Homo homini lupus"... mas também acredito que muitos de nós, independentemente da nossa inserção social e meios de sustentabilidade, prosseguirão sempre no seu desejo consciente de mudar o mundo... ou a espécie. O mundo? O mundo todos o mudamos tenhamos ou não consciência disso. Até os que já morreram há muitos anos e conseguiram deixar as suas "pegadas", continuam o seu trabalho insuspeitado.
Eu, quando era criança, queria mudar o mundo. Quando cresci, descobri que o mudaria inevitavelmente, quissesse-o ou não :)
Um grande abraço e um 2010 cheio de PAZ, AMOR, SAÚDE e CRIATIVIDADE!
De poetabrasil a 8 de Janeiro de 2010 às 22:44
Não comungo com as acções do lobo nem do homem predador, mas tenho a sina de amar a vida.
O que é a vida? São os mares, a natureza em sua expressão máxima _ Deus.
A vida é poesia, o amor, o sofrimento, a aurora, o arrebol, tudo o que vem da mão Deus.
Nesse contexto, vida é também a inspiração do poeta. São coisas que vêm e vão, como os poemas de Maria João.
De poetaporkedeusker a 11 de Janeiro de 2010 às 11:09
Obrigada, meu amigo poeta irmão! A vida é, com efeito, tudo isso e eu amo-a em todas as suas expressões!
Um enorme abraço!
De Vítor a 9 de Janeiro de 2010 às 18:14
Nem mais,Maria João...disse ,está dito,e bem dito...haverá maior predador que o homem?...que como muito bem diz caça por simples prazer!

Bj*
De Vítor a 9 de Janeiro de 2010 às 18:16
...E nem a propósito "repare"no predador que tenho no "outro lado"...
De poetaporkedeusker a 11 de Janeiro de 2010 às 11:16
Upa! Vou já, já ver esse predador! :)
De poetaporkedeusker a 11 de Janeiro de 2010 às 11:15
Sabe o que eu sinto, Vitor? Há, por aí, uma mensagem que fala dos dois lobos que temos dentro de nós... pelo menos é assim que um avô define a nossa alma quando questionado pelo neto. Quando a criança lhe pergunta qual dos lobos vencerá, se o mau, se o bom, o avô responde que será aquele que ele alimentar.
É muito bonita esta metáfora e, no meu entender, muitíssimo verdadeira.
Abraço grande!

Poete também!

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

   O lucro desta edição reverte
   totalmente a favor da Autora

.posts recentes

. CONVERSANDO COM JOSÉ SARA...

. A ARCA DE FERRO

. PORQUE O CÉU NÃO TEM LIMI...

. NEM VIVA, NEM MORTA...

. "UPSIDE DOWN"

. SONETO BÁRBARO

. MEMÓRIAS DE INFÂNCIA

.arquivos

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.ARCA DE NOÉ

A Arca de Noé Vivapets distinguiu como Animal da Semana

.HORIZONTES DA POESIA


Visit HORIZONTES DA POESIA

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds