.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Sexta-feira, 20 de Novembro de 2009

CONTO DE FADAS I e II

 

 

Neste Conto de Fadas, divertido,

Fugindo dos enredos costumeiros,

Os tesouros são ramos de pinheiros

E o Príncipe Encantado é um... bandido!

 

Não há vestidos longos, vaporosos,

Nem sapatinhos "sexi", de cristal...

Só a Fada Madrinha é mais normal

E gosta de ficar entre os bondosos.

 

Aconteceu há muitos, muitos anos,

Mas foi como se fosse agora mesmo

Que a Princesa tivesse desmaiado

 

E os ramos de pinheiro, quais abanos,

Sacudiram-na tanto e tão a esmo

Que afastaram o Príncipe Encantado...

 

 

II

 

Surge a Fada Madrinha, convencida

De que a pobre Princesa era infeliz

E dá-lhe um piparote no nariz

Deixando a pobrezinha adormecida...

 

Logo os pinheiros vêm, de mansinho,

Explicar à Fada bem intencionada

Que, muito embora boa, estava errada,

E a Princesa só queria era carinho...

 

Então cumpre-se o tal sereno encanto

E a Princesa-Poeta acorda então

No verde pinheiral, entre cadernos!

 

Na mão, o lápis que ela queria tanto...

Ficamos todos em contemplação,

Sentindo que, afinal, somos eternos!

 

 

Acabadinho de poetar para http://fabricadehistorias.blogs.sapo.pt/

Imagem retirada da internet

 

PS - Agora parece-me que sou eu que tenho pertinentes dúvidas em relação à aceitação geral deste Conto de Fadas...

 

 

 

 

sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 11:42
link do post | "poete" também! | favorito
|
10 comentários:
De a 20 de Novembro de 2009 às 12:57
Olha amiga, eu achei magnifico. E à medida que ia lendo ia "vendo" tudo. Até o piparote no nariz.
Fantástico, tão bem disposto que me deixou a mim bem disposta.
Beijinhos
De poetaporkedeusker a 20 de Novembro de 2009 às 16:42
Valha-nos isso, Fá! :)) Eu estou numa pressa porque saí agora mesmo de uma palestra e tenho, mais logo, o lançamento do nº 4 da revista Nova Águia, no Centro Cultural de Oeiras, e ainda nem sei como vou para lá mas, de vez em quando, tenho estas maluqueiras... pula-me o pezinho para a brincadeira e não resisto! Foi feito ao correr das teclas, mas ainda bem que deu para visualizar tudo! Eu também estava a visualizar quando escrevi!
Um beijinho grande!
PS - Hoje não posso prometer visitas a ninguém e não vou ter tempo para ler todos os contos da Fábrica, mas acho que vocês me perdoam... leio depois, se na 2ª feira conseguir despachar-me do hospital...
De vitor a 21 de Novembro de 2009 às 16:02
Um conto de fadas,com este dia de inverno...é o sol num dia de verão!
De poetaporkedeusker a 23 de Novembro de 2009 às 14:52
Olá, Vitor. Estes sonetos foram tão rápidos a nascer, que até tive medo de os contrariar... :)) Só espero não ter sido despedida da Fábrica, por causa deles...
Abraço grande!
De M.Luísa Adães a 22 de Novembro de 2009 às 17:22
Mª. João

Estive ausente.

O teu conto de fadas é tão lindo que as

minhas lágrimas não caíram, mas ficaram

presas nos meus olhos e tive dificuldades

em ler o final.

Mas de olhos nublados, reconheci o teu

dizer e adorei teu canto, de beleza e ternura.

Beijos,

Maria Luísa
De poetaporkedeusker a 23 de Novembro de 2009 às 14:54
Espero que estejas bem, amiga! Visitei o teu blog na sexta feira e vi que ainda não tinhas publicado outro poema.
Obrigada e um grande abraço!
De M.Luísa Adães a 23 de Novembro de 2009 às 19:27
Mª. João

Obrigada por escreveres.
Tenho uma "Dissertação" no meu blogs.

Tema diferente e ao critério de quem o lê.

Nada tenho a dizer - apenas o que escrevi.

O poema fala por mim!

beijos querida amiga,

Mª. luísa
De poetaporkedeusker a 24 de Novembro de 2009 às 11:34
Vou já ver a tua "Dissertação", amiga!
Aqui, no CJO, temos de escrever em teclados cobertos por uma película plástica, por causa da gripe A. Perdi imensa velocidade de escrita porque ainda não me adaptei a esta novidade...
Bjo!
De Mírtilo MR a 22 de Novembro de 2009 às 22:40
Poetaporkedeusker:

Parece haver em si ainda uma saudadezinha dos infantis contos de fadas, como, aliás, em muita gente, muita, como se se quisesse regressar pelo menos um pouco ou um momento que fosse a esses tão idos tempos de sonho e fantasia, até para muitos adultos de então.
Mas a mim, que também sonhei e ainda sonho, creio vê-la ou imaginá-la a si na figura da Princesa-Poeta, de cadernos e lápis na mão, adormecida no meio da floresta de pinheiros, a Fada Madrinha a tentar em vão reanimá-la. E por fim dá-se o fantástico seu acordar e você, empolgante Princesa-Poeta, escreve então o mais maravilhoso soneto dos seus, o soneto da sua vida.

Um abraço.
Mírtilo
De poetaporkedeusker a 23 de Novembro de 2009 às 15:04
Olá, poeta Mirtilo! Confesso que eu, aqui, era narradora e sujeito poético... e não faltou aquela marotice de me pôr, a mim mesma, a levar um piparote no nariz :)) Estava "endiabrada", na sexta feira passada! Hoje estou atrasada porque só há pouco cheguei do hospital e o abcesso provocado pela cárie não me deixou muito espaço para a criatividade, mas espero que o soneto final ainda demore uns tempinhos... é tão bom viver à procura dele!
Mesmo com a dor de dentes, ainda produzi muitos sonetos durante o fim de semana. Trago-os na "pen" e tenciono publicar, hoje, três deles.
Um abraço grande!

Poete também!

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

   O lucro desta edição reverte
   totalmente a favor da Autora

.posts recentes

. SEGUINDO UM DESAFIO DO PO...

. SEM GARANTIAS

. CONVERSANDO COM ALDA PERE...

. DEUSES SOMOS NÓS!

. NATAIS DOS TEMPOS IDOS...

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. GLOSANDO MARIA DA ENCARNA...

.arquivos

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.ARCA DE NOÉ

A Arca de Noé Vivapets distinguiu como Animal da Semana

.HORIZONTES DA POESIA


Visit HORIZONTES DA POESIA

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds