.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Quarta-feira, 28 de Outubro de 2009

PLANTANDO LUAS...

http://www.pibvp.org.br/arquivos/imagens/artigos/img_50.jpg">

 

Trago luas nos bolsos, nas bainhas,

Nas fímbrias mais recônditas do ser

E outras mil que ainda irão nascer

Pr`a compensar mil outras penas minhas.

 

Hão-de brotar as luas, quais grainhas,

Por toda e qualquer parte onde eu estiver!

De cada lua-nova que crescer

Nascerão luas-cheias, redondinhas...

 

Hoje eu amo o luar como quem ama

O Mar, a Terra, a Vida e todo o Céu,

Além, muito pr`além do que é visível!

 

Hoje um quarto-crescente acende a chama

Que a lua, ainda nova, em si escondeu

Enquanto a escuridão lhe foi possível...

 


NOTA - Soneto inspirado no poema "Uma Lua em Cada Mão" de Lisdália Viegas dos Santos, in http://ospoetasdaapp.blogs.sapo.pt/72931.html

 

Imagem retirada da internet

 

sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 12:05
link do post | "poete" também! | favorito
|
18 comentários:
De rosafogo a 28 de Outubro de 2009 às 15:00
Amiga , como eu ando sempre na Lua, devo estar aí na tua plantação, hás-de verificar, se houver alguma bem redondinha sou essa.

Agora falando a sério, este soneto deixa-me feliz, porque quando se ama o luar , estamos serenas, felizes, e a vida está um pouco menos pesada. Eu senti que é assim contigo,
e fico feliz de dar conta.

Abraço forte
Saúde
é o desejo da amiga
rosa
De poetaporkedeusker a 28 de Outubro de 2009 às 15:40
Obrigada, amiga! Esta noite procuro a tal lua redondinha e conversamos um bocadinho as duas :)) Tens razão! Eu estava a viver um momento particularmente feliz quando me nasceu esta plantação de luas... pouco depois fui mordida pelo Spirit e fiquei um bocadinho menos contente :)) mas não deixei de estar feliz! Daqui a pouco tenho de ir ao Centro de Saúde porque isto está mesmo muito feio e infectado mas, mesmo assim, estou feliz!
Um grande abraço para ti!
De Peter a 28 de Outubro de 2009 às 19:46
conversa á luz do luar
é coisa de enaltecer,
quando é tida num lugar
onde todos possam ver

um dia, desprevenido
com a minha namorada
roubei-lhe um beijo, escondido
e a lua não disse nada.

só nove meses depois,
e tudo se perpétua,
eramos três e não dois...
...porque que te calaste, ó lua???????


De poetaporkedeusker a 30 de Outubro de 2009 às 10:54
:) Pois é, meu querido amigo. A lua tem destas coisas... :))
Bacini!
De linhaseletras a 28 de Outubro de 2009 às 22:46
Lindo este soneto, como sempre, fui espreitar o blog da APP " e adorei aquele soneto das luas, eu não conhecia o blog e achei muito interessante.
Agora falando noutra coisa , tenha cuidado com as arranhadelas do Spirit " ele está a tornar-se perigoso, ele não quer estar preso e está a revoltar-se, porque não o solta ele já é adulto, e vai -lhe dando de comer e vai vendo o que se passa com ele , de certeza ele não vai para longe porque aí sabe que há comer, ele não quer estar preso e cada dia que passa fica mais agressivo. Tenha cuidado.

Um abraço
De poetaporkedeusker a 30 de Outubro de 2009 às 10:59
Não posso abandonar um animal, minha amiga. Embora more numa zona calma, isto aqui é cidade e os gatos de rua acabam por ser recolhidos pela carrinha da Câmara Municipal e, se não encontrarem rapidamente um dono, acabam por ser abatidos. Não saberia viver comigo mesma se isso lhe acontecesse...
Fico muito contente por ter encontrado o blog da APP! Eu ontem estive numa das palestras da Associação, na Galeria Verney e, como tinha mil e uma coisas para fazer, acabei por não conseguir vir ao CJO...
Um grande abraço!
De tardesdeoutono a 29 de Outubro de 2009 às 09:46
Lindíssimo este soneto!

Sou amigo pessoal da Lisdália, pois morou sempre perto (direi a uns 200 metros) da casa dos meus pais, no Algarve. Já tenho poetado com ela: temos ambos uma Coroa de Sonetos, subordinada ao tema SE O CORAÇÃO FALASSE, O QUE DIRIA? (tema proposto por ela)

Eu é que a trouxe para a APP.

Beijinho
Sustelo
De poetaporkedeusker a 30 de Outubro de 2009 às 11:03
Parabéns por tê-lo feito, meu amigo e caro colega de sonetos! E essa coroa está no seu blog? Eu ainda nem consegui emendar a coroa que publiquei no poetaporkedeusker e que está muito mal rematada... fi-la à pressa e deu asneira... um dia destes terei de a emendar.
Um grande abraço!
De M.Luísa Adães a 29 de Outubro de 2009 às 11:10
Eu amo teu poema, a terra, o mar, o vento,
o luar e ainda :

"A tua plantação de Luas"...

beijos e pergunto :

como estás?Melhor? Eu espero que sim!

Maria Luísa
De poetaporkedeusker a 30 de Outubro de 2009 às 11:08
Vê lá tu que se esqueceram de me dar a injecção anti-tetânica! E eu também só me lembrei disso quando já estava a chegar a casa.
Estava exausta e não consegui voltar atrás. Ontem tive imensas coisas para fazer e também não tive tempo para ir ao Centro de Saúde... o arranhão grande está a querer cicatrizar, mas aquela dentadinha mais funda ainda está muito infectada, mesmo com o antibiótico.
BJO!
De Mírtilo MR a 29 de Outubro de 2009 às 22:52
Poetaporkedeusker:

Luas!... A Lua!... Pois é, a Lua dos sonhadores, dos amantes, dos caminhantes e navegantes, dos poetas, dos receosos, do homem das silvas ..., de todos nós, ainda que não lhe liguemos népia. Lua e luas suas, que ama para afogar suas penas ao iluminar-lhe as poéticas entranhas, frutíferas mas algo penúmbricas de sofrimento.
Bom soneto, como «eternamente», lhe pariu mais uma vez o incansável estro poético.

Um abraço.
Mírtilo.
De poetaporkedeusker a 30 de Outubro de 2009 às 11:11
Obrigada, amigo Myrtillo. A lua também é, muitas vezes, associada à gestação e ao parto. Eu, agora, vou parindo sonetos... :))
Um abraço GDE!
De Mírtilo MR a 29 de Outubro de 2009 às 23:56
Poetaporkedeusker:

Pós-escrito: Reparar que no início do 1.º verso da 2.ª quadra deverá ser «Hão-de», em vez de «Hão», e «grainhas», no mesmo verso, assim como «bainhas», no 1.º verso da 1.ª quadra, não levam acento no «i» (também «rainha»: o «i» que não forma ditongo com o «a», ou com outra vogal precedente («moinho», «moinha»), não leva acento antes de «nh»).
Peço desculpa pelas observações, sobretudo pela do acento.

Abraço.
Mírtilo
De poetaporkedeusker a 30 de Outubro de 2009 às 11:14
Obrigada pela correcção, meu amigo. Eu deveria ter um pouco mais de cuidado, uma vez que sou uma daquelas idealistas que ainda lutam pela sua língua, mas confesso que sou uma apressadinha que nunca recorre ao corrector e isto vai-me acontecendo... :(
Vou já emendar!
Abraço.
De estrelaquebrilha a 30 de Outubro de 2009 às 13:43
Adorei este soneto, esta lindo.
bj e bom fim-de-semana.
De poetaporkedeusker a 30 de Outubro de 2009 às 14:27
Obrigada, Estrelinha! Tudo de bom também para ti!
De rosafogo a 30 de Outubro de 2009 às 22:11
Então Mª João
Quem é afinal o Sprit, é gato?
Tem cuidado com as arranhadelas, que a minha filhota, já andou a levar injeções por causa de ter tido arranhada. Só te faltava mais essa, às vezes é a brincar, o meu não arranha mas prega o dente de vez em quando.

Espero não seja nada demais, abraço e bom fim de semana
natalia

Gosto da tua música.
De poetaporkedeusker a 2 de Novembro de 2009 às 10:40
É. É o gatinho mais novo, que me seguiu até casa e que os outros não aceitam de maneira nenhuma... preciso mesmo de encontrar dono para ele...
Bjo!

Poete também!

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

   O lucro desta edição reverte
   totalmente a favor da Autora

.posts recentes

. NATAIS DOS TEMPOS IDOS...

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. GLOSANDO MARIA DA ENCARNA...

. CONVERSANDO COM O POETA A...

. CHUVA

. CONVERSANDO COM JOSÉ SARA...

. A ARCA DE FERRO

.arquivos

. Dezembro 2017

. Novembro 2017

. Outubro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.ARCA DE NOÉ

A Arca de Noé Vivapets distinguiu como Animal da Semana

.HORIZONTES DA POESIA


Visit HORIZONTES DA POESIA

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds