.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Sexta-feira, 23 de Outubro de 2009

MARIA SEM CAMISA

NA DEADLINE PARA http://fabricadehistorias.blogs.sapo.pt/

 

Não, não sou exactamente eu, conforme a imagem sugere. É mais ou menos o meu Ego sem censura, o que por aí anda à rédea solta e que acaba, sempre, por se manifestar no momento das grandes decisões. Por isso é, como eu e como todos vós, uma personagem. Pormenores? Aqui vão!

 

 
 
 
Maria Sem Camisa, a sem-dinheiro,,
 
Passando pela vida ao Deus-dará

 

Tem fama de ser louca e de ser má

 

Mas, no fundo, é poeta a tempo inteiro...

 

  

Maria vai plantando o seu canteiro

 

De sementes de si e o que não há

 

Inventa-o a Maria e tanto dá

 

Ter pouco se tão rico se é primeiro...

 

 

 

Maria-Sem-Camisa planta ideias

 

E disso vai colhendo o seu sustento

 

Sem cuidar da chegada ou da partida...

 

 

 

Os frutos que ela colhe são candeias,

 

São estrelas a luzir no firmamento

 

Da órbita em que traça a sua vida...

 

 

 

 

 

 

 

 

A SEM CAMISA II

 

Maria-Sem-Camisa, a sabe-tudo,

Aprendeu a falar c`os animais

E não desdenha nunca saber mais

Pois conhece o que diz o que está mudo...

 

Maria-Sem-Camisa é, sobretudo,

Uma devota ouvinte dos demais!

Entende o que lhe dizem os pardais,

Brinca com a razão onde eu me iludo...

 

Maria é destemida e eu nem tanto...

Maria nunca mente! Eu já menti...

Maria é bem mais forte do que eu sou!

 

Maria é o meu EU despido o manto

Que cobre tudo aquilo que senti

Quando a fraqueza humana germinou...

 

 

 

 

 

A SEM CAMISA III

 

 

Maria-Sem-Camisa é tão feliz

E passa pela vida tão contente

Que vai contagiando toda a gente

Mesmo sendo loucura o que ela diz!

 

O Mundo bem tentou! Ela não quis,

Em troca de riquezas, ser prudente

Ou vender-se por honras de regente...

Ficou fiel a essa directriz!

 

Maria, toda ela, é coração

E é isso que norteia a sua vida...

A glória e a riqueza, não as quer

 

Nem lhes presta, sequer, muita atenção...

E não lhe importa ser repreendida

Por ser bem mais poeta que mulher!

 

sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 16:31
link do post | "poete" também! | favorito
|
10 comentários:
De Sindarin a 24 de Outubro de 2009 às 11:39
Olá maravilhosa a Maria nas suas facetas. Parabéns e gostei mto da foto :) Bjs bfsemana
De poetaporkedeusker a 26 de Outubro de 2009 às 11:00
Olá Sindarin! Tu já reparaste no que aconteceu à pobre da Maria Sem Camisa? Isto foi coisa do equipamento- que é lentíssimo - aliado à pressa com que eu estava, pois tive imensas coisas para fazer na sexta-feira... publiquei mesmo em cima da hora de fecho e o último soneto ficou todo virado do avesso!!! Ainda nem percebi muito bem o que aconteceu, pois só agora estou a olhar para a catástrofe :)) mas vou tentar emendar... afinal eu também acho que a Maria Sem Camisa é uma excelente personagem... não totalmente ficcional :))
Um abraço grande e obrigada pela tua visita!
De M.Luísa Adães a 26 de Outubro de 2009 às 09:44
Maria Sem camisa

É mais poeta que mulher

E toda ele é coração
e norteia assim, a sua vida

O mundo lhe deu riquezas
ela não adeitou as riquezas
preferiu olhar a multidão,

Sem julgar,
Apenas cantar,
Em seus versos.

"Maria Sem Camisa"

Nada tenho para te dar,
Apenas os meus versos
Te posso entrgar...

Maria Luísa
De poetaporkedeusker a 26 de Outubro de 2009 às 11:04
Obrigada, Maria Luísa! É esse o bem que a Maria mais preza!
Agora vou fazer as minhas queixinhas do costume :)) e apresentar as minhas desculpas. Repara no desastre que aconteceu ao fazer a publicação do último soneto! :))) Não consigo deixar de me rir... ficou uma desgraça! Todo virado de trás para a frente, os versos mais misturados do que uma salada russa... vou tentar reparar o desastre e depois faço-te uma visitinha.
Abraço GDE!
De M.Luísa Adães a 26 de Outubro de 2009 às 17:45
Mª. João

No III poema não encontrei nada de anormal. Está bom, na continuação dos dois
anteriores.
E foi baseada no último que comentei.

Deves estar muito confusa.

Mª. Luísa
De poetaporkedeusker a 27 de Outubro de 2009 às 11:31
Não, amiga. Não estou mesmo nada confusa. Agora estás a vê-lo direitinho porque eu fui logo à reedição de posts e corrigi-o. Estava todo trocado e a primeira estrofe aparecia no final :)) Isto pode acontecer quando se trabalha a correr e não se tem tempo para verificar se o que publicámos em "copy/paste" não ficou desconfigurado pela operação. Não é nada de grave desde que se possa remediar depois, tal como eu fiz com este soneto.
Abraço GDE!
De Sindarin a 26 de Outubro de 2009 às 14:29
Olá amiga! A Maria sem camisa é magnífica é uma de nós, uma que abraça a vida é uma mulher coragem. Gostei realmente como gosto de tudo o k escreves sinceramente. Foi bom k a autores me desse a oportunidade de te conhecerer amiga porque és uma pessoa admirável. Muito obrigada pelo carinho da visita e mesmo um pouco fora do sítio a Maria sem Camisa, não perderá nunca a sua força e o seu encanto. Mil bjs boa semana.
De poetaporkedeusker a 26 de Outubro de 2009 às 14:52
Uma boa semana também para ti, amiga! A Maria já ficou mais ou menos direitinha :))
É também um prazer conhecer-te!
Bjo!
De rosafogo a 26 de Outubro de 2009 às 21:58
Há muito que tenho esta Maria comigo,
e de vez em quando vou reler, mas hoje ao chegar li novamente, é de facto mais poeta que mulher! Será?! Eu acho que é uma e outra
e belas as duas.

Já estás melhor?! Quando não falas, sobre
a doença acho que estás melhorando, oxalá.

Abraço amiga, fica bem
natalia
AH! Já fui buscar o prémio, antes que me o levassem.


De poetaporkedeusker a 27 de Outubro de 2009 às 11:35
:) Fizeste bem Natália. Quando não faço "queixinhas" é sinal de que vou estar mais de uma semana sem ir ao hospital! :))
Fico tão contente por ter férias hospitalares que até me esqueço das mazelas! Mas não estou com grandes queixas, graças a Deus!
Um abraço GDE!

Poete também!

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

   O lucro desta edição reverte
   totalmente a favor da Autora

.posts recentes

. SE EU PUDESSE, NÃO PODIA

. A SEREIAZINHA

. CALEIDOSCÓPIO

. DEPOIS DA MARÉ-CHEIA...

. UM MOSQUITO NO COPO DO LE...

. UM MOSQUITO NO COPO DO LE...

. RUGA A RUGA

.arquivos

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.ARCA DE NOÉ

A Arca de Noé Vivapets distinguiu como Animal da Semana

.HORIZONTES DA POESIA


Visit HORIZONTES DA POESIA

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds