.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Quarta-feira, 21 de Outubro de 2009

AO LONGO DE MIM...

 

 

 

Nesse “ao longo de mim” que te ofereci

No breve-imenso instante em que fui tua,

Eu, mulher de ninguém, irmã da lua,

Despojei-me de mim p`ra estar em ti.

 

Foi ao longo de mim que recebi

O que de ti nasceu em mim que, nua,

Calava a solidão absurda e crua

Das horas de cantar que então perdi.

 

Tu, que ao longo de mim nunca encontraste

Aquilo que “era” em mim pr`além de mim

E que assim te perdeste do meu eu,

 

Vê que, ao longo de mim, também mudaste

E se não me encontraste até ao fim

Foi decerto por quereres um fim só teu…

 

 Imagem - "Les Racines du 20éme Siécle"    

                  Maria joão Brito de Sousa

 

sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 11:22
link do post | "poete" também! | favorito
|
13 comentários:
De linhaseletras a 21 de Outubro de 2009 às 14:07
Boa tarde amiga Maria João , não sei como comentar este soneto, só sei dizer que Adoreiiiiiiiii "Sabe que me encontrei em parte neste soneto, nem sei bem porquê só sei que me senti "Tocada".
Um abraço até amanhã
De poetaporkedeusker a 21 de Outubro de 2009 às 14:25
:) É um soneto muito feminino, não é? :) Acredito que muitas mulheres se possam encontrar nele e que possa adaptar-se a muitas histórias de vida. Nasceu-me por entre muitos outros, mas confesso que é de inspiração autobiográfica.
Um grande abraço!
De M.Luísa Adães a 21 de Outubro de 2009 às 15:08
Reconheço neste soneto a tua própria vida,

Tuas ilusões sonhadas e perdidas

E teu caminhar sem guarida,

Feito dos teus sonhos desfeitos

E é sou teu ,esse deambular por esquinas

E não se coaduna com ninguém,

Apenas contigo

E tua vida desfeita!...

Lamento o meu sentir!

Maria luísa
De poetaporkedeusker a 21 de Outubro de 2009 às 15:14
É um caminho como outro qualquer, amiga... talvez um pouco mais acidentado do que o da maioria, mas ainda um caminho. Claro que existe um longo momento de profunda dor antes de reencontrar um local para apoiar as nossas passadas mas, quando sobrevivemos, reencontramos sempre o caminho.
Um grande abraço para ti!
De M.Luísa Adães a 21 de Outubro de 2009 às 16:57

Aceito e agradeço a resposta.

Beijos,

Maria Luísa
De a 21 de Outubro de 2009 às 15:27
Adorei!!! Mas que retrata aquela parte da vida que dispensávamos, não é minha amiga? Ir directo ao destino sem curvas nem amarguras.
Beijinho grande
De poetaporkedeusker a 21 de Outubro de 2009 às 15:40
Pois é, Fá... nós dispensávamos... mas onde estariam, então, os caminhos? As escolhas ,que vão sendo mais e mais exigentes ao longo da vida, onde se poriam? Isto pode ser muito difícil, mas é exactamente assim que vai fazendo sentido... por muito que nos custe, por muito que nos magoe. Caminhos... aquilo que,também, nos faz investir tanto numa ou noutra causa, que nos leva a estender a mão a um companheiro menos afortunado... a vida faz mesmo sentido!
Caramba! Hoje estou muito filosófica... :)
Abraço grande!
De a 21 de Outubro de 2009 às 15:59
É verdade sim. Já dizia o "sábio" cujo nome não me lembro, que "o caminho faz-se caminhando". E que aqui está tão bem descrito e escrito.
Beijinho
De poetaporkedeusker a 21 de Outubro de 2009 às 16:10
O que eu saltito, Fá! Acabou-se-me o tempo no CJO e já estou no C. Paroquial :)
É isso mesmo! O caminho faz-se caminhando!
Bjo!
De Peter a 22 de Outubro de 2009 às 09:48
bom dia poetisa. continuamos. bonito este soneto. bacio
De poetaporkedeusker a 22 de Outubro de 2009 às 11:14
Continuamos pois, Peter! Parar seria morrer! :)
Bacio!
De Maria a 22 de Outubro de 2009 às 10:53
Há noticias do Fiaga.
Bjs.
De poetaporkedeusker a 22 de Outubro de 2009 às 11:15
:) Eu sei, amiga! Mas vou já, já ao teu Ocaso saber mais pormenores!
Bjo!

Poete também!

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

   O lucro desta edição reverte
   totalmente a favor da Autora

.posts recentes

. AINDA GLOSANDO FLORBELA E...

. EXPLICAR-VOS TUDO, NÃO SA...

. GLOSANDO MARIA DA ENCARNA...

. GLOSANDO JOÃO MOUTINHO

. GLOSANDO A POETISA MARIA...

. INFILTRAÇÔES

. O POEMA E EU

.arquivos

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.ARCA DE NOÉ

A Arca de Noé Vivapets distinguiu como Animal da Semana

.HORIZONTES DA POESIA


Visit HORIZONTES DA POESIA

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds