.UM BLOG SOBRE SONETO CLÁSSICO

Da autoria de Maria João Brito de Sousa, sócia nº 88 da Associação Portuguesa de Poetas, Membro Efectivo da Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores - AVSPE -, Membro da Academia Virtual de Letras (AVL) e autora no Portal CEN, escrito num portátil gentilmente oferecido pelos seus leitores. ...porque os poemas nascem, alimentam-se, crescem, reproduzem-se e (por vezes...) não morrem.
Sexta-feira, 25 de Setembro de 2009

A FLORESTA

03.jpg

 

 

(Soneto em decassílabo heróico)



Pintei, numa floresta, cogumelos

E árvores azuis, como Gauguin,

Preenchendo as neblinas da manhã

De violetas e de ocres muito belos,

 

Fui colorindo o fundo de amarelos,

Sentei-me com Diana, abracei Pã,

Comi o verde polme da maçã

E entrancei folhas de hera nos cabelos...

 

Não houve nenhum sol, nenhuma lua

Que ousasse reclamar-me a sua posse,

Ou me reivindicasse o seu destino,

 

Porque ela, omnipresente, agreste e nua,

De aspecto inacabado e sabor doce,

Foi fruto de um soneto em desatino…

 

 

Maria João Brito de Sousa – 25.09.2009

 

(Poema escrito para a Fábrica de Histórias e reformulado a 20.05.2015 -13.22h)

 

 

 

 

 

Escrito para http://fabricadehistorias.blogs.sapo.pt/

 

 

Imagem retirada da internet

 

sinto-me :
publicado por poetaporkedeusker às 10:34
link do post | "poete" também! | favorito
|
12 comentários:
De Mónica a 25 de Setembro de 2009 às 11:54
BRAVO!
Olá MJ, raramente comento pq não tenho tido tempo para nada, mas sempre que posso passo e faço umas leituras ainda que "muito depressa".
Este está lindo, como os anteriores, mas este está assim a modos que mais "enchanté" como se "A Floresta" fosse mágica :)
Vi o teu "soneto ostracizado" lá do bar da nuvem lol... escangalhei-me a rir, está de-mais!
Beijos e bom fim de semana
De poetaporkedeusker a 25 de Setembro de 2009 às 12:47
Olá @Madrinha! Também eu estou de fugida. Já fui a casa, encontrei o vale, fui aos CTT levantá-lo, vim até à Pastoral - só para poder almoçar - e vou, de seguida, para o hospital, consulta de Gastro. Só devo voltar lá para o fim da tarde, sete ou oito da noite, por isso vou estar "fora de linha" até 2ª Feira... se entretanto não me der um badagaio qualquer porque estas correrias todas já não dão para eu me aguentar de pé...
Obrigada pelo teu BRAVO! :)
De linhaseletras a 25 de Setembro de 2009 às 20:29
Maria João este soneto está simplesmente maravilhoso, adoreiiiiiiiiiiii .
Espero que tenha corrido tudo bem na sua consulta.
Um grande abraço
De poetaporkedeusker a 28 de Setembro de 2009 às 10:05
Ai, minha amiga! Isto está tão mauzinho por causa da hepatite que a médica, de momento, tudo o que quer saber é se estou e até que ponto estou a recuperar dela... o resto fica para depois. O mais importante, agora, é eu conseguir normalizar a função hepática. Claro que há muitos outros valores que se vão alterar mais ainda porque houve medicamentos do colesterol e da osteoporose que eu tive de deixar de tomar. Bem, este comentário já me parece um tratado de doenças :)) Vou tentar visitá-la ainda hoje!
De Mírtilo MR a 25 de Setembro de 2009 às 23:09
Poetaporkedeusker:

Fabulosa e maravilhosa «Floresta» a sua! Floresta por si inventada, pintada, em que você própria, além de criadora, ou pintora, é qual ornamentada e linda ninfa, natural amiga da liberal mas bondosa caçadora Diana e do feio mas harmonioso flautista Pã, sentindo-se por fim senhora da sua imperfeita mas onírica e fabulosa «Floresta».
Parabéns elevados por mais este belo soneto, com sabor temático a clássico.

Um abraço.
Mírtilo
De poetaporkedeusker a 28 de Setembro de 2009 às 10:08
Muito obrigada, Poeta Myrtillo! Eu gosto muito de fazer soneto, mas este foi especialmente gratificante. Foi, realmente, como se tivesse pintado esta floresta!
Um grande abraço!
De M.Luísa Adães a 26 de Setembro de 2009 às 14:55
Mª. joão

linda a tua Floresta. empresta-me, um pouco dela, preciso de descansar!

Beijos e força,

Mª. luísa
De poetaporkedeusker a 28 de Setembro de 2009 às 10:15
Olá, minha amiga Maria Luísa. Obrigada por sentires o repouso da minha floresta!
Na sexta feira tive a sorte de apanhar boleia de um anjo! A filha de uma das utentes levou-me até ao hospital quando eu já me sentia incapaz de andar mais 100 metros que fosse.
Gostei muito da médica. Foi muito simpática e cuidadosa e mandou-me fazer uma longa série de análises para avaliação da função hepática. É isso o que mais a preocupa neste momento, o resto fica para depois, para quando eu estiver mais recuperada.
Um grande abraço!
De M.Luísa Adães a 28 de Setembro de 2009 às 11:51
Mª. João

Há sempre um Anjo ao nosso lado...

E no teu caso, te proporcionou essa pessoa
simpática que te levou ao hospital.

E tudo vai ser descoberto e tratado!

Pareces que entraste no caminho certo.

Beijos,

Mª: Luísa
De poetaporkedeusker a 28 de Setembro de 2009 às 11:57
É verdade, Maria Luísa. Eu não estava mesmo nada à espera e estava a sentir-me demasiado cansada para enfrentar os transportes...
Um grande abraço!
De *FreeStyle* a 28 de Setembro de 2009 às 04:39
Que és uma grande Poeta já se sabia, que és uma grande pintora tb...

Mas juntar as duas coisas num quadro sublime como este!!!!!

Parabens, mas parabens mesmo Poeta do mê
De poetaporkedeusker a 28 de Setembro de 2009 às 10:17
Obrigada, Free do mê! Eu faço-vo9s uma visitinha a todos depois de postar o meu soneto de hoje.
Bêjuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu!

Poete também!

.Transparências de...

.pesquisar

 

.Em livro

   O lucro desta edição reverte
   totalmente a favor da Autora

.posts recentes

. SÁBADO, DOMINGO, SEGUNDA ...

. MEMÓRIA(S) DO NÁUFRAGO-PE...

. RUAS

. A PAUTA INVISÍVEL

. GLOSANDO A POETISA MARIA...

. DIÁLOGOS ENTRE MÃE E FILH...

. SETEMBRO(S)

.arquivos

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. CONVERSANDO COM MARIA DA ...

. É a arte, solidão?

. SO(LAS)

. “A Linha de Cascais Está ...

. CANTIGA PARA QUEM SONHA -...

. Our story in 2 minutes

. «A TAUROMAQUIA É A ÚNICA ...

. Novidades a 13 de Dezembr...

. LIMPAR PORTUGAL

. Ler dos outros... (cróni...

.ARCA DE NOÉ

A Arca de Noé Vivapets distinguiu como Animal da Semana

.HORIZONTES DA POESIA


Visit HORIZONTES DA POESIA

.Autores Editora

.A AUTORA DESTE BLOG NÃO ACEITA, NEM ACEITARÁ NUNCA, O AO90

AO 90? Não, nem obrigada!

.subscrever feeds